[1]
S. M. Pereira, “Hiperatividade e suas implicações na aprendizagem”, Even. Pedagóg., vol. 10, nº 1, p. 464–476, jun. 2019.