FILOSOFIA HELLINGERIANA APLICADA: EDUCAÇÃO SISTÊMICA

Autores

  • Eulice Jaqueline da Costa Silva CHERULLI Juíza de Direito do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (titular da 3ª Vara de Famílias e Sucessões de Várzea Grande).

Resumo

Este artigo se propõe a pensar uma educação sistêmica ancorada na filosofia hellingeriana como um modo de intervenção dinâmico que permite ao educador encontrar formas diferenciadas e humanizadas para solucionar os problemas existentes na relação escola-aluno-família. Referida abordagem, por meio de uma revisão de literatura, permite compreender que, muitas vezes, por falta de conhecimento quanto às leis inconscientes que regem o grupo familiar, as relações no contexto educacional são prejudicadas e levam a um desenvolvimento inadequado da proposta de ensino e aprendizado. A partir das reflexões apresentadas, espera-se contribuir para que a Visão Sistêmica hellingeriana se mostre como um meio adequado de melhorar o processo de ensino e aprendizagem, e, por conseguinte, a relação escola-aluno-família. Conclui-se que a prática sistêmica tem sido inserida nos mais variados contextos, exatamente por alcançar o sujeito e rever sua postura e forma de agir no e para com o mundo à sua volta.

 

Palavras-Chave: Filosofia educacional. Filosofia hellengeriana. Educação sistêmica.

 

Biografia do Autor

Eulice Jaqueline da Costa Silva CHERULLI, Juíza de Direito do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (titular da 3ª Vara de Famílias e Sucessões de Várzea Grande).

Juíza de Direito do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (titular da 3ª Vara de Famílias e Sucessões de
Várzea Grande). Pós-graduada em Constelações Familiares Hellinger aplicada ao Direito Sistêmico pela
Hellinger Schule-Innovare; MBA em Poder Judiciário pela Fundação Getúlio Vargas, mestranda vinculada à
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Porto Alegre–RS e pesquisadora convidada da Universidade Federal de
Mato Grosso – Campus Araguaia - Nupedia. E-mail: jaquelinecherulli@hotmail.com.

Referências

ALMEIDA, R. Mediações sistêmicas nas escolas. Paço dos Arcos, Portugal: Edições Mahatma, 2019.

FRANKE-GRICKSCH, M. Você é um de nós: percepções e Soluções sistêmicas para professores, pais e alunos. Belo Horizonte, MG: Editora Atman, 2005.

HELLINGER, B. A Simetria Oculta do Amor: Por que o amor faz os relacionamentos darem certo. São Paulo: Editora Cultrix, 2002.

HELLINGER, B. Ordens do amor: um guia para o trabalho com constelações familiares. São Paulo, SP: Editora Cultrix; 2003.

HELLINGER, B. A Fonte não precisa perguntar pelo caminho. Tradução de Eloisa Giancoli Tironi, Tsuyuko Jinno–Spelter. Patos de Minas-MG: Editora Atman, 2005.

HELLINGER, B. Histórias de amor. Belo Horizonte, MG: Editora Atman, 2007a.

HELLINGER B. Todas as crianças são boas e seus pais também. Revista HellingerSciencia, Março de 2007b. Disponível em: https://www.insconsfa.com/br_articulos_todas_as_criancas.php. Acesso em: 16 jan. 2021.

HELLINGER, B. O amor do espírito na Hellinger Sciencia. Belo Horizonte, MG: Editora Atman, 2009a.

HELLINGER B. Olhando para a alma das crianças. Belo Horizonte, MG: Editora Atman, 2009b.

HELLINGER, B.; HÖVEL, G. T. Constelações familiares: o reconhecimento das ordens do amor. São Paulo, SP: Editora Cultrix, 2004.

MARTINS, J.; BICUDO, M. A. V. Estudos sobre existencialismo, fenomenologia e educação. São Paulo, SP: Moraes Editora, 1983.

MEIRA, I. O que é a Pedagogia Sistêmica/Educação Sistêmica? 2020. Disponível em: https://www.irineiameira.com/post/2018/01/19/o-que-%C3%A9-a-pedagogia-sist%C3%AAmica-educa%C3%A7%C3%A3o-sist%C3%AAmica. Acesso em 29 jan. 2021.

MELLO, F. Constelações Pedagógicas: Segundo a Abordagem Sistêmica de Bert Hellinger. 1. Ed. São Paulo, SP: Editora Leader, 2018.

MINUCHIN, S.; LEE, W. Y.; SIMON, G. M. Dominando a terapia familiar. 2. ed. Porto Alegre, RS: Artmed Editora, 2008.

OLIVEIRA JÚNIOR, D. F. Justiça Sistêmica. [e-book]. Disponível em: https://www.justicasistemica.com.br/cap-ebook-novo-olhar-para-a-resolucao-de-conflitos/. Acesso em: 15 jul. 2020.

OLVERA, A. Pedagogia Sistêmica aponta o afeto como uma das causas do TDAH infantil. Disponível em: https://memoria.ebc.com.br/infantil/para-pais/2016/04/amor-aos-pais-pode-ser-causa-de-tdah-segundo-pedagogia-sistemica. Acesso em: 20 mai. 2021.

POLITY, E. Aprendizagem e família: construindo novas narrativas. São Paulo, SP: Vetor Editora, 2001.

POLITY, E. Psicopedagogia: um enfoque sistêmico. Terapia familiar nas dificuldades de aprendizagem. São Paulo, SP: Empório do Livro, 1998.

SCHNEIDER, J.; GROSS, B. Ah! Que bom que eu sei! A visão sistêmica nos contos de fadas. Belo Horizonte, MG: Editora Atman, 2006.

VIEIRA, J-L. T. Introdução à Pedagogia Sistêmica: Uma Nova Postura Para Pais e Educadores. Campo Grande, MS: Life Editora, 2018.

Downloads

Publicado

24/08/2021

Como Citar

CHERULLI, E. J. da C. S. (2021). FILOSOFIA HELLINGERIANA APLICADA: EDUCAÇÃO SISTÊMICA. Revista De Educação Do Vale Do Arinos - RELVA, 8(1), 71–82. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/relva/article/view/5722