QUADRINHOS E POESIA VISUAL BRASILEIRA: RELAÇÕES ENTRE LINGUAGENS ARTÍSTICAS

Autores

  • Francisco Ewerton Almeida Santos Docente da Universidade Federal do Pará. Mestre em estudos Literários.

Resumo

A presente comunicação propõe a aproximação entre duas manifestações artísticas: os quadrinhos (ou histórias em quadrinhos, HQ’s, banda desenhada, etc.) cujo percurso histórico remonta, em seus primórdios, às narrativas visuais grafadas nas cavernas na pré-história e desenvolveu-se até, já no século XIX, resultar nas tiras jornalísticas e nas revistas em quadrinhos tal qual as conhecemos hoje em dia; e a Poesia Visual, que, no Brasil, refere-se, sobretudo, aos movimentos de vanguarda instaurados pelo grupo Noigandres, dos irmãos Haroldo e Augusto de Campos e Décio Pignatari, os quais deram início ao movimento Concretista, que culminou em outros dois movimentos posteriores, o Neo-concretismo e o Poema Processo. Portanto, buscaremos, nesse estudo, os pontos de intersecção entre essas duas linguagens.

Referências

CANDIDO, Antonio. “Literatura e Subdesenvolvimento”. In: América Latina em sua literatura. São Paulo: Perspectiva/ UNESCO – 1972. p.343 – 362.

CAMPOS, Augusto de; CAMPOS, Haroldo de; PIGNATARI, Décio. Teoria da Poesia Concreta. Textos críticos e manifestos (1950 – 1960). São Paulo, Brasiliense, 1987.

CANCLINI, Nestor Garcia. Culturas Híbridas. São Paulo: EDUSP, 2008.

CARVALHO, Helba. Da Poesia Concreta ao Poema-Processo: um passeio pelo fio da navalha.2002. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

CIRNE, Moacy. Quadrinhos, Sedução e Paixão. Petrópolis, Vozes, 2000.

CREPAX, Guido. Valentina de botas. São Paulo: LP&M Editora, 1988.

DIAS-PINO, Wladimir. Processo: linguagem e comunicação.Petrópolis, Vozes, 1971.

ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados. São Paulo: Perspectiva, 2006.

EISNER, Will. Quadrinhos e Arte Seqüencial. 1ª ed. bras. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

McCLOUD, Scott. Desvendando os quadrinhos. São Paulo: Makron Books, 1995.

MENEZES, Philadelpho de. Poética e visualidade. São Paulo: Editora da UNICAMP. 1991

PADÍM, Clemente. “Alvaro de Sá: de la estructura al processo”: http://www.blocosonline.com.br/literatura/prosa/artigos/art031.html

PIGNATTARI, Décio. Semiótica e Literatura. Cotia: Ateliê Editorial, 2004.

PLAZA, Julio. Tradução Intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 1987.

SOUZA, Gustavo Lopez. Da literatura aos quadrinhos: três leituras de adaptações. 2008. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários). Instituto de Letras e Comunicação Social, Universidade Federal do Pará (UFPA).

XAVIER, Ismail. O Cinema brasileiro moderno. São Paulo: Paz e Terra. 2001.

Downloads

Publicado

12/07/2015

Como Citar

Santos, F. E. A. (2015). QUADRINHOS E POESIA VISUAL BRASILEIRA: RELAÇÕES ENTRE LINGUAGENS ARTÍSTICAS. Revista ECOS, 18(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/681