A CORROSÃO EM ALEGRIA DE EDUARDO MAHON, UMA RESENHA/CORROSION IN ALEGRIA BY EDUARDO MAHON, A REVIEW

Divanize Carbonieri

Resumo


Alegria (2018) de Eduardo Mahon é, num certo sentido, uma história do Brasil profundo, distante dos grandes centros metropolitanos. A narrativa principal se passa na fictícia cidade de Alegria e, embora o estado ao qual pertence jamais seja nomeado, o deslocamento do narrador-protagonista revela o seu caráter longínquo, encravado no coração do país: “eu iria parar de oito em oito horas para dormir nos hotéis de beira de estrada. Dois dias de viagem seriam suficientes para chegar à rodovia federal e, de lá, seguir pela vicinal até meu novo emprego” (MAHON, 2018, p. 11). O personagem, que também não tem nome, é um médico residente na capital (qual delas?) que se muda para Alegria após ser contratado, com um alto salário, pela prefeitura local.


Texto completo:

PDF

Referências


MAHON, Eduardo. Alegria. Cuiabá; Porto Alegre: Carlini & Caniato; Editora Sulina, 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores e bases bibliográfcias:

Periódicos CapesLatindex 

Sumários.orgGoogle Acadêmico Encontre em uma Biblioteca com o WorldCat

IndexadoresDiadorim