A RELAÇÃO ENTRE O GERENCIAMENTO DE RESULTADOS E OS NÍVEIS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA: UM ESTUDO EM EMPRESAS DO SEGMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA DA BM&FBOVESPA

Autores

  • Leidiane Noga Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro
  • Flávio Ribeiro Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro
  • Willson Gerigk Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

DOI:

https://doi.org/10.30681/ruc.v10i19.4434

Resumo

O objetivo geral desta pesquisa é analisar a relação entre a prática de gerenciamento de resultados e o nível de governança corporativa de empresas do segmento de energia elétrica. A amostra é composta por empresas brasileiras de capital aberto do segmento de energia elétrica e que estavam listadas nos níveis de governança corporativa da BM&FBOVESPA no período de 2012 a 2015. O procedimento utilizado para a análise e a interpretação dos dados fundamenta-se no modelo proposto por Eckel (1981) combinado com a técnica de regressão com dados em painéis. Os resultados evidenciam que o nível de governança tem uma relação inversa com o índice de Eckel. Isto significa que quanto mais elevado é o nível de governança corporativa em que a empresa está listada, menores são os escores do índice de Eckel e maior é o grau de suavização dos resultados. Implica que quanto mais elevado o nível de governança a que as empresas pertencem, maior é o esforço deliberado para divulgar informações de modo a transmitir uma redução artificial da variabilidade do fluxo de resultados.

Biografia do Autor

Leidiane Noga, Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Flávio Ribeiro, Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro

Doutor em Contabilidade pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Contabilidade pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professor Adjunto do Departamento de Ciências Contábeis (UNICENTRO), campus de Irati. 

Willson Gerigk, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Doutor em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Contabilidade pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professor Adjunto do Departamento de Ciências Contábeis (UNICENTRO), campus de Irati

 

Referências

ABBADI, S.; HIJAZI, Q.; AL-RAHAHLEH, A. Corporate Governance Quality and Earnings Management: Evidence from Jordan. Australasian Accounting, Business and Finance Journal, v. 10, n. 2, p. 54–75, 2016. Disponível em: <http://ro.uow.edu.au/aabfj/vol10/iss2/4/>. .

ANTÔNIO, S.C.F. O alisamento de resultados e a divulgação voluntária da informação: Estudo de caso para o Grupo Portucel – Soporcel. Dissertação (Mestrado). IPL – Escola superior de tecnologia e gestão, Instituto Politécnico de Leiria, Leiria. 2012.

BAIOCO, V. G; ALMEIDA, J, E, F; RODRIGUES, A. Incentivos da regulação de mercados sobre o nível de suavização de resultados. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 24, n. 2, p. 110-136. 2013.

BALTAGI, B. H. Econometric Analysis of Panel Data. 2005.

BAPTISTA, M. B. Teoria em Gerenciamento de Resultados. Revista de Contabilidade da UFBA,v. 3, n. 2, p. 05-20. 2009.

BARROS, C. M. E.; SOARES, R. O.; LIMA, G. A. S. DE. A Relação Entre Governança Corporativa e Gerenciamento de Resultados Em Empresas Brasileiras. RCO – Revista de Contabilidade e Organizações, v. 19, n. 1976, p. 27–39, 2013. Disponível em: <http://revistas.usp.br/rco/article/view/55509>. .

BERLE, A. A; MEANS, G. C. The Modern Corporation and Private Property. Macmillan Publishing Company, v. 21, n. 1, p. 380, 1932. Disponível em: <http://books.google.com/books?id=mLdLHhqxUb4C&pgis=1>. .

BARNEY, J. B.; HESTERLY, W. Economia das organizações: entendendo a relação entre as organizações e a análise econômica. In: CLEGG, S. R.; HANDY, C.; NORD, W. R. (org.). Handbook de estudos organizacionais: ação e análise organizacionais, São Paulo: Atlas. 2004.

BEKIRIS, F. V.; DOUKAKIS, L. C. Corporative Governance and accruals earning management. Managerial and Decision Economics, v. 32, p. 439-356. 2011.

BM&FBOVESPA. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros. Bolsa de Mercadorias e Futuros Bolsa de Valores de São Paulo, São Paulo. 2015.

