UM ESTUDO HERMENÊUTICO DO SERMÃO DA SEXAGÉSIMA, DE PADRE ANTÔNIO VIEIRA

Autores

  • Emilio Davi Sampaio Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Rubenita do Nascimento Universidaide Estadual de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v10i1.1823

Resumo

RESUMO: Este texto objetiva identificar, analisar e interpretar, de acordo com os estudos da hermenêutica, as diferentes vozes discursivas e os diálogos que se entrelaçam e estão contidos no Sermão da Sexagésima, do padre Antônio Vieira em relação aos textos bíblicos. Para esta proposta analítica, buscamos fundamentação teórica nos conceitos de polifonia e dialogismo de Mikhail Bakhtin e intertextualidade de Júlia Kristeva, como um caminho para a interpretação dos sentidos contextuais do Sermão. Vieira busca através da exegese conectar o texto bíblico ao ouvinte, e fazendo diálogo com outros textos torna seu discurso muito mais persuasivo. Através da análise procuramos destacar a sua importância religiosa e literária. Segundo os argumentos do padre Vieira, o entendimento da palavra de Deus está sendo deturpado por pregadores cultistas. Assim, ele busca fundamentar seus escritos em textos bíblicos, e de maneira implícita, procura conduzir o ouvinte a uma reflexão que lhe cause mudança.

 

Palavras- chave:  Sermão. Hermenêutica. Intertextualidade. Dialogismo. Padre Viera.

Biografia do Autor

Emilio Davi Sampaio, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Coordenação da Graduação e Pós-Graduação em Letras da UEMS

Rubenita do Nascimento, Universidaide Estadual de Mato Grosso do Sul

Graduada em letras

Referências

ABDALA JÚNIOR, B. & PASCOALIN, M. A. História Social da Literatura Portuguesa. 4 ed. São Paulo: Ática, 1994.

ALMEIDA, M. J. A persuasão nas crônicas de Lya Luft escritas na coluna “Ponto de Vista” para a revista Veja. Caderno Seminal Digital Ano 17, nº 16, V. 16 (Jul.- Dez/2011) – ISSN 1806 -9142. Santo André, 2009.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. 16 ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

BÍBLIA SAGRADA. Tradução dos originais, mediante a versão dos Monges de Maredsous (Bélgica) pelo Centro Bíblico Católico. 32ª edição. Edição Clarentiana, 1981.

CEREJA, W. R. Panorama da literatura portuguesa. São Paulo: Atual, 1991.

FIORIN, J. L. Tendências da análise do discurso. Estudos Lingüísticos, v.19. In: GREGOLIN, M. R. V. A análise do discurso: conceitos e aplicações. São Paulo: Alfa, 1995.

HADDAD, J. A. Os sermões. São Paulo: Melhoramentos, 1963.

KOCH, I. Argumentação e Linguagem. 7ª. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

KRISTEVA, J. Introdução à semanálise. Trad. Lúcia Helena França Ferraz. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 2005.

LINS, I. Sermões e Cartas do Padre Antônio Vieira. Ediouro Publicações, s/d.

MELO, S. Argumentação e persuasão: “O Sermão da Sexagésima” do Padre Antônio Vieira. 137. (2005). Dissertação de Mestrado apresentada no Programa de Pós-graduação em Literatura e Crítica Literária da PUC-SP.

MOISES, M. A Literatura Portuguesa. São Paulo: Cultrix, 2008

PÉCORA, A. Política do Céu (Anti-Maquiavel). In: NOVAES, Adauto. (Org.). Ética. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

SARAIVA, A. J.; LOPES, O. História da literatura portuguesa. 8.ed. Porto: Editora Porto, 1975.

SILVEIRA, F. M; MONGELLI, L. M. M.; CUNHA, M. H. R.; direção: MASSAUD, M.. A literatura portuguesa em perspectiva. São Paulo: Atlas, 1993.

VIEIRA, A. Sermão da Sexagésima. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/vieira-antonio-sermao-sexagesima.pdf. Acesso em 29 de nov. 2016.

Downloads

Publicado

08/08/2017

Como Citar

Sampaio, E. D., & do Nascimento, R. (2017). UM ESTUDO HERMENÊUTICO DO SERMÃO DA SEXAGÉSIMA, DE PADRE ANTÔNIO VIEIRA. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 10(1), 104–123. https://doi.org/10.30681/real.v10i1.1823