IDENTIDADE, TERRITORIEDADE E A NARRATIVA COMO ELOS INTEGRADORES ENTRE OS MEMBROS DA COMUNIDADE PESQUEIRA CABISTA/IDENTITY, TERRITORIALITY AND NARRATIVE AS THEIR INTEGRATORS AMONG THE MEMBERS OF THE CABIST FISHING COMMUNITY

Autores

  • Manuela Chagas Manhães (UENF/CCH) Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF/CCH)
  • Sulamita Conceição Ribeiro de Oliveira (UENF/CCH) Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
  • Karina Ritter Manhães Universidade Estadual Norte Fluminense

Resumo

Este artigo é resultado de pesquisa financiada pelo Projeto de Educação Ambiental (PEA) Pescarte que é uma medida de mitigação exigida pelo licenciamento Ambiental Federal, conduzida pelo IBAMA. Desse modo, nossa pesquisa traz como sujeitos sociais os pescadores artesanais de Arraial do Cabo, Região do Lagos/RJ, considerados cabistas.     Na diversidade cultural brasileira, encontramos um enorme acervo formador de diferentes identidades culturais. Ao pensarmos sobre o sentido de cultura, nos remetemos a pensar na formação dos sistemas culturais. É desse modo que, a partir dos pressupostos geertzianos (2015), os sistemas culturais se dão dentro do discurso e através de diversas ferramentas, instrumentos de ação, relação e organização social, ou seja, sistemas significantes estruturantes. Quando vislumbramos a existência desses sistemas significantes de uma comunidade tradicional, em nosso caso, a comunidade pesqueira artesanal de Arraial do Cabo/RJ torna-se claro que eles são correspondentes ao acervo passado de geração em geração, que constroem a memória social e coletiva (CANDAU, 2016) tendo a narratividade como o seu grande elo integrador.

Biografia do Autor

Manuela Chagas Manhães (UENF/CCH), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF/CCH)

Manuela Chagas Manhães professora da Universidade Estácio de Sá e Coordenadora do curso de Pedagogia (UNESA), pós-doutoranda do Programa de Sociologia Política da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF/CCH). Pesquisadora do PEA PESCARTE/PETROBRÁS/IBAMA/UENF.

Sulamita Conceição Ribeiro de Oliveira (UENF/CCH), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Discente da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro e bolsista de iniciação científica do PEA PESCARTE/PETROBRÁS/IBAMA/UENF.

Karina Ritter Manhães, Universidade Estadual Norte Fluminense

Mestranda em Políticas Sociais pela Universidade Estadual Norte Fluminense

Referências

BERGER, Peter & LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 1985.

BRAGA, Elizabeth dos Santos. A constituição da memória: uma perspectiva histórico cultural. Ijuí: Ed. UNIJUÌ, 2000.

CANDAU, J?el. Memória e identidade. São Paulo: Contexto, 2011.

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. Tradução Klauss Brandini Gerhardt. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CERTEAU, M. A escrita da história. 3ª. Edição. SP: Forense Universitária, 2000.

COULON, Alain. Etnometodologia. Petrópolis: Vozes, 1995.

DIEGUES, Antonio Carlos e ARRUDA, Rinaldo S. V. (orgs). Saberes tradicionais e biodiversidade no Brasil. Brasília: Ministério do Meio Ambiente; São Paulo: USP, 2001.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. 1ª. Edição; RJ: LTC, 2015.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Vértice, 2003.

HONNETH, Axel. Luta pelo reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais. Trad.: Luiz Repa. SP: Editora 34, 2009, 2ª. Edição.

MONTENEGRO, Antonio Torres. História oral e memória: a cultura popular revisitada. São Paulo: Editora Contexto, 1992, Coleção Caminhos da História.

MONTENEGRO, JORGE. Povos e comunidades tradicionais desenvolvimento e decolonialidade: articulando um discurso fragmentado. In: Revista OKARA: Geografia em debate, v.6, n.1, p. 1630174, 2012, João Pessoa, PB, DGEOC/CCEN/UFPB.

PEREIRA, Wilnes Martins. Arraial do Cabo seus contos e seus encantos. RJ: Hoffmann Editora, 2013.

PRADO, Simone Moutinho. Da anchova ao salário mínimo: uma etnografia sobre injunções de mudanças sociais em Arraial do Cabo. Niterói: EdUFF, 2002.

RAWLS, John. Uma teoria da justiça. SP: Martins Fontes, 1997.

REUTER, Yves. A análise da narrativa: o texto, a ficção e a narração. Rio de Janeiro: DIFEL, 2002 (Enfoques, Letras).

SAHLINS, Marshall. Ilhas de histórias. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1990.

TEDESCO, João C. Nas cercanias da memória: temporalidade, experiência e narração. Passo Fundo: UPF, 2004.

_______________. Memória e cultura: o coletivo, o individual, a oralidade e fragmentos de memórias de nono. 1ª. Ed. Porto Alegre: EST, 2001.

Downloads

Publicado

04/09/2021

Como Citar

Manhães (UENF/CCH), M. C., Oliveira (UENF/CCH), S. C. R. de, & Manhães, K. R. (2021). IDENTIDADE, TERRITORIEDADE E A NARRATIVA COMO ELOS INTEGRADORES ENTRE OS MEMBROS DA COMUNIDADE PESQUEIRA CABISTA/IDENTITY, TERRITORIALITY AND NARRATIVE AS THEIR INTEGRATORS AMONG THE MEMBERS OF THE CABIST FISHING COMMUNITY. Revista Athena, 20(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/athena/article/view/5791

Edição

Seção

ARTIGOS/ ENSAIOS