DESUMANIZAÇÃO E LITERATURA: UMA VISÃO DO HOMEM FRAGMENTADO NO CONTO A METAMORFOSE DE FRANZ KAFKA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v14i1.4862

Resumo

Este trabalho investiga como a desumanização vem sendo representada discursivamente através da obra Metamorfose de Franz Kafka. A investigação foi fundamentada em Bauman (2001), Barthes (1977), Gasset (2001), entre outros. A partir da abordagem discursiva, foi observado como o protagonista Gregor Samsa é visto no contexto das revoluções industriais do século XX, a fim de identificar o modo como o personagem foi construído sob o espelho político-econômico novecentista. Como resultado, foi constatado que as transformações sociais promovidas pelo capitalismo afetaram significativamente o modo como a realidade passou a ser representada em nível de escrita literária.

 

Palavras-chave: Desumanização. Modernidade. Franz Kafka.

Biografia do Autor

Antonio Flávio Ferreira de Oliveira, Universidade Estadual da Paraíba

Doutor em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal da Paraíba.

Cleiton da Silva Duarte Lira, Universidade Estadual da Paraíba

Graduando em Letras pela Univesidade Estadual da Paraíba.

Downloads

Publicado

30/07/2021

Como Citar

de Oliveira, A. F. F., & Lira, C. da S. D. (2021). DESUMANIZAÇÃO E LITERATURA: UMA VISÃO DO HOMEM FRAGMENTADO NO CONTO A METAMORFOSE DE FRANZ KAFKA. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 14(1), 63–78. https://doi.org/10.30681/real.v14i1.4862