COLONIZAÇÃO E CIÊNCIA EM A TERCEIRA METADE, DE RUY DUARTE DE CARVALHO/COLONIZATION AND SCIENCE IN A TERCEIRA METADE BY RUY DUARTE DE CARVALHO

Autores

  • Juliana Campos Alvernaz PUC-Rio

Palavras-chave:

Ruy Duarte de Carvalho. Colonização. A terceira metade.

Resumo

Pretende-se, neste artigo, refletir sobre as diferentes representações da ciência produzida no período colonial no romance A Terceira Metade, do escritor angolano Ruy Duarte de Carvalho, tendo em vista as consequências da “biblioteca colonial” e de que maneira ela é reapropriada pelos personagens da narrativa. Percebe-se, pelos indícios discurso-narrativos, que os personagens Trindade e Severo desenvolvem, de diferentes maneiras, enfretamentos da colonialidade, considerando, principalmente, os espaços de fronteira entre Angola e Namíbia.

Biografia do Autor

Juliana Campos Alvernaz, PUC-Rio

Doutoranda em Literatura, Cultura e Contemporaneidade na PUC-Rio. Mestra em Estudos de Literatura pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Graduada em Letras Português/literaturas pela UFF.

Referências

AMARAL, Paulo; RAMIRES, Alexandre; SALES, Fátima; FREITAS, Helena. Missão botânica: Angola 1927-1937. Imprensa da Universidade de Coimbra: Coimbra, 2005.

CARVALHO, Ruy Duarte de. Vou lá visitar pastores. Lisboa: Cotovia, 1999.

CARVALHO, Ruy Duarte de. As paisagens propícias. Lisboa: Cotovia, 2005.

CARVALHO, Ruy Duarte de. Os papéis do inglês. São Paulo: Companhia das Letras, 2007

CARVALHO, Ruy Duarte de. A Terceira Metade. Lisboa: Cotovia, 2009.

DESCOLA, Philippe. Outras naturezas, outras culturas. Trad. Cecília Ciscato. São Paulo: Editora 34, 2016. (coleção Fábula)

SERRA, Carlos. “Introdução: africanidade que luta”. IN: KAJIBANGA, Victor; MANCE, Euclides André & OLIVEIRA, Reinaldo de. O que é filosofia africana? Lisboa: Escolar editora, 2015.

LATOUR, Bruno. Jamais formos modernos. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1994

LEIRIS, Michel. “O etnógrafo perante o colonialismo”. In SANCHES, Manuela. As malhas que os impérios tecem: textos anticoloniais e contextos pós-coloniais. Lisboa: Edições 70, LDA, 2011.

MARANDOLA Jr., Eduardo. “Paisageabilidade: o oculto translúcido na literatura ou por uma fenomenologia do olhar que lê”. Mesa-redonda Continentes de representações: geografias descoloniais através de literaturas nacionais, do Congresso Abralic, 2020. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=KFnk8ZJfolE. Acesso em 11 de novembro de 2020.

MUDIMBE, V. Y. A invenção de África – gnose, filosofia e a ordem do conhecimento. Trad. Ana Medeiros; Edições Pedagogo: Portugal; Edições Mulemba: Luanda, 2013.

PRATT, Mary Louise. Os olhos do império: relatos de viagem de transculturação. Bauru: Edusc, 1999.

SANTOS, Boaventura de Sousa; MENEZES, Maria Paula (Org). Epistemologias do sul. São Paulo: Cortez, 2010

Downloads

Publicado

31/12/2021

Como Citar

Campos Alvernaz, J. (2021). COLONIZAÇÃO E CIÊNCIA EM A TERCEIRA METADE, DE RUY DUARTE DE CARVALHO/COLONIZATION AND SCIENCE IN A TERCEIRA METADE BY RUY DUARTE DE CARVALHO. Revista Athena, 21(2), 29–41. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/athena/article/view/6332

Edição

Seção

ARTIGOS/ ENSAIOS