Os sentidos do ensino de Língua Portuguesa na BNCC para o Ensino Médio

Izaildes Cândida Oliveira Guedes, Joelma Aparecida Bressanin, Neures de Paula Soares

Resumo


Neste texto realizamos um estudo sobre o modo como está posto o ensino da Língua Portuguesa na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o Ensino Médio.  Traçamos um percurso de leitura e análise sobre o ensino de Língua Portuguesa, nas escolas brasileiras, iniciando pelo modo como esta língua foi institucionalizada no Brasil desde o contato dos portugueses com os povos indígenas até a criação de políticas públicas como é o caso da BNCC. Este trabalho ancora-se no campo disciplinar da História das Ideias Linguísticas articulado à Análise de Discurso de escola francesa.  As leituras levaram-nos a compreensão de que o ensino de língua é colocado de modo subsumindo no excesso de habilidades propostas para cada campo de atuação social da Base, além de demonstrar como as políticas linguísticas se consolidam enquanto condições materiais, regulando as instâncias de poder, bem como o modo de constituição dos sujeitos.

Texto completo:

DOWNLOAD PDF (PORTUGUÊS)

Referências


BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. 3ª versão revista. Brasília, MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/ acesso em: 25 de junho de 2018.

DI RENZO, Ana Maria. Liceu Cuiabano: Língua Nacional, Religião e Estado. In: Institucionalização dos estudos da linguagem: a disciplinarização das ideias linguísticas/ Eni P. Orlandi, Eduardo Guimarães (Orgs.) Campinas, SP: Pontes, 2002

_______. Estado, a Língua Nacional e a Construção das Políticas Linguísticas. Campinas, SP. Pontes Editores, 2012.

DIAS, Luiz Francisco. O nome da língua do Brasil: uma questão polêmica. In: História das idéias lingüísticas: construção do saber metalinguístico e constituição da língua nacional. Campinas, SP: Pontes; Cáceres, MT: Unemat Editora, 2001.

Mariane Bethania. Políticas de Colonização Linguística. In: Espaços de circulação da linguagem. Revista do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Santa Maria. ed. 27, dez. 2003.

ORLANDI, Eni P. Apresentação. In: ORLANDI, Eni P. (org). História das ideias linguísticas. Cáceres: Unemat Editora, 2001.

______. Língua e conhecimento linguístico. Para uma história das Ideias no Brasil. São Paulo: Cortez, 2002.

_______. Ciência da Linguagem e Políticas: anotações ao pé da letra. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014.

______. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. 12 ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015.

SILVA, Mariza Vieira. O Português do Brasil: a constituição de uma língua nacional. Palestra proferida na III semana Universitária da Universidade Católica de Brasília. Brasília-DF, (02 de outubro de 2001)

______. Uma base Nacional Curricular Comum para a leitura nas escolas brasileiras: a política e o político. In: FLORES, Giovanna G. Benedito/ GALLO, Solange Maria Leda, LAGAZZI, Suzy/ NECKEL, Nádia Régia Mafli/ PFEIFFER, Claudia Castelanos/ ZOOPI-FONTANA, Mónica (Orgs.) Análise de Discurso em Rede: Cultura e Mídia. Campinas, SP: Pontes Editores, 2017. Volume 3.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Trad. Eni Puccinelli Orlandi. – 3 ed – Campinas, SP: Pontes, 2002.

http://movimentopelabase.org.br/a-construcao-da-bncc/Disponível acesso em: 25 de junho de 2018.




DOI: https://doi.org/10.30681/2594.9063.2019v3n1id4126

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Izaildes Cândida Oliveira Guedes, Joelma Aparecida Bressanin, Neures de Paula Soares

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADO EM:

         

  

 

 

 

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

This Journal is licenced by a  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.