MEUS VÁRIOS QUINZE ANOS, DE SYLVIA ORTHOF E A FORMAÇÃO DE LEITORES/MEUS VÁRIOS QUINZE ANOS, BY SYLVIA ORTHOF AND THE TRAINING OF READERS

Autores

  • Elizete Dall´Comune Hunhoff UNEMAT
  • Sandra Sara de Oliveira UNEMAT

Resumo

Neste texto, visamos a apresentar um estudo sobre a atuação da leitura e da literatura infantojuvenil na formação intelectual de jovens leitores. Para tanto, baseamo-nos em referenciais bibliográficos de autores que publicaram nessa área de interesse, de forma engajada, tais como: Coelho (2000), Lajolo (2006), Orthof (1997), Zilberman (2005), dentre outros, que trazem as propostas de mudanças sociais que o mundo contemporâneo exige. Constituímos um corpus para análise, com a obra “Meus Vários Quinze Anos”, de Sylvia Orthof, na qual pudemos vislumbrar objetivos da narradora em relação ao contexto social de meados do Século XX. Esperamos que o leitor possa refletir sobre a sua ação literária em relação à literatura, à leitura e ao seu possível compromisso na formação de leitores.

Biografia do Autor

Elizete Dall´Comune Hunhoff, UNEMAT

Doutora em Literatura pela USP e professora da UNEMAT. Coordenadora do Grupo se Pesquisa “LIPP-Literatura Infantojuvenil: Poesia e Prosa”

Sandra Sara de Oliveira, UNEMAT

Componente do Grupo de Pesquisa “Literatura Infantojuvenil: Poesia e Prosa – LIPP”

Referências

ARIES, Philippe. História Social da Criança e da Família. 2 ed. Rio de Janeiro: LTC, 1981.

Disponível em: <http://www.faroldoconhecimento.com.br/livros/Educa%C3%A7%C3%A3o/PHILIPPE-ARIES-Historia-social-da-crianca-e-da-familia.pdf>. Acesso em: 28 set. 2014.

BRAIT, Beth. A personagem. 7 ed. São Paulo: Ática, 2000.

BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1970. Disponível em: <http://brasil.indymedia.org/media/2008/01//409660.pdf>. Acesso em: 28 set. 2014.

CANDIDO, Antonio. et. al. A Personagem de Ficção. 2 ed. São Paulo: Perspectiva, 1964.

CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain. Dicionário de símbolos. 16 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2001.

COELHO, Nelly Novaes. Literatura Infantil. 1 ed. São Paulo: Moderna, 2000.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário Aurélio da língua portuguesa. 4 ed. Curitiba: Positivo, 2009.

GANCHO, Cândida Vilares. Como analisar narrativas. 7 ed. São Paulo: Ática, 2001.

CAMPATO JÚNIOR, João Adalberto. Apontamentos sobre a Categoria do Tempo em Textos

Narrativos. São Paulo: 2010. Disponivel em:

< http://www.uniesp.edu.br/revista/revista9/pdf/artigos/01.pdf >. Acesso em: 28 out. 2014

GUIMARÃES Elzimar Campos. Reflexão sobre a velhice. Juiz de Fora: 2007. Disponível em: <http://www.cesjf.br/revistas/cesrevista/edicoes/2007/reflexao_sobre_a_velhice.pdf>. Acesso em: 28 set. 2014

HUNHOFF, Elizete Dall’Comune. Tempo e Identidade: Estudo da Poética de Florbela Espanca e Cecília Meireles. Cáceres: Unemat, 2010.

LAJOLO, Marisa. Do mundo da Leitura para a leitura do mundo. 3 ed. São Paulo: Ática, 1997.

LAJOLO, Marisa; ZILBERAN, Regina. Literatura infantil brasileira histórias e histórias 6 ed. São Paulo: Ática, 2006

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas S.A, 2010.

MARTINS, Maria Helena. O que é leitura. 19 ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

ORTHOF, Sylvia. Meus Vários Quinze Anos. 3 ed. São Paulo: FDT, 1997.

PALO, Maria José; OLIVEIRA, Maria Rosa D. Literatura infantil voz da criança. 4 ed. São Paulo: Ática, 2006.

ZILBERMAN, Regina. Como e Porque Ler a Literatura Infantil Brasileira. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005.

ZILBERMAN, Regina. Literatura infantil na escola. 11 ed. São Paulo: Global, 2003.

Downloads

Publicado

30/12/2018

Como Citar

Hunhoff, E. D., & Oliveira, S. S. de. (2018). MEUS VÁRIOS QUINZE ANOS, DE SYLVIA ORTHOF E A FORMAÇÃO DE LEITORES/MEUS VÁRIOS QUINZE ANOS, BY SYLVIA ORTHOF AND THE TRAINING OF READERS. Revista ECOS, 25(2). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/3308