VINÍCIUS DE MORAES E A TRANSIÇÃO ESTILÍSTICA DA CONCEPÇÃO AMOROSA: DO POETA RELIGIOSO AO POETA DOS PRAZERES

Autores

  • Yasmin Ferreira Kasahara Universidade do Estado do Pará - UEPA.
  • Raphael Bessa Ferreira Universidade do Estado do Pará - UEPA.

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v10i2.1787

Resumo

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar as duas fases da poesia de Vinícius de Moraes, mais precisamente no que se refere às possíveis mudanças no estilo poético com o qual o autor aborda o amor em seus textos. Para isso, selecionou-se poesias de ambas as fases do escritor a fim de comprovar que essa transição promove tanto uma alteração na abordagem do sentimento amoroso quanto na mudança de estilo de uma fase para outra em função da carga ideológica presente na escolha lexical realizada pelo autor. Dessa forma, os pressupostos teóricos de Martins (1989), Lapa (1991) e Paz (1994) serão de grande valia às propostas aqui empreendidas, de modo a dar conta dos objetos a serem averiguados na pesquisa. 

Palavras-chave: Vinícius de Moraes. Estilística. Amor. Carne x Espírito. 

Biografia do Autor

Yasmin Ferreira Kasahara, Universidade do Estado do Pará - UEPA.

Graduada em Licenciatura Plena em Letras - Habilitação em Língua Portuguesa - pela Universidade do Estado do Pará - UEPA.

Raphael Bessa Ferreira, Universidade do Estado do Pará - UEPA.

Professor Assistente IV da Cátedra de Estudos Literários da Universidade do Estado do Pará. Doutorando do Programa de Pós-graduação em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Mestre em Literatura Brasileira pelo CES/JF. Graduado em Letras – Língua Portuguesa – pela UNAMA.

Referências

CASTELLO, José. Vinícius de Moraes: o poeta da paixão/ uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

LAPA, Manuel Rodrigues. Estilística da língua portuguesa. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

LUFT, Celso Pedro. Minidicionário Luft. São Paulo: Ática: 2008.

MARRACH, Sonia Aparecida Alem. A arte do encontro de Vinicius de Moraes: poemas e canções de uma época de mudanças. São Paulo: Escuta, 2000.

MARTINS, Elisabeth Dias. Modernismo – 80 anos. Fortaleza: Academia Cearense de Letras, 2002.

MARTINS, Nilce Sant’Anna. Introdução à estilística: a expressividade na língua portuguesa. São Paulo: T.A Queiroz: Editora da Universidade de São Paulo, 1989.

MORAES, Vinícius. Poesia completa e prosa: volume único. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1998.

PAZ, Octavio. A dupla chama: amor e erotismo. São Paulo: Sciliano, 1994.

Downloads

Publicado

2018-01-04

Como Citar

Kasahara, Y. F., & Ferreira, R. B. (2018). VINÍCIUS DE MORAES E A TRANSIÇÃO ESTILÍSTICA DA CONCEPÇÃO AMOROSA: DO POETA RELIGIOSO AO POETA DOS PRAZERES. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 10(2), 227–239. https://doi.org/10.30681/real.v10i2.1787