MEDIDAS PREVENTIVAS DE CUSTOS DE TRANSAÇÃO NOS ESCRITÓRIOS CONTÁBEIS DE NOVA MUTUM - MT

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/ruc.v10i19.5959

Palavras-chave:

Ciências Contábeis, Economia dos Custos de Transação, Contratos

Resumo

Esse trabalho tem como objetivo identificar quais as medidas utilizadas pelos escritórios de contabilidade de Nova Mutum para prevenção dos custos de transação. A realização da pesquisa se deu por meio de questionário auto aplicado, com caráter qualitativo e descritivo. A amostragem foi não probabilística por conveniência. Foi possível identificar que os escritórios não costumam revisar seus contratos, a menos que haja mudanças no regime tributário e no plano econômico. As principais formas de prevenção de custos ex post são confirmação por e-mails e protocolos. Na prevenção de custos estabelecidas em contrato os escritórios optam por incluir salvaguardas como cláusulas de indenização, além de monitoramento para verificação do cumprimento dos contratos e reuniões com os clientes. Os participantes da pesquisa concordam que há presença de oportunismo em alguns de seus clientes e que o ambiente não é de grande incerteza, sendo este o motivo para baixa frequência na revisão de seus contratos.

Biografia do Autor

Ana Caroline Scotton, Banco Bradesco

Graduada em Ciência Contábeis pela Universidade do Estado de Mato Grosso.

Laércio Juarez Melz, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)

O prof. Laércio é Doutor em Administração (UFSM, 2016), mestre em Engenharia de Produção (UFSCar, 2010). Especialista em Finanças e Gestão Empresarial (UNEMAT, 2005), graduado em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2003). Atualmente é professor assistente, com Dedicação Exclusiva (40h), da Universidade do Estado de Mato Grosso. Tem experiência na área de Ciências Contábeis, atuando principalmente nos seguintes temas: Contabilidade e Gestão de Custos, Contabilidade Gerencial e Ensino de Contabilidade.

Referências

ABITANTE, K. G. Co-integração entre os mercados spot e futuro: evidências dos mercados de boi gordo e soja. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 46, n. 1, p. 75–96, 2010.

BEUREN, I. M. et al. Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade. 3. ed. São Paulo: Atlas S.A., 2013.

BORGES, O. R. et al. Medidas de prevenção de custo de transação resultantes de evasão fiscal de cliente das Empresas Prestadora de Serviços Contábeis (EPSCs) em Tangará da Serra MT. Revista Unemat de Contabilidade, v. 1, n. 2, 2012.

CÁRDENAS, L. Q.; LOPES, F. D. A formação de alianças estratégicas: uma analise a partir da teoria da dependência de recursos e da teoria dos custos de transação. Cadernos EBAPE, v. 4, 2006.

COASE, R. H. The Nature of the Firm. Economica, v. 4, n. 16, p. 386–405, nov. 1937.

FARINA, E. M. M. Q.; AZEVEDO, P. F. DE; SAES, M. S. M. Competitividade: mercado, Estado e organização. São Paulo: Singular, 1997.

FIANI, R. Teoria dos Custos de Transação. In: KUPFER, D.; HASENCLEVER, L. (Eds.). . Economia Industrial: fundamentos teóricos e práticas no Brasil. Rio de Janeiro: Elsevier, 2002. p. 267–286.

FIANI, R. A natureza multidimensional dos direitos de propriedade e os custos de transação. Economia e sociedade, Campinas, v. 2, n. 1, p. 185–203, 2003.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

HERNÁNDEZ SAMPIERI, R.; FERNÁNDEZ COLLADO, C.; LUCIO, M. DEL P. B. Metodologia de Pesquisa. Porto Alegre: Penso, 2013.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia Científica. 7a ed. [s.l.] Atlas, 2017.

MELZ, L. J. et al. Análise das estruturas de governança e transações na suinocultura em Nova Mutum-MT. Congresso da Sober, 2014.

MELZ, L. J.; MARION FILHO, P. J. Economia dos Custos de Transação: uma contribuição da Contabilidade Gerencial. Congresso da SOBER. Anais...Goiânia: SOBER, 2014Disponível em: <http://icongresso.itarget.com.br/tra/arquivos/ser.4/1/2856.pdf>

MILGROM, P.; ROBERTS, J. Economics, organizations & management. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 1992.

MIRANDA, WENDER F. et al. A economia dos custos de trasação através do desenvolvimento da reputação favoravel. p. 1–17, 2001.

NETO, O. DA C. Pesquisa Social. Teoria, Método e criatividade. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

PEREIRA, A. J. et al. A empresa e seu ambiente de interação: os limites da Teoria dos Custos de Transação e o alcance da Teoria Institucionalista Evolucionária. Economia e sociedade, Campinas, v. 23, n. 50, p. 33–61, 2014.

SANTOS, A. R. DOS et al. Empresas Prestadoras de Serviços Contábeis (EPSCs): medidas de prevenção de custos de transação resultantes de evasão fiscal de clientes. 190, p. 33–47, 2011.

SANTOS, J. G. C. DOS; CALÍOPE, T. S.; COELHO, A. C. D. Teorias da Firma como Fundamento para a formulação das Teorias Contábeis. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 38, p. 1–16, 2014.

SARTO, V. H. R.; ALMEIDA, L. T. DE. A teoria dos custos de transação: uma análise a partir das críticas evolucionistas. Revista Iniciativa Econômica, v. 2, n. 1, 2015.

SILVA, A. A. DA; BRITO, E. P. Z. Incerteza , racionalidade limitada e comportamento oportunista : um estudo na indústria brasileira. Ram, Rev. Adm. Mackenzie, v. 14, n. 1, p. 176–201, 2013.

SILVA, L. X. DA; WAQUIL, P. DABDAB. Análise Do Complexo Agroindustrial Fumageiro Sul-Brasileiro Sob O Enfoque Da Economia Dos Custos De Transação. Economia, 2002.

TECNICAS, A. B. DE N. ABNT NBR 14724 Informação edocumentação- Trabalhos academicos- Apresentação. Norma Brasileira, v. 3, p. 11, 2011.

VIEIRA, S. Como elaborar qauestionarios. São Paulo: Atlas, 2009.

WILLIAMSON, O. E. The economic institutions of capitalism. New York: Free Press, 1985.

WILLIAMSON, O. E. The mechanisms of governance. Oxford: Oxford University Press, 1996.

WILLIAMSON, O. E. As instituições econômicas do capitalismo: firmas, mercados, relações contratuais. São Paulo: Pezco, 2012.

WILLIAMSON, O. E. . Calculativeness , Trust , and Economic Organization Source : The Journal of Law & Economics. The Journal of Law & Economics, 1993.

ZYLBERSZTAJN, D. Estruturas de governança e coordenação do agribusiness: uma aplicação da nova economia das instituições. [s.l.] Universidade de São Paulo, 1995.

ZYLBERSZTAJN, D.; SZTAJN, R. A economia e o direito de propriedade: diálogos FEA & Largo São Francisco. n. 1937, p. 281–286, 2002.

Downloads

Publicado

30/06/2021

Como Citar

Scotton, A. C., & Melz, L. J. (2021). MEDIDAS PREVENTIVAS DE CUSTOS DE TRANSAÇÃO NOS ESCRITÓRIOS CONTÁBEIS DE NOVA MUTUM - MT. Revista UNEMAT De Contabilidade, 10(19), 205–225. https://doi.org/10.30681/ruc.v10i19.5959

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>