REFLETINDO A SEMÂNTICA E O CONCEITO DE ENUNCIAÇÃO

DE BRÉAL À GUIMARÃES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v15.6159

Palavras-chave:

semântica, enunciação, Bréal, Eduardo Guimarães

Resumo

A semântica é a ciência que se debruça a compreender os significados linguísticos a partir de sentenças e outras formas linguísticas, não se interessando, à priori, pelas demais partes como sintaxe ou pronuncia. Partindo dessa premissa, neste trabalho, buscamos ponderar acerca do conceito de enunciação dentro da Semântica desde os primeiros estudos de Bréal, considerado o “pai da Semântica”, até os estudos mais recentes de Eduardo Guimarães. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e abordagem qualitativa, em que o corpus de reflexão consiste nos estudos dos já citados Bréal (1992) e Guimarães (1995, 2005) e, também, nos estudos de Ducrot (1987), Frege (1978) e Austin (1990), a fim de elucidar os principais acontecimentos durante a trajetória dos estudos sobre a Semântica da Enunciação. Tais reflexões demostram o longo percurso que faz parte da história da constituição dessa disciplina e, também, campo do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sanny Kellen Anjos Cavalcante Canuto, Universidade do Estado de Mato Grosso

Mestre e Doutoranda em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade do Estado de Mato Grosso – PPGL - UNEMAT. Especialista em Linguística Aplicada na Educação pela Faculdade Única de Ipatinga. Graduada em Letras – Língua Portuguesa e Literatura pela Universidade do Estado do Amazonas – UEA. Atualmente, interessa-se por questões relacionadas aos posicionamentos e identidades negras e quilombolas, racismo, antirracismo, branquitude e decolonialidade em ambientes digitais. É integrante do Grupo de Pesquisa CNPq: Linguagem, Tecnologia e Contemporaneidade em Linguística Aplicada (LINTECLA). 

Silvânia Maria de Souza Pereira

Professora Mestre en Linguística pela Universidade do Estado de Mato Grosso. Atua como professora efetiva de Língua Portuguesa na Educação Básica da rede estadual de Pontes e Lacerda. 

Referências

AUSTIN, J.L. Quando Dizer é Fazer: palavras e ação. Trad. Apres. Danilo M. de Souza Filho. Porto Alegre, Artes Médicas, 1990.

BENVENISTE, E. Problemas de Linguística Geral I. Trad. Maria da Glória Novak; Maria Luisa Neri; rev. do Isaac Nicolau Salum. 4. ed. Campinas: Pontes, 1995.

_____________, E. Problemas de Linguística Geral II. Trad. Eduardo Guimarães, et al; rev. Eduardo Guimarães. Campinas: Pontes, 1989.

BRÉAL, Michel. Ensaio de Semântica: ciência das significações - trad. Aída Ferrás...et al. São Paulo: Educ, 1992.

COCK, Ingedore Grunfeld Villaça. A inter - ação pela linguagem: São Paulo: Contexto, 2013.

DASCAL, M. (Org.). Semântica. Campinas: Unicamp, 1982.

DIAS, Luiz Francisco. Enunciação e relações linguísticas. Campinas: Pontes, 2018.

DUCROT, O. O Dizer e o Dito. Campinas, Pontes, 1987.

FREGE, Gottlob. Lógica e Filosofia da Linguagem. Trad. Paulo Alcoforado, São Paulo: Cultrix – EDUSP, 1978.

FIORIN, José Luiz. DISCINI, Norma. O uso linguístico: a pragmática e o discurso. São Paulo: Contexto, 2013.

GRICE, H. O. Lógica e conversação. In Dascal. Fundamentos metodológicos da linguística. Campinas: Editora particular, 1982.

GUIMARÃES, E. 1995. Os Limites do Sentido. Campinas, Pontes.

_____________, Eduardo. Semântica do acontecimento: um estudo enunciativo da designação. 2. ed. Campinas: Pontes, 2005.

_____________, Eduardo. Análise de Texto: procedimentos, análises, ensino. Campinas: Editora RG, 2011.

_____________, Eduardo. Semântica: Enunciação e Sentido. Campinas, SP: Pontes, 2018.

ILARI, Rodolfo e João Wanderley GERALDI. Semântica. São Paulo:

Ática, 1985.

KATZ, Jerrold. J. DASCAL, M. (Org.). Fundamentos Metodológicos da Linguística, vol. III: Semântica. Campinas: Unicamp, 1982.

MUSSALIM, Anna Christina Bentes (orgs.) Introdução à Linguística: domínios e fronteiras. São Paulo: Cortez, 2004.

SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de linguística geral /organizado por Charles Bally, Albert Sechehaye; com a colaboração de Albert Riedlinger; trad. Anônio Chelini, José Paulo Paes, Izidoro Blinkstein. – 43ª ed. – São Paulo: Cultrix, 2012.

SILVA, Marcel Caldeira da, Semântica – Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2018.

Downloads

Publicado

2023-01-16

Como Citar

Anjos Cavalcante Canuto, S. K., de Souza Pereira, S. M., & dos Santos Farias, M. H. (2023). REFLETINDO A SEMÂNTICA E O CONCEITO DE ENUNCIAÇÃO: DE BRÉAL À GUIMARÃES . Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 15(01), 87–97. https://doi.org/10.30681/real.v15.6159