AS VOZES DA CIÊNCIA NO GÊNERO VIDEOAULA DE ESCRITA/REDAÇÃO CIENTÍFICA: UMA QUESTÃO IDEOLÓGICA

Autores

  • Simone Cristina Mussio FATEC JAHU

Resumo

Este trabalho objetiva observar as negociações de sentidos presentes no discurso científico posto no projeto de dizer dos enunciadores das videoaulas de escrita/redação científica, através dos cursos “Escrita Científica: Produção de Artigos de Alto Impacto” e “Método Lógico para Redação Científica”. Para isso, nos atemos em algumas considerações sobre a ciência moderna com a intenção de verificar as vozes da ciência que compõem tais enunciados em forma de vídeo. Pautamo-nos em uma análise com reflexões suscitadas no arcabouço teórico enunciativo-discursivo do Círculo de Bakhtin, que nos auxilia a compreender como a ideologia vigente em determinados campos científicos norteia o discurso e a produção de tais aulas no que tange aos modos de se escrever/redigir cientificamente. 

Referências

AUTHIER-REVUZ, J. Hétérogénéité montrée et hétérogénéité constitutive: élements pour une approche de l autre dans lê. DRLAV – Revue de Linguistique, Paris, nº26, p. 91 –15, 1982.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

______. Questões de literatura e estética: a teoria do romance. 4. ed. São Paulo: Hucitec, 1998.

BAKHTIN, M.; VOLOSHINOV, V. N. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006.

BRAIT, B. As vozes bakhtinianas e o diálogo inconcluso. In: BARROS, D. L. P. de; FIORIN, J. L. (Orgs.). Dialogismo, polifonia, intertextualidade: em torno de Bakhtin. São Paulo: EDUSP, 1994, p. 11-27.

CHAGAS, A. P. A Ciência confirma o espiritismo? O Reformador. Rio de Janeiro: Federação Espírita Brasileira, 1987.

CHIBENI, S. S. O que é Ciência? Campinas: UNICAMP, 2013.

FARACO, C. A. Linguagem e diálogo: As ideias linguísticas do círculo de Bakhtin. Curitiba: Parábola, 2009.

______. Autor e Autoria. In: Brait, B. (Org.). Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2012.

FREIRE-MAIA, N. A ciência por dentro. 5. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1998.

MEDVIÉDEV, P. N. O método formal nos estudos literários. São Paulo: Contexto, 2012.

RODRIGUES, S. G. C.; LUNA, M. J. de. A produção discursiva nas ciências exatas e a constituição do autor-pesquisador. In: MOURA, V.; DAMIANOVIC, M. C.; LEAL, V. (Org.). O ensino de línguas: Concepções & práticas universitárias. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2010.

SANTOS, B. S. Um discurso sobre a Ciência. Porto: Afrontamento, 1997.

Downloads

Publicado

01/10/2016

Como Citar

Mussio, S. C. (2016). AS VOZES DA CIÊNCIA NO GÊNERO VIDEOAULA DE ESCRITA/REDAÇÃO CIENTÍFICA: UMA QUESTÃO IDEOLÓGICA. Revista ECOS, 20(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/1515