A CLEPTOMANIA DO AMOR EM SEM AÇÚCAR, DE FLÁVIA HELENA

Divanize Carbonieri

Resumo


Flávia Helena é uma escritora paulista, residente em Atibaia, cujo livro de estreia, Sem açúcar (2016), apresenta 27 contos, todos narrados em terceira pessoa. O universo enfocado é o dos afetos, em que mulheres e homens são quase sempre marcados pela solidão dos relacionamentos. São narrativas rápidas e densas, cujas frases curtas são cortadas com a precisão de tiros certeiros. O corriqueiro dos dias se dilata e se transforma com o transbordamento do interno, do subjetivo. Um dos principais temas do livro é o que se poderia chamar de uma cleptomania do amor. O amor é visto como algo que rouba aspectos valiosos da vida das pessoas, como o calor, a doçura, os fluidos do corpo e até as direções da mente.


Texto completo:

PDF

Referências


HELENA, Flávia. Sem açúcar. São Paulo: Penalux, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexadores e bases bibliográfcias:
 LatindexSumários.orgGoogle Acadêmico Encontre em uma Biblioteca com o WorldCat
IndexadoresDiadorim