A FACE DA SOLIDÃO EM A DESUMANIZAÇÃO, DE VALTER HUGO MÃE/THE FACE OF SOLITUDE IN DEHUMANIZATION, BY VALTER HUGO MOTHER

Autores

  • Polyana Sampaio da Silva Scrimim UNEMAT

Resumo

Este artigo propõe a discussão de aspectos relacionados ao estado de solidão vivenciado por Halldora, protagonista do romance A desumanização (2014), de Valter Hugo Mãe. A morte de sua irmã gêmea, Sigridur, determina os rumos de sua vida e de toda família. Além da semelhança que remete a todo momento daquela que se foi, a garota ainda é preterida por todos ao seu redor. Este fato desencadeia suas memórias infantis e permite a descoberta de um universo alheio ao que vivia, expondo uma inegável sutileza contida na solidão. Mikhail Bakhtin e Karl Erik Scholhammer são os principais teóricos que sustentam esta breve análise.

Biografia do Autor

Polyana Sampaio da Silva Scrimim, UNEMAT

Acadêmica do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (PPGEL) pela Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Campus de Tangará da Serra

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 1990.

MÃE, Valter Hugo. A desumanização. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

RESENDE, Beatriz. Questões da ficção brasileira do século XXI. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2007.

SCHOLHAMMER, Karl Eric. Ficção brasileira contemporânea. São Paulo: Civilização Brasileira, 2009.

WATT, I. A ascensão do romance: estudos sobre Defoe, Richardson e Fielding. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

Downloads

Publicado

30/06/2019

Como Citar

Scrimim, P. S. da S. (2019). A FACE DA SOLIDÃO EM A DESUMANIZAÇÃO, DE VALTER HUGO MÃE/THE FACE OF SOLITUDE IN DEHUMANIZATION, BY VALTER HUGO MOTHER. Revista Athena, 16(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/athena/article/view/4344

Edição

Seção

ARTIGOS/ ENSAIOS