BORDÃO: HISTÓRIAS DICIONARIZADAS

Autores

  • Taisir Mahmudo Karim UNEMAT
  • Poliana Ferreira da Silva

Resumo

Neste artigo, a partir do campo teórico da Semântica do Acontecimento, estudo desenvolvido no Brasil por Guimarães (2002), analisamos os sentidos constitutivos da palavra bordão em dicionários de língua portuguesa, sobretudo, examinaremos o funcionamento específico dos modos de dizer dos dicionários. A questão analisada leva em consideração o movimento semântico da palavra nos dicionários que constituem o corpus de análise. Esta reflexão consiste em um procedimento analítico que nos coloca, a partir da materialidade linguística, um lugar específico de interpretação, que se dá pelas relações designativas possíveis, dado o conjunto de determinações da palavra bordão nos dicionários. Para tanto, utilizamos o dispositivo analítico denominado, por Guimarães (2007), de Domínio Semântico de Determinação (DSD), procurando mostrar o movimento polissêmico da palavra bordão nos dicionários.

 

Referências

BLUTEAU, Raphael. Vocabulario portuguez & latino: aulico, anatomico, architectonico. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesus, 1712 - 1728. 8 v.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Dicionário Aurélio da língua portuguesa. Coordenação Marina Baird Ferreira, Margarida dos Anjos.– 5.ed. – Curitiba: Positivo, 2010.

GUIMARÃES, Eduardo. Semântica do Acontecimento: um estudo enunciativo da designação. Campinas, SP: Pontes, 2ª edição, 2005.

______. A palavra: forma e sentido / Maria Cecília Mollica e Eduardo Guimarães (orgs.) - Campinas: Pontes Editores, RG Editores, 2007.

______. Análise de Texto: procedimentos, análises, ensino. Campinas-SP. RG Editora, 2011.

HOUAISS, Antônio. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro, Ed. Objetiva, 2001.

KARIM, Taisir Mahmudo. Brasil Colônia/Império: da ocupação à fundação do território da Capitania Minas do Cuyabá/Mato Grosso um estudo semântico de nomeação. I n: Bressanin, Joelma Aparecida [et all]. (Org.) Linguagem e interpretação a Institucionalização dos dizeres na história. Editora RG, Campinas – SP, 2013.

______. Mato Grosso: de descrição à nome – um percurso enunciativo. In: Línguas e Instrumentos Linguísticos. Editora RG, Campinas – SP, N. 32, 2013.

MICHAELIS: Moderno dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Companhia Melhoramentos, 1998.

OLIVEIRA, Sheila Elias de. Cidadania: história e política de uma palavra. Campinas: Ponte Editora, RG Editores, 2006.

PINTO, Luiz Maria da Silva. Dicionário da Língua Portuguesa, 1775-1869. Ouro Preto, MG. Typographia de Silva, 1832.

SILVA, Antonio Moraes. Diccionario da lingua portugueza - recompilado dos vocabularios impressos ate agora, e nesta segunda edição novamente emendado e muito acrescentado, por ANTONIO DE MORAES SILVA. Lisboa: Typographia Lacerdina, 1813.

Downloads

Publicado

06/03/2016

Como Citar

Karim, T. M., & Silva, P. F. da. (2016). BORDÃO: HISTÓRIAS DICIONARIZADAS. Revista ECOS, 19(2). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/1168