UM PROJETO DE TESE: IMAGÉTICA CINEMÁTICA EM CHICO BUARQUE DE HOLLANDA

Autores

  • Bento Matias Gonzaga Filho

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v8i2.923

Resumo

A sociedade contemporânea está repleta da cultura da imagem, fenômeno, que no meu modo de entender, se deve principalmente a narrativa fílmica.  Walter Benjamin afirma que “o modo pelo qual se organiza a percepção humana, o meio em que ele se dá, não é apenas condicionado naturalmente, mas também historicamente” (BENJAMIN, 1994, p.169).  Essa condição natural e histórica, que nos propiciou a leitura de mundo e da própria arte pela imagem, abre-nos um leque de grandes possibilidades interpretativas e críticas, uma delas está na leitura de poemas e suas relações com a cultura da narrativa fílmica.  A proposta deste artigo é publicar projeto de tese sobre imagética cinemática, que acredito estar presente nas letras das canções do compositor brasileiro Chico Buarque de Hollanda. Utilizo a expressão imagética cinemática com o intuito de explicitar que as propostas de análises a serem feitas estarão voltadas para a percepção de cenas de cinema na poesia do artista. Para Ismail Xavier “a experiência do cinema, em suas diferentes matizes e peculiaridades, constitui talvez a matriz fundamental de processos que ocupam hoje o pesquisador dos “meios” ou o intelectual que interroga a modernidade e pensa as questões estéticas do nosso tempo” (XAVIER,1983, p.15).  Como se manifesta a leitura das coisas do mundo com olhos cinematográficos? Como a imagética cinemática pode habitar a poesia? São questionamentos que fundamentam o entendimento e a resposta do problema principal da tese.


Referências

BACHELAR, Gaston. A poética do espaço. Trad. Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. Trad. Daniela Kern & Guilherme J. F. Teixeira. Porto Alegre: Zouk, 2007.

CANDIDO, Antonio. Na sala de aula: caderno de análise literária. São Paulo: Ática, 2009.

DELEUZE, Gilles. Cinema 1: a imagem-movimento. São Paulo: Brasiliense, 1983.

EISENSTEIN, Sergei. O sentido do filme. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

FISCHER, Ernst. A necessidade da arte. 9.ed., Trad. Leandro Konder, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

GAUT, Berys. A Philosophy Of Cinematic Art. New York: Cambridge University Press, 2012.

MUNSTERBERG, Hugo. The Photoplay: A Psychological Study. Project Gutenberg EBook, 2005.

PAZ, Octavio. O arco a lira. Trad. Ari Roitman & Paulina Wacht. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

XAVIER, Ismail (Org.) A experiência do cinema: antologia. Rio de Janeiro: Graal, 1983. P. 25-54.

Downloads

Publicado

14/01/2016

Como Citar

Gonzaga Filho, B. M. (2016). UM PROJETO DE TESE: IMAGÉTICA CINEMÁTICA EM CHICO BUARQUE DE HOLLANDA. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 8(2). https://doi.org/10.30681/real.v8i2.923