CONCISA REVISÃO DA LITERATURA DO CONCEITO DE CRENÇAS SOBRE O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS

Autores

  • Graciene Verdécio de Gusmão UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
  • Leandra Ines Seganfredo Santos UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v7i2.149

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar o resultado de uma pesquisa alusiva a uma concisa revisão da literatura de conceitos de crenças sobre o processo de ensino e aprendizagem de línguas na Linguística Aplicada (LA). O construto teórico de crenças tornou-se um campo fértil de pesquisa e, partindo deste pressuposto, elaboramos um simplificado mapeamento dos trabalhos realizados. O arcabouço teórico utilizado para dar suporte para esta investigação contempla autores que abordam sobre os conceitos de crenças como: Leffa, 1992; Almeida Filho 1993; Barcelos, 1995, 2001, 2004, 2006, 2007; Silva, 2005, 2007, 2010, dentre outros. Desta forma, pode-se afirmar, a partir dos resultados deste estudo que os trabalhos atinentes às crenças sobre o ensino e aprendizagem de línguas têm tido um proeminente crescimento no Brasil e no mundo (BARCELOS, 2001; SILVA, 2010).

Para citar esse artigo:

GUSMÃO, Graciene V. de, SANTOS, L. I. S. Concisa revisão do conceito de crença sobre o processo de ensino e aprendizagem de línguas. Revista de Estudos Acadêmicos de Letras, vol. 07 n. 02, p. 94-108, Dezembro de 2014.

Biografia do Autor

Graciene Verdécio de Gusmão, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

POSSUI GRADUAÇÃO EM LETRAS (PORTUGUÊS/INGLÊS) PELA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO (2011); ATUALMENTE É MESTRANDA EM LINGUÍSTICA NA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO - UNEMAT, NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM LINGUÍSTICA; É TUTORA A DISTÂNCIA NA DISCIPLINA INGLÊS INSTRUMENTAL,  DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS - HABILITAÇÃO EM LÍNGUA INGLESA E RESPECTIVAS LITERATURAS - DEAD/UAB/UNEMAT; ATUANDO PRINCIPALMENTE NOS SEGUINTES TEMAS: ANÁLISE DO DISCURSO SISTÊMICO-FUNCIONAL, MAIS ESPECIFICAMENTE, COM O FOCO NO ESTUDO DA AVALIAÇÃO NA LINGUAGEM - SISTEMA DE AVALIATIVIDADE - APPRAISAL SYSTEM; FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS, CRENÇAS SOBRE O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS; É MEMBRO DO GELAMT - GRUPO DE ESTUDOS EM LINGUÍSTICA APLICADA DE MATO GROSSO (CNPQ); É MEMBRO DO GEPLIA - GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM LINGUÍSTICA APLICADA (CNPQ).

Leandra Ines Seganfredo Santos, UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (1994), mestrado em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal de Mato Grosso (2005) , doutorado em Estudos Linguísticos (Linguística Aplicada) na UNESP (Rio Preto) e Pós doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (PUCSP). É professora concursada na Universidade do Estado de Mato Grosso (Professor Adjunto nível 3); Possui experiência nas áreas de metodologias de ensino de Pedagogia e Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores de línguas, crenças sobre o ensino-aprendizagem, interdisciplinaridade, ensino-aprendizagem de línguas em diferentes idades. É líder do GEPLIA (Grupo de Estudos e pesquisas em Linguística Aplicada), cadastrado no CNPQ. É membro do CEPEL (Centro de Estudos e Pesquisas em Linguagem) e do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Linguagem, Formação de Professor e Tecnologias de Ensino (NULITE). Professora permanente dos programas de pós-graduação stricto senso em Linguística e PROFLETRAS, na UNEMAT; É editora da Revista Educação, Cultura e Sociedade, periódico do Curso de Pedagogia da UNEMAT/Sinop e  membro do Conselho Editorial da Revista Brasileira de Linguística Aplicada, da Revista Eventos Pedagógicos e da Revista Norte@mentos. Desenvolve o subprojeto interdisciplinar do PIBID (2014-2018): Formação para a diversidade - Educação Linguística, Educação para a Diversidade Cultural e Educação Ambiental nas Licenciaturas (Letras e Pedagogia) no contexto da Amazônia Mato-grossense e entorno do Parque Xingu.

