ANÁLISE DO DESEMPENHO ORÇAMENTÁRIO E FINANCEIRO: UM ESTUDO NOS ORÇAMENTOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ - UENP

Autores

  • Caroline Cristina Fioravante Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
  • Daniel Garcia Junior Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
  • Juliano Francisco Baldissera Universidade Estadual do Oeste do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.30681/ruc.v10i20.3702

Resumo

O presente artigo teve como objetivo estudar o desempenho orçamentário e financeiro da UENP, a fim de verificar se está sendo seguindo o que foi imposto pela Lei 4.320/64 e pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Para tanto, foram analisados os relatórios disponibilizados pela Instituição de ensino superior UENP nos períodos de 2011 a 2017. Os resultados das análises demonstraram que tanto as receitas como as despesas cresceram em todos os períodos analisados, mostrando que neste período de tempo a Universidade obteve um crescimento e seus valores sempre se equivaleram, verificou-se ainda, que em todos os períodos a maior parte da receita arrecadada vem do governo estadual, e a maior parte da despesa custeia o grupo de pessoal e encargos, que é a principal atividade da Universidade.  Conclui-se nesta pesquisa que a universidade cumpre o que é proposto pelas leis, disponibilizando os relatórios de forma transparente e seguindo as leis do orçamento público.

Biografia do Autor

Caroline Cristina Fioravante, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Daniel Garcia Junior, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Juliano Francisco Baldissera, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Mestre em Contabilidade pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2018), Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2015). Bolsista da CAPES no Programa de Pós-Graduação em Contabilidade da Unioeste.

Referências

ANDRADE, N. A. Contabilidade Pública na Gestão Municipal. São Paulo: Atlas, 2002. 320 p.

ARAÚJO. I. D. P. Contabilidade Pública: da teoria à prática. 2. São Paulo: Saraiva, 2004. 2 p.

AZAMBUJA, D. TEORIA GERAL DO ESTADO. 35. São Paulo: Globo, 1996. p 6.

BRASIL. Lei n. 4.320, de 17 de março de 1964. Estatui normas gerais de direito financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L4320.htm> Acesso em 28/04/2018.

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de Despesa Nacional. Brasília: STN/Coordenação-Geral de Contabilidade, 2008. 120p.

BRASIL.Decreto-Lei nº 1.939, de 20 de maio de 1982. Dispõe sobre Receitas Correntes e Receitas de Capital. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del1939.htm> Acesso em 28 de maio de 2018.

CARVALHO, DEUSVALDO. Orçamento e Contabilidade Pública. Elsevier 2010

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Resolução CFC nº.1.128, de 21 de novembro de 2008 Disponívelem:<http://internet.sefaz.es.gov.br/contas/contabilidade/orientacaoContabil/arquivos/normasbrasileirasdecontabilidadeaplicadasaosetorpublicoealteracoes.pdf> Acesso em: 19/04/2018

CRUZ, FLAVIO. Lei de responsabilidade fiscal comentada: Lei complementar n° 101, de 4 de maio de 2000. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

DE MAGALHÃES, E. A., OLIVEIRA, T. B. A., WAKIM, V. R., &Faroni, W. (2006). Análise da evolução da despesa orçamentária em uma instituição de ensino superior: o caso da Universidade Federal de Viçosa (UFV). In Anais do Congresso Brasileiro de Custos-ABC.

DE SOUZA SANTOS, Clézia; COSTA, Ana Paula Santos. Avaliação das despesas públicas: a execução orçamentária da Universidade Federal de Sergipe no período de 2007 a 2010. In: Anais do Congresso Brasileiro de Custos-ABC. 2011.

GERIGK, Wilson, CLEMENTE, Ademir, TAFFAREL, Marinês. O impacto da lei de responsabilidade fiscal sobre a gestão financeira dos pequenos municípios: o caso do Paraná. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 4, n. 3, p. 45-69 2010.

HADDAD, R. C.;Mota, F. G. L. Contabilidade Pública: Departamento de Ciências da Administração/UFSC, Florianópolis. 2010.

HELDER, R. R. Como fazer análise documental. Porto, Universidade de Algarve, 2006

KOHAMA, H. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. São Paulo: Atlas, 2013. 9 p.

MAIA, Wagner. História do Orçamento Público no Brasil. São Paulo. Outubro, 2010.

MACHADO JR. J. T.; REIS, H. C. A lei 4.320 comentada e a lei de responsabilidade fiscal. 34ª. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris / IBAM, 2012.

MEDEIROS, DUARTE, LIMA. Perfil da execução orçamentária das instituições federais de ensino superior da região do norte do Brasil no período de 2011-2013. In: XXXVIII Encontro ANPAD, Rio de Janeiro/RJ - 13 a 17 de Setembro de 2014.

MORGADO, Laerte Ferreira. O orçamento público e a automação do processo orçamentário. Texto para Discussão nº 85. Brasília: Senado Federal, fevereiro 2011. 24p. Acesso em: 15/04/2018.

PISCITELLI, R. B. et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 368 p.

PARANÁ. Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP. Demonstrativos Financeiros. Disponível em:<https://uenp.edu.br/link-acesso-receitas-e-despesas>. Acesso em 28 de maio de 2018.

PARANÁ.Universidade Estadual do Norte do Paraná. Resolução nº 001/2008 Regimento Art nº 54 nº55 e nº56 UENP. Disponivel em <https://uenp.edu.br/estatutos-e-regimentos-uenp> Acesso em 25 de abril de 2018.

TRIVIÑOS, A. N. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VASCONCELLOS, A. Orçamento público. 2. ed. Rio de Janeiro: Ferreira, 2009.

XEREZ, S. R. D. (2013). A evolução do orçamento público e seus instrumentos de planejamento. Revista Científica Semana Acadêmica. Fortaleza-CE, 1(43).

ZUCCOLOTTO, Robson; PEREIRA DE PAIVA RIBEIRO, Clarice; ABRANTES, Luiz Antônio. "O comportamento das finanças públicas municipais nas capitais dos estados brasileiros." Enfoque: Reflexão Contábil, v. 28, n. 1, p. 54-69, 2009.

_______. Lei Complementar n. 101, de 04 de maio de 2000. Estabelece normas públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_0 3 /Leis /LCP/Lcp101.htm>. Acesso em 15 mai. 2018.

Downloads

Publicado

31/12/2021

Como Citar

Fioravante, C. C., Garcia Junior, D., & Baldissera, J. F. (2021). ANÁLISE DO DESEMPENHO ORÇAMENTÁRIO E FINANCEIRO: UM ESTUDO NOS ORÇAMENTOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ - UENP. Revista UNEMAT De Contabilidade, 10(20), 15–39. https://doi.org/10.30681/ruc.v10i20.3702

Edição

Seção

Artigos