BM&FBOVESPA. Informe Técnico - MAIO/2014 - Ações mais Lucrativas - No Mês. Bolsa de Mercadorias e Futuros Bolsa de Valores de São Paulo, São Paulo. 2014.

BOWEN, R. M.; RAJGOPAL, S.; VENKATACHALAM, M. (2008). Accounting Discretion, Corporate Covernance, and Firm Performance. Contemporary Accounting Research, v. 25, n. 2, p. 351-405. 2008.

CAMPELO, K. S. Características qualitativas da informação contábil: uma análise do grau do entendimento dos gestores financeiros de empresas do setor elétrico brasileiro. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade federal de Pernambuco, de Recife.

CASTRO, M. A. R. Análise do alisamento de resultados contábeis nas empresas abertas brasileiras. 2008. Dissertação (Mestrado) Programa Pós-graduação em Contabilidade da Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Federal da Bahia, Universidade Federal da Bahia, Salvador.

CASTRO, M. A. R.; MARTINEZ, A. L. Income smoothing, custo de capital de terceiros e estrutura de Capital no Brasil. RAM. Revista de Administração Mackenzie (Online), v. 10, n. 6, p. 25–46, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712009000600004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. .

CHAN, B.; FÁVERO, L. P. L.; DA SILVA, F. L.; BELFIORE, P. Análise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. Elsevier, 2009.

CHEN, J. J.; ZHANG, H. The Impact of the Corporate Governance Code on Earnings Management - Evidence from Chinese Listed Companies. European Financial Management, v. 20, n. 3, p. 596–632, 2012.

CHI, C. W.; HUNG, K.; CHENG, H. W.; TIEN LIEU, P. Family firms and earnings management in Taiwan: Influence of corporate governance. International Review of Economics & Finance, v. 36, p. 88–98, 2015. Disponível em: <http://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S105905601400183X>. .

COPELAND, T.; WESTON, F.; SHASTRI, K. Financial theory and corporative policy. 4 ed. Boston: Pearson Addison Wesley. 2005.

CORNETT, M. M.; MARCUS, A. J.; TEHRANIAN, H. Corporate governance and pay-for-performance: The impact of earnings management. Journal of Financial Economics, v. 87, n. 2, p. 357–373, 2008.

DUARTE, S. de O. Informação S/A: O valor da comunicação para as companhias abertas e para investidores. São Paulo, Saraiva: Letras & Lucros. 2008.

DEFOND M. L., & JIAMBALVO J. Debt covernant violation and manipulation of accruals. Journal of Accounting and Economics, v. 17, n. 1, p. 145-176. 1994.

ECKEL, N. The Income Smoothing hypothesis revisited. Abacus, v. 17, n. 1, p. 28-40. 1981.

ELGHUWEEL, M. I.; NTIM, C. G.; OPONG, K. K.; AVISON, L. Corporate governance, Islamic governance and earnings management in Oman. Journal of Accounting in Emerging Economies, v. 7, n. 2, p. 190–224, 2017. Disponível em: <http://www.emeraldinsight.com/doi/10.1108/JAEE-09-2015-0064>. .

ERFURTH, A. E.; BEZERRA, F. A. Gerenciamento de resultados nos diferentes níveis de governança corporativa. BASE - Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, v. 10, n. 1, 2012. Disponível em: <http://revistas.unisinos.br/index.php/base/article/view/base.2013.101.03>. .

FARIA, A. F. et al. O banco de preços do ministério da saúde: uma alternativa nem sempre viável. In: XIII Congresso Brasileiro de Custos. Belo Horizonte, MG. Anais.... Belo Horizonte, MG. 2006.

FARIA, J. A.; OLIVEIRA, M.C.P; LOPES, L. M. S. Contabilidade com Criatividade ou Contabilidade sem Confiabilidade? O Papel do Contador de Micro e Pequenas Empresas no Gerenciamento de Resultados. In: XX Congresso Brasileiro de Custos. Anais... Uberlândia, MG. 2013.

FRANÇA, J. A. DE; SANTOS, S. I. F. DOS; SANDOVAL, W. S.; SANTOS, Á. P. DOS. Estrutura de financiamento das firmas de energia elétrica no Brasil : uma abordagem à Pecking Order Theory ( POT ). Revista de Contabilidade e Organizações, v. 27, p. 58–70, 2016.