Referências

ALMEIDA FILHO, J. C. P. Dimensões comunicativas no ensino de línguas. Campinas: Pontes, 1993.

______. O professor de língua estrangeira em formação. Campinas, Pontes, 1999.

BARCELOS, A. M. F. A cultura de aprender língua estrangeira (inglês) de alunos de Letras. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP, Campinas, SP, 1995.

______. 2001. Metodologia de pesquisa das crenças sobre aprendizagem de línguas: estado da arte. Revista Brasileira de Lingüística Aplicada, 1 (1): 71-92.

______. 2004. Crenças sobre aprendizagem de línguas, Linguística Aplicada e ensino de línguas. Linguagem & Ensino, 7 (1): 123-156.

______. Cognição de professores e alunos: tendências recentes na pesquisa de crenças sobre o ensino e aprendizagem de línguas. In: BARCELOS, A. M. F.; ABRAHÃO, M. H. V. (orgs.) Crenças e ensino de línguas: foco no professor, no aluno e na formação de professores. Campinas: Pontes, 2006.

______. & VIEIRA-ABRAHÃO, M. H. (orgs.) Crenças e ensino de línguas: foco no professor, no aluno e na formação de professores. Campinas: Pontes, 2006.

______. 2007. Reflexões acerca da mudança de crenças sobre ensino e aprendizagem de línguas. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, 7 (2): 109-138.

BOMFIM, B. B. S. B. Crenças em relação à formação inicial de professores de Inglês e a prática de ensino de uma professora formadora. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Letras, UNB, Brasília, DF, 2008.

COELHO, H. S. H. É possível aprender inglês em escola pública? Crenças de professores e alunos sobre o ensino de inglês em escolas públicas. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos), Faculdade de Letras, UFMG, Belo Horizonte, MG, 2005.

HOUAISS, Antônio. Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa. Editora Objetiva. Ltda, 2001.

LAIA, D. P. A escrita como prática pedagógica através das vozes dos alunos: suas crenças sobre o processo e a produção de textos escritos em LE (inglês). Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Letras, UNB, Brasília, DF, 2008.

LEFFA, V. J. A. 1991. A look at students’ concept of language learning. Trabalhos em Linguística Aplicada, 17: 57-65.

LIMA, S. S. Crenças de uma professora e alunos de quinta série e suas influências no processo de ensino e aprendizagem de inglês em escola pública. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos), Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Paulista, UNESP, São José do Rio Preto, SP, 2005.

OLIVEIRA, A. W. M. É assim que eu escrevo: estratégias de aprendizagem de kanji e crenças de professores de língua japonesa em formação. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Letras, UNB, Brasília, DF, 2013.

RODRIGUES, J. M. V. Crenças e experiências de aprendizagem de LE (inglês) de alunos de centros interescolares de línguas: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Letras, UNB, Brasília, DF, 2006.

SILVA, K. A. Crenças e aglomerados de crenças de alunos ingressantes em Letras (Inglês). Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP, Campinas, SP, 2005.

______. 2007. Crenças sobre o ensino e aprendizagem de línguas na Linguística Aplicada: um panorama histórico dos estudos realizados no contexto brasileiro. Revista Linguagem & Ensino, 10 (1): 235-271.

SIMÕES, G. M. S. O Impacto do Estágio nas Crenças Pedagógicas de Professores de inglês em Formação. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos), Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Paulista, UNESP, São José do Rio Preto, SP, 2011.

ZOLNIER, M. C. A. P. Língua Inglesa: expectativas e crenças de alunos e de uma professora do ensino fundamental. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada), Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP, Campinas, SP, 2007.VESZ, F. Z. Crenças sobre o espanhol na escola pública: “bem-vindos ao mundo dos sonhos e das [im] possibilidades”. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem), Instituto de Linguagens, UFMT, Cuiabá, MT, 2012.

Downloads

Publicado

01/12/2014

Como Citar

Gusmão, G. V. de, & Santos, L. I. S. (2014). CONCISA REVISÃO DA LITERATURA DO CONCEITO DE CRENÇAS SOBRE O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 7(2), 94–108. https://doi.org/10.30681/real.v7i2.149