EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS: FORMALIZAR OU NÃO FORMALIZAR?! PERCEPÇÃO DOS PEQUENOS EMPREENDEDORES DO MUNICÍPIO DE CÁCERES-MT.

Autores

  • Priscilla dos Santos Sebalhos Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Juliana Vitoria Vieira Mattiello da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Almir Rodrigues Durigon Universidade do Estado de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.30681/ruc.v6i12.1280

Resumo

Este estudo objetiva identificar o motivo da formalização ou não formalização dos pequenos empreendedores através da Lei Complementar n. 128/2008 - MEI. A referida lei é uma iniciativa do Governo Federal para formalizar os trabalhadores que se encontram na informalidade e querem se regularizar. Para alcance do objetivo, foi realizada uma pesquisa de campo com entrevistas com 64 pequenos empreendedores que atuam na Praça da Feira e Mercado do Agricultor do município de Cáceres-MT. Os resultados encontrados revelam que os empreendedores entrevistados que atuam nessas duas localidades são a maioria informais e por falta de informação não conhecem detalhadamente a facilidade e as vantagens para a formalização elencadas na Lei.

 

Biografia do Autor

Priscilla dos Santos Sebalhos, Universidade do Estado de Mato Grosso

Discente e Bolsista da Universidade do Estado de Mato Grosso

Juliana Vitoria Vieira Mattiello da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso

Professora da Universidade do Estado de Mato Grosso, Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Almir Rodrigues Durigon, Universidade do Estado de Mato Grosso

Professor da Universidade do Estado de Mato Grosso, Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Referências

ANJOS, Raquel Prediger. Fatores gerenciais que influenciam o acesso ao crédito: um estudo à luz da lei do empreendedor individual. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná, Paraná: 2011.

BELL, Judith. Projeto de Pesquisa: guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e ciências sociais. Tradução Magda França Lopes. – 4 ed – Porto Alegre: Artmed, 2008

BEUREN, Ilse Maria. Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade- teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2004. 92 p.

BRASIL. Lei n. 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Brasília, DF, 10 de janeiro de 2002. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/L10406.htm>. Acesso em: 10 Abril. 2013.

DORNELAS, José. Empreendedorismo transformando idéias em negócios. Rio de Janeiro: Campus, 2008.

FACHIN, Odília. Fundamentos de Metodologia. 4 ed. – São Paulo: Saraiva, 2003. 141p.

GEM 2008. GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR – EMPREENDEDORISMO NO BRASIL. Acesso: http://www.sebrae.com.br/ 24/09/20212. 30 p.

GEM 2010 - GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR – EMPREENDEDORISMO NO BRASIL. Acesso em: http://www.sebrae.com.br/ 29/09/2012

GERXHANI, K. The informal sector in developed and less developed countries: A literature survey. Public Choice, 120(2), 267–300. 2004

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed.- São Paulo: Atlas,2002.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed.- São Paulo: Atlas, 2010. 28 p.

JONATHAN, Eva Gertrudes. Mulheres empreendedoras: medos, conquistas e qualidade de vida. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 10, n. 3, p. 373-382, set./dez. 2005.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação dos dados. 7 ed.- 3 reimpr – São Paulo: Atlas, 2010. 100p.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação dos dados – São Paulo: Atlas, 2011.

MATTIELLO DA SILVA, Juliana Vitória Vieira. Empreendedores individuais do Estado de Mato Grosso: um estudo dos benefícios da formalização no âmbito da lei complementar 128/2008. 2012. 151 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo/RS, 2012. 38 p.

NACIMENTO, Mayra Vidal; CORCETTI, Elisabete. As principais causas da não formalização das empresas na cidade de Guarapari (ES). VIII Encontro de Estudos em Empreendedorismo e Gestão de Pequenas empresas – EGEPE. Goiânia/GO.

NASSIF, Vânia Maria Jorge; GHOBRIL, Alexandre Nabil; AMARAL ,Derly Jardim do. Empreendedorismo por necessidade: o desemprego como impulsionador da criação de novos negócios no Brasil. Revista do programa de estudos pós-graduados em Administração – FEA. São Paulo, 2009.

NORONHA, Eduardo G. Informal, Ilegal, Injusto: percepções do mercado de trabalho no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais. São Paulo, vol. 18 nº 53. 2003. 8,10 p.

PERFIL DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL 2012 – Série de estudos. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/ Acesso: 20/09/20212.

PORTAL DO EMPREENDEDOR – Empreendedor Individual. Disponível em: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/ Acesso em: 20/09/2012.

PORTAL DO EMPREENDEDOR – Empreendedor Individual. Disponível em: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/ Acesso em: 28/05/2013.

SILVA, Alessandra Brasiliano da; LOPES, Jorge Expedito de G.; FILHO, José Francisco Ribeiro; PEDERNEIRAS, Marcleide Maria Macêdo. Um estudo sobre a percepção dos empreendedores Individuais da cidade de recife quanto à adesão a Lei do micro empreendedor individual (lei mei - 128/08) - Revista da Micro e Pequena Empresa, v.4, n.3, p.121-137, Campo Limpo Paulista: 2010.

SILVEIRA, Jane Paula; TEIXEIRA, Milton Roberto de Casto. Empreendedor individual e os impactos pós-formalização. Revista do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão. Patos de Minas: Unipam, vol.1, nº 8, 2011.

ULYSSEA, Gabriel. Informalidade no mercado de trabalho brasileiro: uma resenha da literatura. Revista de Economia Política. São Paulo, vol.26 nº.4, 2006.

VACCARI, Mariana; SOARES, Márison Luiz; FERNANDES, Simone Costa; OLIVER, Fernandes. Formalização de pequenos negócios: um estudo da percepção dos pequenos empreendedores de Vila Velha – ES em relação ao Programa “Empreendedor Individual”. Revista Convibra Administração, 2012.

ZANLUCA, Júlio César. MEI - Micro Empreendedor Individual. Portal tributário Editora e Maph Editora, 2011.

WILLIAMS, Colin C. Williams; NADIN, Sara. Entrepreneurship and the Informal Economy: an overview. Vol. 15, n.4, Journal of Developmental Entrepreneurship: 2010.

Downloads

Publicado

2018-04-04

Como Citar

Sebalhos, P. dos S., Mattiello da Silva, J. V. V., & Durigon, A. R. (2018). EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS: FORMALIZAR OU NÃO FORMALIZAR?! PERCEPÇÃO DOS PEQUENOS EMPREENDEDORES DO MUNICÍPIO DE CÁCERES-MT. Revista UNEMAT De Contabilidade, 6(12). https://doi.org/10.30681/ruc.v6i12.1280

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)