FUJI, A. H.; CARVALHO, L. N. G. Earnings Management no contexto bancário brasileiro. In: 5º Congresso USP Controladoria e Contabilidade. Anais ... São Paulo, SP, FEA/USP. 2005.

GOULART, A. M. C. Gerenciamento de resultados contábeis em instituições financeiras no Brasil. 2007. Tese (Doutorado em Contabilidade e Atuária). Programa de Pós-graduação em Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo.

GUJARATI, D. N; PORTER, D. C. Econometria Básica. Porto Alegre: AMGH Editora. 2011.

GULZAR, M. A.; ZONGJUN, W. Corporate Governance Characteristics and Earnings Management: Empirical Evidence from Chinese Listed Firms. International Journal of Accounting and Financial Reporting, v. 1, n. 1, p. 133, 2011. Disponível em: <http://www.macrothink.org/journal/index.php/ijafr/article/view/854>. .

HENDRIKSEN, E. S.; BREDA, M. F. V. Teoria da contabilidade. São Paulo: Atlas. 2007.

IRAYA, C.; MWANGI, M.; MUCHOKI, G. . The effect of corporate governance practices on earningd management of company listed at the Nairobi securities exchange. European Scientific Journal, v. 11, n. 1, p. 169–178, 2015.

ISMAIL W. A.; KAMARUDIN K. A.; IBRAHIM M. K. Income Smoothing and Market Perception of Accounting Numbers: An Empirical Investigation of Extraordinary Items, Journal of Financial Reporting and Accounting, v. l3, n. 1, p. 49-70. 2005.

JENSEN M.C; MECKLING, W. H. Theory of the Firm: Managerial Behavior, Agency Costs and Ownership Structure. Journal of Financial Economics, v. 3, n. 4, p. 305-360, 1976.

JENSEN, M. C.; MECKLING, W. H. Theory of the firm: Managerial behavior, agency costs and ownership structure. Journal of Financial Economics, v. 3, n. 4, p. 305–360, 1976.

KONRAHT, J. M.; SOUTES, D. O.; ALENCAR, R. C. DE. A relação entre a governança corporativa e o alisamento de resultados em empresas brasileiras. Revista de contabilidade e controladoria, v. 8, n. 1, p. 47–65, 2016.

LAMBERT, R. A. Agency Theory and Management Accounting. Handbooks of Management Accounting Research, 2006.

LOPES, A. B. et al. Contabilidade e Finanças no Brasil: Estudos em Homenagem ao professor Eliseu Martins. São Paulo: Atlas. 2012.

LOPO G. J.; ZHOU, J. Did conservatism in Financial Reporting Increase after the Sarbanes-Oxley Act? Initial Evidence. Accounting Horizons, v. 20, n. 1, p. 57-73. 2006.

LYRA, I. X. M.; MOREIRA, R. L. Alisamento de resultados nas empresas listadas nos níveis de governança corporativa da Bovespa. Revista Contabilidade e Controladoria. v. 3, n. 2, p. 78-93. 2011.

MARRA, A.; MAZZOLA, P.; PRENCIPE, A. Board monitoring and earnings management pre- and post-IFRS. International Journal of Accounting, v. 46, n. 2, p. 205–230, 2011. University of Illinois. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1016/j.intacc.2011.04.007>. .

MARTINEZ, A. A. L. AL. “Gerenciamento” dos resultados contábeis: estudo empírico das companhias abertas brasileiras. Tese de Doutorado, p. 154, 2001. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-14052002-110538/%5Cnhttp://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-14052002-110538/pt-br.php%5Cnhttp://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-14052002-110538/publico/tde.pdf>. .

MARTINEZ, A. L. Minimizando a variabilidade dos resultados contábeis: estudo empírico do income smoothing no Brasil. Revista Universo Contábil. v. 2, n. 1, p. 09-25. 2006.

MICHELSON, S. E; JORDAN-WAGNER, J; WOOTTON, C.W. A Market Based analysis of income smoothing. Journal of Business Finance & Accounting, v. 22, n. 8, p. 1179–1193. 1995.

MULYADI, M. S.; ANWAR, Y. Corporate Governance, Earnings Management and Tax Management. Procedia - Social and Behavioral Sciences, v. 177, n. July 2014, p. 363–366, 2015. Elsevier B.V. Disponível em: <http://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S1877042815017152>. .

