APLICAÇÃO DO VALOR JUSTO NOS ATIVOS BIOLÓGICOS: UM ESTUDO NO ZOOLÓGICO DE VOLTA REDONDA

Autores

  • Arthur Batista Oiticica Universidade Federal Fluminense - UFF VR
  • Michel Santana Moreira Universidade Federal Fluminense - UFF VR
  • Mariana Pereira Bonfim Universidade Federal Fluminense - UFF VR

DOI:

https://doi.org/10.30681/ruc.v10i19.4015

Resumo

O presente trabalho busca reproduzir, contabilmente, o valor justo dos ativos biológicos do Zoológico Municipal de Volta Redonda. Dada a crescente demanda por trabalhos com foco em gestão ambiental após a publicação do CPC 29, percebe-se a necessidade de avaliação fidedigna do valor dos animais pertencentes aos zoológicos visto que sua exposição é fonte de recursos indireta e a existência do comércio/permuta entre zoológicos. É possível aplicar o CPC 29 no tratamento contábil do Zoológico de Volta Redonda? Demonstra-se a conta de ativo biológico, calculada a valor justo, contendo 232 dos 275 animais em exibição, posição essa de 2016. Concluiu-se que, caso o zoológico dispusesse de um núcleo para efetuar o acompanhamento das variações patrimoniais, as mesmas estariam sendo representadas fidedignamente.

Biografia do Autor

Arthur Batista Oiticica, Universidade Federal Fluminense - UFF VR

Graduando em Ciências Contábeis Universidade Federal Fluminense - UFF VR

Michel Santana Moreira, Universidade Federal Fluminense - UFF VR

Bacharel em Ciências Contábeis Universidade Federal Fluminense - UFF VR

Mariana Pereira Bonfim, Universidade Federal Fluminense - UFF VR

Doutora em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília - UnB

Professora do departamento de Ciências Contábeis pela Universidade Federal Fluminense - UFF VR

Referências

BRASIL. Lei n.º 6.938 de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6938.htm . Acesso em: 27 jul. 2018.

BRITO, E. de. Um estudo sobre a subjetividade na mensuração do valor justo na atividade pecuária bovina. 2010. 109f. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) – Departamento de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.

CASTRO, V. C. B.; MORCH, R. B.; MARQUES, J. A. V. C. Fair value accounting: uma análise sobre a evolução do conceito de valor justo entre as normas internacionais e as normas brasileiras. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 3, nº 1, jan/jun 2008.

COELHO, C. U.; LINS, L. Teoria da Contabilidade. São Paulo: Editora Atlas, 2010.

COSTA, A. Volta Redonda ontem e hoje. Volta Redonda: Edição comemorativa 50 anos. Editor Jader Costa, 2004.

CPC – COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS. A Busca da Convergência da Contabilidade aos Padrões Internacionais. 2008. Disponível em: http://cpc.org.br/pdf/CPC-plano%20de%20converg%C3%AAncia%20_%20novembro%20de%202008_proposta.pdf. Acesso em: 27 jul. 2018.

CPC – COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS. Pronunciamento Técnico CPC 29 – Ativo Biológico e Produto Agrícola. 2009. Disponível em: http://static.cpc.aatb.com.br/Documentos/324_CPC_29_rev%2008.pdf. Acesso em: 27 jul. 2018.

CPC – COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS. Pronunciamento Técnico CPC 46 – Mensuração do Valor Justo. 2012. Disponível em: http://static.cpc.aatb.com.br/Documentos/395_CPC_46_rev%2006.pdf. Acesso em: 27 jul. 2018.

FERREIRA, A. C. de S. Contabilidade Ambiental: Uma Informação para o Desenvolvimento Sustentável. São Paulo: Atlas, 2003.

FREIRE, F. S. F.; PRADO, S. S.; MARQUES, M. M.; PEREIRA, E. M. Valor justo dos ativos biológicos: um estudo sobre a aplicabilidade do CPC 29 em um jardim zoológico. Gestão Contemporânea, ano 9, n. 12, p. 207-233, dez. 2012.

IMPERATIVES, S. Report of the World Commission on Environment and Development: Our Common Future. 2008. Disponível em: http://www.un-documents.net/our-common-future.pdf. Acesso em: 27 jul. 2018.

MARION, J. C. Contabilidade Rural, 13ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

RENCTAS – REDE NACIONAL DE COMBATE AO TRÁFICO DE ANIMAIS. 1º Relatório Nacional sobre o Tráfico de Fauna Silvestre. 2014. Disponível em: http://www.renctas.org.br/wp-content/uploads/2014/02/REL_RENCTAS_pt_final.pdf. Acesso em: 26 nov. 2018.

TEIXEIRA, J. B.; IRINEU, L. E. S. S.; SANTOS, N. T. Análise Quantitativa de Visitas Monitoradas do Zoológico Municipal de Volta Redonda em 2015. In: Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas, 13, 2016, Poços de Caldas/MG. Anais... Minas Gerais: Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas, 2016.

Downloads

Publicado

09/11/2021

Como Citar

Oiticica, A. B., Moreira, M. S., & Bonfim, M. P. (2021). APLICAÇÃO DO VALOR JUSTO NOS ATIVOS BIOLÓGICOS: UM ESTUDO NO ZOOLÓGICO DE VOLTA REDONDA. Revista UNEMAT De Contabilidade, 10(19), 21–37. https://doi.org/10.30681/ruc.v10i19.4015

Edição

Seção

Artigos