O NEGRO NA SOCIEDADE ESCRAVISTA DO ALEGRETE OITOCENTISTA: TRAJETÓRIAS E LUTAS PELA LIBERDADE

Autores

  • Márcio Jesus Ferreira Sônego Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha Campus Alegrete

Resumo

A proposta do artigo é compreender as relações estabelecidas entre senhores e escravos no Alegrete oitocentista, buscando evidenciar, com apoio em expressiva base documental, através do estudo das cartas de alforria, as lutas empreendidas pelos cativos para alcançar a liberdade. Alegrete, no decorrer do século XIX, caracterizou-se por ter sua economia predominantemente voltada para a pecuária.

Downloads

Publicado

16/02/2018

Como Citar

Sônego, M. J. F. (2018). O NEGRO NA SOCIEDADE ESCRAVISTA DO ALEGRETE OITOCENTISTA: TRAJETÓRIAS E LUTAS PELA LIBERDADE. História E Diversidade, 9(1), 173–187. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/historiaediversidade/article/view/2754