LITERATURA E CINEMA: A TRANSITORIEDADE DA ARTE NAS ADAPTAÇÕES CINEMATOGRÁFICAS/LITERATURE AND CINEMA: THE TRANSITION OF ART IN CINEMATOGRAPHIC ADAPTATIONS

Autores

  • Maciel da Paixão Borges Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Agnaldo Rodrigues da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Palavras-chave:

Literatura. Cinema. Adaptação cinematográfica

Resumo

Neste artigo, discutem-e os processos de adaptação de textos literários para a criação de filmes, compreendendo que tais processos engendram um texto novo e autônomo, desarticulando, por sua vez, a ideia de que a qualidade do filme depende do quão fidedigno ele é em relação à obra literária. Em relação à linguagem, ressalta-se o viés múltiplo da linguagem fílmica, enquanto a forma de expressão da arte literária está restrita ao texto escrito. Nesse sentido, propõe-se discutir questões que entrelaçam literatura e cinema, para defender a premissa de que a particularidade da linguagem cinematográfica é diferente da linguagem literária, considerando a peculiaridade de cada uma dessas artes. Para tanto, a análise está ancorada no referencial teórico da Literatura Comparada, a partir dos estudos de Figueiredo (2011), Hutcheon (2011), Rey (1989), Xavier (2003), entre outros autores.   

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Maciel da Paixão Borges , Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

    Mestrando no Programa de Pós-graduação em Estudos Literários, da Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus Tangará da Serra.

  • Agnaldo Rodrigues da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

    Pós-doutor em Literatura. Docente no Programa de Pós-graduação em Estudos Lite´rários, da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT.

Referências

BENJAMIN, Walter. O narrador. In Obras escolhidas I – Magia e Técnica – Arte e Política. 7ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 197-222.

BRITO, João Batista de. Literatura no cinema. São Paulo: Unimarco, 2006.

CARVALHAL, Tânia Franco. Literatura Comparada. São Paulo: Ática, 1986.

EPSTEIN, Jean. O cinema do diabo. Tradução: Marcelle Pithon. In: XAVIER, Ismail (org). A experiência do cinema: antologia. Rio de Janeiro: Edições Graal: Embrafilme, 1983.

FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain de. Literatura e cinema: interseções. Revista de Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, n. 37. Brasília, 2011, p. 13-26.

HUTCHEON, Linda. Uma teoria da adaptação. Tradução: André Cechinel. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2011.

JOHNSON, Randal. Literatura e cinema. São Paulo: T. A. Queiroz, 1982.

REY, M. O roteirista profissional tv e cinema. São Paulo: Ática, 1989.

RICHARDSON, Robert. Literatura e Filme. Indiana University Press, 1973. (Tradução adaptada).

XAVIER, Ismail. Do texto ao filme: a trama, a cena e a construção do olhar no cinema. In: PELLEGRINI, Tânia. et al. Literatura, Cinema e Televisão. São Paulo: Editora Senac São Paulo: Instituto Cultural, 2003.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Edição

Seção

LITERATURA

Como Citar

LITERATURA E CINEMA: A TRANSITORIEDADE DA ARTE NAS ADAPTAÇÕES CINEMATOGRÁFICAS/LITERATURE AND CINEMA: THE TRANSITION OF ART IN CINEMATOGRAPHIC ADAPTATIONS. (2022). Revista ECOS, 33(2), 85-95. https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/11491

Artigos Semelhantes

1-10 de 165

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 > >>