Sujeito, espaço e lixo, no dizer da mundialização

Ana Luiza Artiaga R. da Motta

Resumo


Este trabalho tem como proposição uma reflexão teórica e analítica sobre o discurso produzido pela Organização das Nações Unidas, em 2018, em referência ao dia mundial do ambiente. O discurso produzido em vídeo, em circulação na internet, refere-se à poluição plástica, e seus efeitos de ordem planetária. Na textualidade do vídeo, a linguagem verbal e de imagem, interpela gestos de leitura, sobre o modo como o lixo, produto plástico, toma rios e mares, vias sem fronteiras. Isto converge sentidos entre as nações, à relação do sujeito com o consumo e o espaço.

Texto completo:

DOWNLOAD PDF (PORTUGUÊS)

Referências


AUMONT, Jacques. A imagem. Trad.: Estela dos Santos Abreu e Claudio C. Santos. Campinas, SP: Papirus, 1993.

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas. Trad. Marcus Penchel. RJ: Zahar, 1999.

BRUNEL, Sylvie. Quést-ce que la mondialisation?. In: 10 questions sur la mondialisation, Spécial Sciences Humaines, nº1805, Mars. Paris, 2007.

DIAS, Luiz Francisco. Enunciação e relações linguísticas. Campinas, SP: Pontes, 2018.

FERREIRA, Leila da Costa. A Questão Ambiental: sustentabilidade e políticas públicas no Brasil. São Paulo: Editora Boitempo, 1998.

HENRY, Paul. Apêndice: Sentido, Sujeito, Origem. In Discurso Fundador: a formação do país e a construção da identidade nacional.Campinas, SP: 1993

LAGAZZI, Suzy. Paráfrases da imagem e cenas prototípicas: em torno da memória e do equívoco. In: Análise de Discurso em rede: cultura e mídia. V.1. Flores, Giovanna G. Benedetto. et al. (org.). Campinas, SP: Pontes, 2015.

MOTTA, Ana Luiza A. Rodrigues da. O sujeito no discurso ecológico sobre a pesca na cidade de Cáceres Estado de Mato Grosso. Dissertação de Mestrado – UNICAMP, Campinas, SP: 2003.

_______ A ambiência do discurso ecológico no poder local. In: Sujeito e Memória: lugares constitutivos. NUNES, Silvia. et al. (org.). Campinas, SP: Pontes, 2016.

ORLANDI, Eni Pulcinelli. Interpretação: autoria leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis, RJ. Vozes, 1996.

_____ Escritos n.05. Revista do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade da UNICAMP – NUDECRI. Campinas, SP. Número especial, julho 1999.

_____ No limiar da cidade. In Revista Rua: Revista do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade da UNICAMP – NUDECRI. Campinas, SP. Número especial, julho 1999.

_____ Enfoque linguístico / discursivo da educação ambiental. In: Gaia e Ecoar de Educação Ambiental, 1996.

_____Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas, SP. Pontes, 1999.

_____ Discurso e Texto. Campinas, SP: Pontes, 2001

_____ Documentário: acontecimento discursivo, memória e interpretação. In: Leituras do político. (Org). Ana Zandwaus e Lucília Maria S. Romão. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2011.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, Inversões, Deslocamentos. In, Cadernos de Estudos Linguísticos. Campinas, SP. 1990.

______ Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. (trad.) Eni P.Orlandi. 2. ed. Campinas, UNICAMP, 1995.

______Ler o Arquivo Hoje. In. Gestos de leitura: da História no Discurso. Campinas, SP. UNICAMP, 1997.

_____“ Análise automática do discurso” (AAD-69). in: F. Gadet & T. Hak (orgs.). Por uma análise automática do discurso; uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas, SP: UNICAMP, 1997.

______Papel da Memória. In. Papel da Memória. Campinas, SP. Pontes, 1999.

______ Análise de Discurso: Michel Pêcheux. Textos selecionados: Eni P. Orlandi. Campinas, SP: Pontes, 2011.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. Trad. Monica C. Netto. São Paulo: EXO experimental org.; Ed. 34, 2005.

SAMAIN, Etienne. As imagens não são bolas de sinuca. Como pensam as imagens. In: Como pensam as imagens. (org.) Etienne Samain. Campinas, SP: Ed. da UNICAMP, 2012.

SCHALLER, Jean-Jacques. Construir um viver junto na democracia renovada. In. Educação e Pesquisa. São Paulo. V. 28, n.2, p. 147-164, jul./Dez. 2002.

_____Lugares aprendentes e inteligência coletiva:rumo à constituição de um mundo comum. In: PASSEGGI, Maria da Conceição; SOUZAS, Elizeu Clementino de (Org.). (Auto) biografia: formação, territórios e saberes. Natal: UFRN/Paulus, 2008.

____ Les politiques de promotion de la santé et la question des lieux apprenants. In Revista de Direito Sanitário, São Paulo. V.9, n 3 p. 36-74, 2008-2009. http://www.revistas.usp.br/rdisan/article/view/13129/14934 acessado <31/10/2015.

SOUZA. Tânia Clemente. A análise do não verbal e os usos da imagem nos meios de comunicação. In: Revista RUA, NUDECRI, Campinas, SP. N.07, março, 2001.

VIOLA, Eduardo J. O Movimento Ecológico no Brasil ( 1974-1986): do ambientalismo à ecopolítica. In. Revista Brasileira de Ciências Sociais. N.º 3 e Vol. 1 fevereiro, 1987.




DOI: https://doi.org/10.30681/2594.9063.2019v3n1id4137

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Ana Luiza Artiaga R. da Motta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADO EM:

         

  

 

 

 

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

This Journal is licenced by a  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.