Desempenho vegetativo e produtivo de maracujazeiro-amarelo com diferentes tipos de condução dos ramos secundários

José Carlos Cavichioli, Renan Borro Celestrino, Vitor Antônio dos Santos Luppi, Rodrigo Aparecido Vitorino

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho vegetativo e produtivo do maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims) em resposta a diferentes tipos de condução dos ramos secundários. O experimento foi instalado e conduzido no município de Adamantina (SP), no período de junho de 2015 a março de 2016, utilizando-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. Os tratamentos constituíram-se dos seguintes tipos de condução dos ramos secundários: T1) desponte do ramo principal deixando um ramo lateral; T2) desponte do ramo principal deixando dois ramos laterais; T3) ramo principal dobrado conduzindo um ramo lateral; T4) ramo principal dobrado conduzindo dois ramos laterais. Avaliaram-se o comprimento dos ramos secundários, o número de ramos terciários, o comprimento, o diâmetro e a massa dos frutos, o número de frutos por planta e a produtividade (kg.ha-1). Houve diferença significativa no número de frutos por planta. O comprimento dos ramos secundários variou de 146,51, no T3, a 162,78 cm, no T4. O comprimento dos frutos variou de 10,67 a 10,95 cm. Nos tratamentos 1 e 2, respectivamente, o diâmetro dos frutos variou de 8,72, no T1, a 8,95 cm, no T4, e a massa média dos frutos variou de 280, no T1, a 292 g, no T2. O número de frutos por planta produzido foi 40% superior no T4 em relação ao T3. A produtividade do maracujazeiro-amarelo variou de 9.747, no T3, a 13.208 kg.ha-1, no T4. Observou-se que a condução dos ramos secundários do maracujazeiro-amarelo interfere no número de frutos por planta, mas não altera as características físicas dos frutos.

Palavras-chave


maracujá; caracterização física; Passiflora edulis.

Texto completo:

PDF

Referências


BANDEIRA, A.L. Qualidade e produtividade. Informe Agropecuário, v.33, n.269, p.3, 2012.

CAVALCANTE, L.F.; DIAS, T.J.; GONDIM, S.C.; CAVALCANTE, I.H.L.; ALVES, G.S.; ARAÚJO, F.A.R.

Desenvolvimento e produção do maracujazeiro IAC 273/277+275 em função do número de ramos principais

por planta. Agropecuária Técnica, v.26, p.109-116, 2005.

CAVICHIOLI, J.C.; CORRÊA, L.S.; BOLIANI, A.C.; OLIVEIRA, J.C. Uso de câmara úmida em enxertia hipocotiledonar

de maracujazeiro-amarelo sobre três porta-enxertos. Revista Brasileira de Fruticultura, v.31, n.2, p.532-538,

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452009000200030

CAVICHIOLI, J.C.; CORRÊA, L.S.; BOLIANI, A.C.; SANTOS, P.C. Desenvolvimento e produtividade do

maracujazeiro-amarelo enxertado em três porta-enxertos. Revista Brasileira de Fruticultura, v.33, n.2, p.558-

, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452011005000056

COMPANHIA DE ENTREPOSTOS E ARMAZÉNS GERAIS DE SÃO PAULO (CEAGESP). Programa Brasileiro para

a Melhoria dos Padrões Comerciais e Embalagens de Hortigranjeiros. Classificação do maracujá (Passiflora

edulis Sims). CEAGESP, 2001. Disponível em:

maracuja.pdf>. Acesso em: 12 abr. 2018.

COSTA, A.F.S.; ALVES, F.L.; COSTA, A.N. Plantio, formação e manejo da cultura do maracujá. In: COSTA, A.F.S.;

COSTA, A.N. (orgs.). Tecnologias para a produção de maracujá. Vitória: INCAPER, 2005. p.23-53.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (EMBRAPA). Centro Nacional de Pesquisa do Solo.

Sistema Brasileiro de Classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA, 2006. 306p.

FIGUEIREDO, F.R.A.; HAFLE, O.M.; RODRIGUES, M.H.B.S.; JÚNIOR, E.B.P.; DELFINO, F.I. Produtividade e

qualidade dos frutos do maracujazeiro-amarelo sob diferentes formas de condução das plantas. Agropecuária

Científica no Semiárido, v.11, n.4, p.23-32, 2015. http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v11i4.672

Rev. Ciênc. Agroamb. v.17, n.2, 2019 70 de 70

HAFLE, O.M.; RAMOS, J.D.; LIMA, L.C.O.; FERREIRA, E.A.; MELO, P.C. Produtividade e qualidade de frutos do

maracujazeiro-amarelo submetido à poda de ramos produtivos. Revista Brasileira de Fruticultura, v.31, n.3,

p.763-770, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452009000300020

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Produção Agrícola Municipal. IBGE, 2017.

Disponível em: . Acesso em: 9 mar. 2018.

KOMURO, L.K. Efeitos de sistemas de condução sobre o crescimento, produção, qualidade dos frutos e custos de

instalação de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis Sims, f. flavicarpa Deg). 54f. Dissertação (Mestrado) –

Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Ilha Solteira, 2008.

KRAUSE, W.; NASCIMENTO, T.A.F.; SANTI, A.; MACHADO, J.R.A.; AZEVEDO, V.H. Rendimento do maracujazeiro

amarelo sob diferentes espaçamentos de plantio. Magistra, v.22, n.2, p.123-128, 2010.

MELETTI, L.M.M.; OLIVEIRA, J.C.; RUGGIERO, C. Maracujá. Jaboticabal: FUNEP, 2010. (Série Frutas Nativas, 6.)

MONZANI, R.M.; DUARTE, H.S.S.; MIO, L.L.M. Yellow passion fruit in overhead trellis system do not differ in

diseases intensity and is more productive compared to vertical trellis system. Revista Brasileira de Fruticultura,

v.40, n.2, p. e-579, 2018. http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452018579

NASSER, M.D.; CAVICHIOLI, J.C.; KASAI, F.S.; VITORINO, R. Desenvolvimento de maracujazeiro-amarelo

enxertado sobre maracujazeiro-doce em diferentes espaçamentos de plantio. Revista Brasileira de Fruticultura,

v.33, n. esp.1, p.639-642, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452011000500088

SILVA, F.A.S.; AZEVEDO, C.A.V. The Assistant Software Version 7.7 and its use in the analysis of experimental data.

African Journal Agricultural Research, v.11, n.39, p.3733-3740, 2016. https://doi.org/10.5897/AJAR2016.11522


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
A obra Revista de Ciências Agroambientais (ISSN 1677-6062) está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.