EXTRAFISCALIDADE – DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A TRIBUTAÇÃO DOS PATINETES ELÉTRICOS NAS OPERAÇÕES RELATIVAS AO COMÉRCIO EXTERIOR

Autores

  • Leandro Eidi Hara Universidade de Marília (UNIMAR)

DOI:

https://doi.org/10.30681/relva.v7i1.4285

Resumo

O presente trabalho tem por escopo analisar a carga tributária incidente sobre as operações relativas ao comércio exterior envolvendo os patinetes elétricos, os quais recorrentemente vêm sendo utilizados como meio de transporte nos grandes centros do Brasil, especialmente pela sua praticidade, economia e sustentabilidade. Essa nova tecnologia disponível para aquisição no mercado brasileiro, em grande parte, é proveniente do exterior e, embora a busca por esta novidade tenha aumentado gradativamente em nosso país, fato é que a elevada tributação sobre a importação obstaculiza um maior crescimento deste seguimento tão importante não só para o Brasil, mas para o mundo, considerando a situação em que se encontra o meio ambiente. Espera-se que esta pesquisa chame a atenção do Poder Público para uma reanálise da incidência tributária sobre operações que envolvam o benefício da coletividade global, como é o caso da importação dos patinetes elétricos. Para a elaboração desse trabalho, foram utilizados métodos tais como pesquisas legislativas a partir do texto constitucional e de leis infraconstitucionais, bem como doutrinas, jurisprudência e busca de informações nos meios de comunicação.

 

Palavras-chave: meio ambiente; desenvolvimento sustentável; patinetes elétricos; tributos; extrafiscalidade.

Biografia do Autor

Leandro Eidi Hara, Universidade de Marília (UNIMAR)

Mestrando em Direito na UNIMAR – Universidade de Marília-SP. Especialista em Direito Tributário pelo IBET – Instituto Brasileiro de Estudos Tributários. Advogado.

Referências

AMARAL, Paulo Henrique do. Direito tributário ambiental. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2007.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO PARANÁ. Projeto de Lei nº 468/2019. Altera e acrescenta dispositivos à Lei nº 14.260, de 22 de dezembro de 2003, que estabelece normas sobre o tratamento tributário pertinente ao imposto sobre a propriedade de veículos automotores. [2019]. Disponível em: http://portal.assembleia.pr.leg.br/modules/mod_ legislativo_arquivo/mod_legislativo_arquivo.php?leiCod=84599&tipo=I. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2019]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/ constituicao /constituicao.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Decreto nº 6.759, de 5 de fevereiro de 2009. Regulamenta a administração das atividades aduaneiras, e a fiscalização, o controle e a tributação das operações de comércio exterior. Brasília, DF: Presidente da República, [2018]. Disponível em: http://www.planalto. gov.br/ccivil_ 03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6759.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Decreto nº 7.212, de 15 de junho de 2010. Regulamenta a cobrança, fiscalização, arrecadação e administração do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI. Brasília, DF: Presidente da República, [2013]. Disponível em: http://www.planalto.gov. br/ ccivil_ 03/_ ato 2007-2010/2010/decreto/d7212.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Lei Complementar nº 87, de 13 de setembro de 1996. Lei Kandir. Brasília, DF: Congresso Nacional, [2010]. Disponível em: http://www.planalto.gov. br/ccivil_03/ leis/ lcp/ lcp87.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Lei nº 5.172, de 25 de outubro 1966. Institui o Código Tributário Nacional. Brasília, DF: Congresso Nacional, [2016]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ ccivil _03/leis/l5172.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Lei nº 10.865, de 30 de abril de 2004. Dispõe sobre a Contribuição para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social incidentes sobre a importação de bens e serviços e dá outras providências. Brasília, DF: Congresso Nacional, [2018]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.865.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Lei nº 13.755 de 10 de dezembro de 2018. Estabelece requisitos obrigatórios para a comercialização de veículos no Brasil; institui o Programa Rota 2030 - Mobilidade e Logística; dispõe sobre o regime tributário de autopeças não produzidas; e altera as Leis n º 9.440, de 14 de março de 1997, 12.546, de 14 de dezembro de 2011, 10.865, de 30 de abril de 2004, 9.826, de 23 de agosto de 1999, 10.637, de 30 de dezembro de 2002, 8.383, de 30 de dezembro de 1991, e 8.989, de 24 de fevereiro de 1995, e o Decreto-Lei nº 288, de 28 de fevereiro de 1967. Brasília, DF: Congresso Nacional, [2018]. Disponível em: http://www. planalto. gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2018/Lei/L13755.htm. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Efeito Estufa e Aquecimento Global. Brasília, DF: Ministério do Meio Ambiente, 02 maio 2012. Disponível em http://www.mma.gov. br/ informma/item/195-efeito-estufa-e-aquecimento-global. Acesso em: 19 jul. 2019.

