TRIBUTO A MANOEL DE BARROS – ALGUMAS INCURSÕES EM SUA PRODUÇÃO POÉTICA

Autores

  • Marinei Almeida UNEMAT/MeEL-UFMT

Resumo

Este artigo tem o objetivo de primeiramente de tecer uma singela homenagem a este grande poeta Manoel de Barros e apresenta de forma breve algumas incursões em sua produção poética ao abordar o encontro da poesia com outros campos artísticos, mas precisamente um diálogo entre a poesia e a pintura, entre a poesia e a música.

Referências

BARROS, Manoel de.Gramática expositiva do chão – poesia quase toda. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1990.

____. Gramática expositiva do chão. 3. ed. São Paulo/ Rio de Janeiro: Record, 1999.

____. Retrato do artista quando coisa. 3. ed. São Paulo/ Rio de Janeiro: Record, 2002.

____. Poemas Rupestres. São Paulo/Rio de Janeiro: Record, 2004.

____.Ensaios fotográficos. 5. ed. São Paulo/ Rio de Janeiro: Record, 2005.

BARROS, Martha. “Com o poeta Manoel de Barros”. In: BARROS, Manoel de. Gramática Espositiva do Chão – poesia quase toda. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1990.

CANDIDO, Antonio. “O direito à literatura”. In: Vários escritos. 3. ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995.

____. O estudo analítico do poema. São Paulo: Humanitas Publicações / FFLCH/USP: 1996.

CASTRO, Pe. Afonso. A poética de Manoel de Barros. Campo Grande: FUCMT-UCDB, 1992.

FRIEDRICH, Hugo.Estrutura da Lírica Moderna (da metade do século XIX a meados do século XX). Trad. Marise M. Curioni. Das Poesias: Dora F. da Silva. 2e. São Paulo: Duas Cidades, 1991.

GUAPO, Milton Perreira de Pinho. Remedeia co que tem. Formação Básica da Musicalidade Mato-Grossense. Cuiabá: Ará Indústria e Comércio de Cosmético Ltda, [s/d e s/p].

LUCINDA, Elisa. “Poesia em comunhão”. In: Jornal do Brasil(Caderno Domingo). Rio de Janeiro, ano 22, n. 1103, 22 de junho de 1997.

PAZ, Octavio. Signos em rotação. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

SILVA, Frederico Fernando Souza. “Literatura e pintura: uma leitura possível em sala de aula”. In: Revista Trama Interdisciplinar – Ano 1 – Volume 1 – 2010.

VALÉRY, Paul. Variedades. Trad. Maiza Martins de Siqueira. São Paulo: Iluminuras, 1999.

WALDMAN, Berta. “Poesia ao Rés do Chão” In: BARROS, Manoel de. Gramática Expositiva do Chão (poesia quase toda). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1990.

Downloads

Publicado

12/02/2015

Como Citar

Almeida, M. (2015). TRIBUTO A MANOEL DE BARROS – ALGUMAS INCURSÕES EM SUA PRODUÇÃO POÉTICA. Revista ECOS, 17(2). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/348