NARDI, P.C.C; NAKAO, S.H. Gerenciamento de Resultados e a Relação com o Custo da Dívida das Empresas Brasileiras de Capital Aberto. Anais ... XXXIII Encontro da Anpad. São Paulo, SP, 2009.

NASCIMENTO, A.M; REGINATO, L. Divulgação da informação contábil, governança corporativa e controle organizacional: uma relação necessária. Revista Universo Contábil. v. 4, n. 3, p. 25-47. 2008.

OECD. Corporate Governance A SURVEY OF OECD COUNTRIES. 2004.

OKIMURA, R. T. Estrutura de Propriedade, Governança Corporativa, Valor e Desempenho das Empresas no Brasil. Dissertaçao de Mestrado - FEA-USP, 2003.

OLIVEIRA, V. A.; ALMEIDA, L.C.F.; LEMES, S. Gerenciamento de resultados contábeis por meio de ativos fiscais diferidos. Revista UnB Contábil. v. 11, n. 1, p. 153-169, jan./dez. 2008.

OLIVEIRA, F. D. C, et al. Características Qualitativas da Informação Contábil: Um Estudo da Percepção dos Concludentes do Curso de Ciências Contábeis da UFCG. Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade. v. 4, n. 2, p. 96-113. 2014.

PADOVEZE, C. L. Objeto, Objetivos e Usuários das Informações Contábeis. Revista de Administração da UNIMEP. v. 2, n. 2, p. 77-102. 2004.

SANTOS, A. C., et al. Gerenciamento de Resultados: Investigação de sua Ocorrência em Empresas de Setores Regulados no Brasil. Revista de Contabilidade da UFBA, v. 6, n. 3, p. 04-16. 2012.

SCHIPPER, K. Commentary on earnings management. Accounting Horizons, v. 3, n. 4, p. 91-102, 1989.

SHLEIFER, A.; VISHNY, R. W. A Survey of gorporate governance. The Journal of Finance, v. 52, n. 2, p. 737–783, 1997. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1111/j.1540-6261.1997.tb04820.x>. .

SILVEIRA, A. D. M. DA; BARROS, L. A. B. DE C.; FAMÁ, R. Estrutura de governança e desempenho financeiro nas companhias abertas brasileiras. Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 3, p. 50–64, 2003.

UWUIGBE, U.; PETER, D. SUNDAY; ANJOLAOWA, O. the Effects of corporate governance mechanisms on Earnings Management of Listed Firms in Nigeria. Asian Economic and Financial Review, v. 5, n. 2, p. 218–228, 2014. Disponível em: <http://www.pakinsight.com/archive/3/02-2015/2>. .

WATTS, R; ZIMMERMAN, J. Positive accounting theory. Englewood Cliffs: Prentice Hall. 1986.

WAWERU, N. M.; RIRO, G. K. Corporate Governance , Firm Characteristics and Earnings Management in an Emerging Economy. Journal of Applied Management Accounting Research, v. 11, n. 1, p. 43–64, 2013.

XIE, B.; DAVIDSON, W. N.; DADALT, P. J.; DAVIDSON III, W. N.; DADALT, P. J. Earnings Management and Corporate Governance: The Role of the Board and the Audit Committee. Journal of Corporate Finance, v. 9, n. 3, p. 295–316, 2003. Disponível em: <http://www.redi-bw.de/db/ebsco.php/search.ebscohost.com/login.aspx?direct=true&db=buh&AN=8929694&site=ehost-live>. .

XUE, S.; HONG, Y. Earnings management, corporate governance and expense stickiness. China Journal of Accounting Research, v. 9, n. 1, p. 41–58, 2016. Sun Yat-sen University. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1016/j.cjar.2015.02.001>.

Downloads

Publicado

30/06/2021

Como Citar

Noga, L., Ribeiro, F., & Gerigk, W. (2021). A RELAÇÃO ENTRE O GERENCIAMENTO DE RESULTADOS E OS NÍVEIS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA: UM ESTUDO EM EMPRESAS DO SEGMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA DA BM&FBOVESPA. Revista UNEMAT De Contabilidade, 10(19), 145–169. https://doi.org/10.30681/ruc.v10i19.4434

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)