BRASIL. Receita Federal. Solução de Consulta Cosit nº 98114, de 30 de abril de 2018. Código NCM: 8711.60.00 Mercadoria: Aparelho de duas rodas independentes situadas lado a lado, de propulsão elétrica, pesando 12 kg, medindo 58,4 cm x 18,6 cm x 17,8 cm, concebido para o transporte de uma pessoa em vias de circulação de baixa velocidade, com capacidade mínima de 20 kg e máxima de 100 kg, com tecnologia que permite ao condutor manter-se de pé enquanto um sistema composto de sensores giroscópicos e de um conjunto de microprocessadores embutidos mantém o equilíbrio, tanto do veículo como do condutor. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 14, 08 maio 2018.

BRASIL. Secretário da Receita Federal. Instrução Normativa nº 327, de 09 de maio de 2003. Estabelece normas e procedimentos para a declaração e o controle do valor aduaneiro de mercadoria importada. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 12, 14 maio 2003. Disponível em: http://normas.receita.fazenda.gov.br/sijut2consulta/link .action?idAto= 15217 &visao=original. Acesso em: 19 jul. 2019.

BYD. Chassis de ônibus 100% elétricos. Transporte público sem poluição. [2015?]. Disponível em: http://www.byd.ind.br/onibus/. Acesso em: 19 jul. 2019.

CÂMARA DOS DEPUTADOS. Projeto de Lei nº 349, de 05 de fevereiro de 2019. Altera a alíquota do IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados dos ciclomotores na posição 8711.60.00 da Nomenclatura Comum do Mercosul - NCM. Brasília, DF, 2019. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_ mostrarintegra;jsessionid= 8637 088 74EFE03A367801FB02E7A3696.proposicoesWebExterno1?codteor=1707268&filename=PL+349/2019. Acesso em: 19 jul. 2019.

CARVALHO, Paulo de Barros. Direito tributário: linguagem e método. 6º ed. São Paulo: Noeses, 2015.

CHIBA, Mie Francine. Veículos elétricos: vantagens para o bolso e para o trânsito. Folha de Londrina, Londrina, 23 mar. 2019. Mobilidade Urbana. Disponível em: https://www.folhadelondrina.com.br/economia/veiculos-eletricos-vantagens-para-o-bolso-e-para-o-transito-2936571e.html. Acesso em: 22 jun. 2019.

DERANI, Cristiane. Direito ambiental econômico, 2ª ed. São Paulo: Max Limonad, 2001.

ELALI, André. Tributação e regulação econômica. São Paulo: MP, 2007.

FERREIRA, Jussara Suzi Assis Borges Nasser; RIBEIRO, Maria de Fátima de. O papel do Estado no Desenvolvimento Econômico Sustentável: Reflexões sobre a Tributação Ambiental como Instrumento de Políticas Públicas. In: TORRES, Heleno Taveira (org.). Direito tributário ambiental. São Paulo: Malheiros, 2005.

MAIDANA, Ana Paula Duarte Ferreira; RIBEIRO, Maria de Fátima. A constitucionalidade da tributação extrafiscal sócio-ambiental: reflexos na intervenção da ordem econômica e social. Trabalho publicado nos Anais do XVIII Congresso Nacional do CONPEDI, São Paulo, 2009.

MASSIGNAN, Fernando Bortolon; SILVEIRA, Paulo Caliendo da. Desenvolvimento sustentável e extrafiscalidade: o dever de intervenção estatal na economia para concretização de valores sustentáveis. Revista Direito Ambiental e sociedade, Caxias do Sul, v. 7, n. 1, 2017.

OPAS, Organização Pan-Americana da Saúde. Dez ameaças à saúde que a OMS combaterá em 2019. Brasília, DF: Organização Pan-Americana da Saúde, 15 jan. 2019. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5848:dez-ameacas-a-saude-que-a-oms-combatera-em-2019&Itemid=875. Acesso em: 19 jul. 2019.

