EFEITO CONTÁGIO NOS MERCADOS FINANCEIROS: LEVANTAMENTO SOBRE A PRODUÇÃO CIENTÍFICA NA BASE DO SCOPUS

Rodrigo Abbade da Silva, Vinicius Girardi da Silveira, Raphael Silveira Amaro, Daniel Arruda Coronel, Mygre Lopes da Silva, Vânia Medianeira Flores Costa

Resumo


O presente estudo procurou contribuir para a temática de efeito contágio nos mercados financeiros, que ainda apresenta um conceito amplamente em discussão na literatura. Neste sentido, objetiva-se explorar a produção científica da temática efeito contágio e mercado financeiro, na área de administração, contabilidade e economia, por meio de uma pesquisa bibliométrica na base de dados Scopus, no período de 1999 a 2014. Ainda, verifica as características gerais das publicações na área e explica brevemente o conteúdo dos artigos mais citados. Foram encontrados 4.159 artigos com predomínio de trabalhos nos Estados Unidos, no Reino Unido e na Alemanha como os países com maior número de publicações enquanto o Brasil ocupa apenas a vigésima sétima posição no ranking referente ao número de publicações por países.


Texto completo:

PDF

Referências


ALLEN, F.; GALE, D. Financial contagion. Journal of political economy, v. 108, n. 1, p. 1–33, 2000.

BAE, K.-H.; KAROLYI, G. A.; STULZ, R. M. A new approach to measuring financial contagion. Review of Financial studies, v. 16, n. 3, p. 717–763, 2003.

BAKKER, A. B.; DEMEROUTI, E. Towards a model of work engagement. Career development international, v. 13, n. 3, p. 209–223, 2008.

BEKAERT, G.; HARVEY, C. R. Market integration and contagion. [s.l: s.n.].

BEKIROS, S. D. Contagion, decoupling and the spillover effects of the US financial crisis: Evidence from the BRIC markets. International Review of Financial Analysis, v. 33, p. 58–69, maio 2014.

BRAGA, J. C. Crise sistêmica da financeirização e a incerteza das mudanças. estudos avançados, v. 23, n. 65, p. 89, 2009.

CASTELLS, M. A rede e o ser. São Paulo, SP, Brasil.: Paz e Terra, 1999.

DORNBUSCH, R.; PARK, Y. C.; CLAESSENS, S. Contagion: Understanding How It Spreads. The World Bank Research Observer, v. 15, n. 2, p. 177–197, 1 ago. 2000.

FORBES, K. J.; RIGOBON, R. No Contagion, Only Interdependence: Measuring Stock Market Comovements. The Journal of Finance, v. 57, n. 5, p. 2223–2261, 2002.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, v. 5, p. 61, 2002.

GUIDUGLI, S. T. Análise multivariada do efeito contágio no episódio de ataque especulativo e crise cambial envolvendo o Brasil, a Rússia ea Argentina no período de 1998-99. [s.l: s.n.].

HIRSHLEIFER, D. Investor psychology and asset pricing. Journal of finance, p. 1533–1597, 2001.

KAMINSKY, G. L.; REINHART, C. M. The twin crises: the causes of banking and balance-of-payments problems. American economic review, p. 473–500, 1999.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. DE A. Fundamentos da metodologia científica. In: Fundamentos da metodologia científica. [s.l.] Altas, 2010.

LANE, P. R.; MILESI-FERRETTI, G. M. The external wealth of nations: measures of foreign assets and liabilities for industrial and developing countries. Journal of international Economics, v. 55, n. 2, p. 263–294, 2001.

LOBÃO, J. F. Contágio financeiro entre mercados de ações de países desenvolvidos durante a crise do Brasil de 1999. p. 137–167, 1999.

MACEDO, M. A. DA S.; CASA NOVA, S. P. DE C.; DE ALMEIDA, K. Mapeamento e análise bibliométrica da utilização da Análise Envoltória de Dados (DEA) em estudos em contabilidade e administração. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 12, n. 3, 2010.

PASQUARIELLO, P. The anatomy of financial crises: Evidence from the emerging ADR market. Journal of International Economics, v. 76, n. 2, p. 193–207, 2008.

PERICOLI, M.; SBRACIA, M. A Primer on Financial Contagion. Journal of Economic Surveys, v. 17, n. 4, p. 571–608, set. 2003.

PEROBELLI, F. F. C.; VIDAL, T. L.; SECURATO, J. R. Avaliando o efeito contágio entre economias durante crises financeiras. Estudos Econômicos (São Paulo), v. 43, n. 3, p. 557–594, set. 2013.

PRATES, D. M.; CUNHA, A. M.; LÉLIS, M. T. C. O Brasil e a crise financeira global: avaliando os canais de transmissão nas contas externas. Revista de Economia Contemporânea, v. 15, n. 1, p. 62–91, abr. 2011.

ROSTAING, H. La bibliométrie et ses techniques. [s.l.] Sciences de la sociét Toulouse, 1996.

SCHEINKMAN, J. A.; XIONG, W. Overconfidence and speculative bubbles. Journal of political Economy, v. 111, n. 6, p. 1183–1220, 2003.

SCOPUS, S. Content coverage guide.Elsevier BV Amsterdam, Netherlands, , 2015.

STOVE, B.; TJOSTHEIM, D.; HUFTHAMMER, K. O. Using local Gaussian correlation in a nonlinear re-examination of financial contagion. Journal of Empirical Finance, v. 25, p. 62–82, 2014.

TORRES FILHO, E. T. Entendendo a crise do subprime. Visão do desenvolvimento, n. 44, p. 18, 2008.

VARTANIAN, P. R. Impactos do índice Dow Jones, commodities e câmbio sobre o Ibovespa: uma análise do efeito contágio. Revista de Administração Contemporânea, v. 16, n. 4, p. 608–627, ago. 2012.

XANTHOPOULOU, D. et al. Work engagement and financial returns: A diary study on the role of job and personal resources. Journal of Occupational and Organizational Psychology, v. 82, n. 1, p. 183–200, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2316-8072

.................................................................................
Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
Departamento de Ciências Contábeis 
Rodovia MT-358, KM 07, Jardim Aeroporto, 
Tangará da Serra-MT 
CEP: 78300-000

Fone: (65) 3311-4906
http://tangara.unemat.br/ruc
E-mail: ruc@unemat.br