QUARTO DE DESPEJO: RETRATOS DO QUINTAL DA CIDADE

Autores

  • Bianca Corrêa Manoel Mestre em Letras e Ciências Humanas pela Universidade Unigranrio.
  • Daniele Ribeiro Fortuna Professora do Programa em Pós-Graduação em Letras e Ciências Humanas da Universidade Unigranrio. Jovem Cientista do Nosso Estado – FAPERJ (2015-2017)
  • Marcio Luiz Correa Vilaça Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras e Ciências Humanas da Universidade Unigranrio.

Resumo

 Este artigo tem como objetivo apresentar brevemente a trajetória da escritora Carolina Maria de Jesus, a importância da leitura e da escrita em sua vida. Analisa e discute ainda aspectos culturais e sociais apresentados na obra Quarto de despejo, o diário de uma favelada, que relata de forma simples, porém profunda, o contraste decorrente das transformações sociais, políticas, culturais e urbanas da cidade de São Paulo em meados do século XX. Por fim, demonstra como sua obra, testemunho de quem vivenciou a miséria, permanece atual ainda hoje no discurso da Contemporaneidade.

Referências

ALONSO, Mariângela; TONIOSSO, José Pedro. Revisitando a Cinderela Negra: Literatura e História em Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus. Bebedouro: Revista Hispeci & Lema, ano I, No. 1, 2009. Disponível em: http://unifafibe.com.br/revistasonline/arquivos/hispecielemaonline/sumario/12/19042010150126.pdf Acesso em: 9 junho 2015.

BARBOSA, José Juvêncio. Alfabetização e leitura. São Paulo: Cortez, 2008.

BEYER, Hugo Otto. Inclusão e avaliação na escola: de alunos com necessidades educacionais especiais. Porto Alegre: Mediação, 2010.

CANCLINI, Nestor Garcia. Diferentes, desiguais e desconectados. Rio de Janeiro: UFRJ, 2005.

FARACO, Carlos Alberto. Linguagem escrita e alfabetização. São Paulo: Contexto, 2012.

FREITAG, Bárbara. Vida urbana e cultura. In: PALLAMIN, Vera M. Cidade e cultura: esfera pública e transformação urbana. São Paulo: Editora estação liberdade, 2002.

HALL, Stuart. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Org. de Liv Sovik. Belo Horizonte, 2003.

_________. A identidade cultural na pós- modernid ade. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

HOLANDA, Sérgio Buarque. O homem cordial. In: _______ Raízes do Brasil. 26 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

JESUS, Carolina Maria. Quarto de despejo: o diário de uma favelada. São Paulo: Francisco Alves, 1960.

LAJOLO, Marisa. Poesia no quarto de despejo, ou um ramo de rosas para Carolina. In: JESUS, Carolina Maria de. Antologia pessoal. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996.

MACHADO, Marília Novais da Mata Machado. Os escritos de Carolina Maria de Jesus: determinações e imaginário. In: Psicologia & Sociedade; 18 (2): 105-110; mai./ago. 2006. Disponível em: www.scielo.br/pdf/psoc/v18n2/13. Acesso em: 6 junho 2015.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom; LEVINE, Robert M. Cinderela negra – a saga de Carolina Maria de Jesus. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1994.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom. A fala da pobreza: Carolina Maria de Jesus. In: LIENHARD, Martín. Discursos sobre (l)a pobreza. América Latina y / e países luso-africanos. Madrid / Frankfurt: Iberoamericana / Vervuert, 2006.

MOLL, Jaqueline. Alfabetização possível: reinventando o ensinar e o aprender. Porto Alegre: Mediação, 2009.

NOVAIS, F. A.; MELLO, J. M. C. de. Capitalismo tardio e sociabilidade moderna. In: SCHWARCZ, L. M. (Org.) História da vida privada no Brasil. v.4. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SENNET, Richard. Carne e pedra – o corpo e a cidade na civilização ocidental. Rio de Janeiro: BestBolso, 2008.

TOPALOV, Christian. Da questão social aos problemas urbanos- Os reformadores e apopulação das metrópoles em princípio do século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996.

Downloads

Publicado

12/07/2015

Como Citar

Manoel, B. C., Fortuna, D. R., & Vilaça, M. L. C. (2015). QUARTO DE DESPEJO: RETRATOS DO QUINTAL DA CIDADE. Revista ECOS, 18(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/677