À MARGEM DA HISTORIOGRAFIA E SEM ACESSO ÀS AULAS DE HISTÓRIA: CULTURA E IDENTIDADE SURDA NA LUTA PELAS CONQUISTAS DE DIREITOS

Autores

  • Ernesto Padovani Netto Universidade Federal do Pará

Resumo

Este trabalho busca refletir a comunidade surda como um grupo de sujeitos históricos, vinculados por uma noção de identidade, que a partir de uma dada consciência histórica tem orientado uma trajetória significativa na luta por direitos dentro do campo democrático. Porém, ainda não tem recebido atenção da historiografia e ainda, devido a tradição oral pela qual as aulas de história são ministradas, a própria condição de surdos, os têm excluído, sendo necessário dar visibilidade para a causa surda, para assim, garantir seu direito de acesso à História.

Downloads

Publicado

16/02/2018

Como Citar

Netto, E. P. (2018). À MARGEM DA HISTORIOGRAFIA E SEM ACESSO ÀS AULAS DE HISTÓRIA: CULTURA E IDENTIDADE SURDA NA LUTA PELAS CONQUISTAS DE DIREITOS. História E Diversidade, 9(1), 126–143. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/historiaediversidade/article/view/2751