ONU, Organização das Nações Unidas. América Latina ahorraría US$ 64.000 millones en combustibles si 22 ciudades migran al transporte público eléctrico en la próxima década. [s. l.]: ONU, 16 nov. 2017. Disponível em: https://www.unenvironment.org/es/news-and-stories/reportajes/america-latina-ahorraria-us-64000-millones-en-combustibles-si-22. Acesso em: 19 jul. 2019.

ONU, Organização das Nações Unidas. A ONU e a mudança climática. [s. l.]: ONU, [2019?]. Disponível em: https://nacoesunidas.org/acao/mudanca-climatica/. Acesso em: 19 jul. 2019.

ONU, Organização das Nações Unidas. Cinco razões pelas quais você deve se preocupar com a poluição do ar. [s. l.]: ONU, 5 jun. 2019. Disponível em: https://nacoesunidas.org/cinco-razoes-pelas-quais-voce-deve-se-preocupar-com-a-poluicao-do-ar/. Acesso em: 19 jul. 2019.

ONU, Organização das Nações Unidas. É necessário combater poluição do ar para salvar vidas e o planeta, diz chefe da ONU. [s. l.]: ONU, 5 jun. 2019. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/e-necessario-combater-poluicao-do-ar-para-salvar-vidas-e-o-planeta-diz-chefe-da-onu/>. Acesso em: 19 jul. 2019.

ONU, Organização das Nações Unidas. Ônibus elétricos colocam Chile no caminho de um futuro mais sustentável. [s. l.]: ONU, 28 maio 2019. Disponível em: https://nacoesunidas.org/onibus-eletricos-colocam-chile-no-caminho-de-um-futuro-mais-sustentavel/. Acesso em: 19 jul. 2019.

ONU, Organização das Nações Unidas. Transporte sustentável é destaque na conferência do clima da ONU. [s. l.]: ONU, 7 dez 2018. Disponível em: https://nacoesunidas.org/transporte-sustentavel-e-destaque-na-conferencia-do-clima-da-onu/. Acesso em: 19 jul. 2019.

SPAGOLLA, Vânya Senegalia Morete. Tributação ambiental e sustentabilidade. In: FERREIRA, Jussara Suzi Assis Borges Nasser; RIBEIRO, Maria de Fátima (org.). Empreendimentos Econômicos e Desenvolvimento Sustentável. São Paulo: Arte & Ciência, 2008.

SUDENE, Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste. Redução de 75% do IRPJ para novos empreendimentos. Recife: SUDENE, 27 jan. 2017. Disponível em: http://www.sudene.gov.br/incentivos-fiscais/reducao-de-75-do-irpj-para-novos-empreendimentos. Acesso em: 25 jun. 2019.

SUFRAMA, Superintendência da Zona Franca de Manaus – SUFRAMA. MODELO ZONA FRANCA – Incentivos. Manaus: SUFRAMA, c2014. Disponível em: http://www.suframa. gov.br/zfm_incentivos.cfm. Acesso em: 25 jun. 2019.

TORRES, Ricardo Lobo. Tratado de Direito Constitucional Financeiro e Tributário. v. III: Os Direitos Humanos e a Tributação: imunidades e isonomia. Rio de Janeiro: Renovar, 1999.

VITA, Jonathan Barros. Isonomia, capacidade contributiva e direitos humanos: nova chave de leitura para a tributação. Trabalho publicado nos Anais do XX Congresso Nacional do CONPEDI, Vitória, 2011.

WWF, World Wide Fund for Nature. Novo relatório do IPCC sobre aquecimento de 1,5°C pede mais esforços para ação climática. [s. l.]: WWF, 8 out. 2018. Disponível em: https://www.wwf.org.br/?67822/Relatrio-do-IPCC-2018-sobre-aquecimento-global-de-15C-incita-mais-esforos-para-ao-climtica-global. Acesso em: 19 jul. 2019.

XIAOMI. Mi Electric Scooter. Especificações. [ca. 2019]. Disponível em: https://www.mi. com/br/mi -electric-scooter/specs/. Acesso em: 19 jul. 2019.

Downloads

Publicado

2020-02-06

Como Citar

Eidi Hara, L. (2020). EXTRAFISCALIDADE – DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A TRIBUTAÇÃO DOS PATINETES ELÉTRICOS NAS OPERAÇÕES RELATIVAS AO COMÉRCIO EXTERIOR. Revista De Educação Do Vale Do Arinos - RELVA, 7(1), 75–98. https://doi.org/10.30681/relva.v7i1.4285

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO