PADRÃO SILÁBICO DA LÍNGUA UMUTINA

Autores

  • Mônica Cidele Cruz

Resumo

Nesse artigo, apresentamos uma breve descrição da estrutura silábica da língua Umutina, a partir do seguinte corpus: “Vocabulário dos Índios Umutina” (SCHULTZ, 1952), uma lista de palavras constante em “Los Umotinas em Matto Grosso” (SCHMIDT, 1941), além de palavras colhidas durante uma pesquisa de campo na aldeia Umutina em janeiro de 2010. Consideramos, também, como referência para esta análise, a dissertação de mestrado “A língua Umutina: um sopro de vida”, de Telles (1995). Sob a perspectiva teórica da Fonologia autossegmental, identificamos V, CV, CCV, CVC e VC, como padrão silábico da língua.

Referências

BIONDO, D. O estudo da sílaba na fonologia auto-segmental.Revista de EstudosLinguísticos. Belo Horizonte. v.2, p.37-51. 1993

BLEVINS, J. The syllable in Phonological Theory.In: J.Goldsmith (ed.). TheHandbook of Phonological Theory.London: Blackwell. p. 207-243. 1995.

CAGLIARI, LC. Análise fonológica. Introdução à teoria e à prática com especial destaquepara o modelo fonêmico.Campinas: Mercado de Letras. 2002.

CLEMENTS, G. N.; HUME, E. V. Internal organization of Speech Sounds. In:Goldsmith, J. A. (Org.). The handbook of phonological theory.Cambridge:BlackwellPublishers, 1996. p. 245-306.

TELLES,S.V.Língua Umutina: um sopro de vida. Dissertação de Mestrado. UFPE: Brasil, 1995.

Downloads

Publicado

11/09/2014

Como Citar

Cruz, M. C. (2014). PADRÃO SILÁBICO DA LÍNGUA UMUTINA. Revista ECOS, 16(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/47

Edição

Seção

LINGUÍSTICA/ LÍNGUA PORTUGUESA