MEMÓRIA E A MORTE DO SUJEITO: UMA ABORDAGEM PÓS-MODERNA

Autores

  • Fabíola Amaral Tomé Souza Universidade Severino Sombra

Palavras-chave:

Memória, morte do sujeito, pós-modernidade, esquecimento.

Resumo

O estudo da memória vem sendo discutido há tempos pelos diversos campos dos saberes. A memória é responsável pela estruturação dos sistemas sociais, ou seja, pelo estabelecimento e manutenção de padrões interativos e institucionais. Ela inclui reminiscências e lembranças, atitudes e sentimentos, regras sociais e normas, padrões cognitivos, o conhecimento científico e tecnológico. Partindo da premissa que nunca se lembra só, pretende-se neste trabalho analisar as questões da memória em consonância com a morte do sujeito na pós-modernidade por meio de uma revisão bibliográfica dos textos de Andreas Huyssen, Frederic Jameson e de Krishan Kumar.

Downloads

Como Citar

Souza, F. A. T. (2014). MEMÓRIA E A MORTE DO SUJEITO: UMA ABORDAGEM PÓS-MODERNA. História E Diversidade, 4(1), 14. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/historiaediversidade/article/view/157