PO DI SANGUI: A PERSONAGEM DOU E AS PERSPECTIVAS DE IDENTIDADE EM MEIO A CONSTRUÇÃO DO SER/PO DI SANGUI: THE CHARACTER DOU AND THE PERSPECTIVES OF IDENTITY AMONG OF THE CONSTRUCTION ON THE SELF

Autores

  • Fábio Falcão Oliveira UNEMAT
  • Agnaldo Rodrigues da Silva UNEMAT

Resumo

Este artigo fará uma análise sobre  o  filme  Po  di  Sangui,  do  realizador guineense  Flora  Gomes.  Como  suporte  teórico,  recorreremos  aos  estudos  de  Belfond (1980), Bhabha (1998), Eliade (1972, 1992, 1997), Said (1990, 2005, 2011), Spivak (2005) e Oliveira; Ribeiro (2012), entre outros autores que poderão contribuir na visão crítica a respeito do cineasta e sua produção. A construção das personagens será o fio condutor deste texto, somado ao tempo e ao espaço em que habitam, no confronto entre colonização e descolonização, colonial e pós-colonial. 

Biografia do Autor

Fábio Falcão Oliveira, UNEMAT

Pós-doutorando em Estudos Literários

Agnaldo Rodrigues da Silva, UNEMAT

Doutor em Literatura.

Referências

BELFOND, Pierre. Mircea Eliade/A prova do Labirinto. Madri: Edições Cristandade, S.L., 1980.

BHABHA, Homi K. O Local da Cultura. Trad. ÁVILA, Myriam; REIS, Eliana L. de Lima e GONÇALVES, Glauca R. Belo Horizonte: Editora EFMG, 1998.

CALADO, Karina de A. & FONSECA, Maria N. Soares. Identidade, Subjetividade e Nação Guineense na Poesia de Odete Semedo. In_: Grau Zero: Revista de Configurações da Crítica Cultural/Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural Universidade do Estado da Bahia. Alagoinhas-BA: Universidade do Estado da Bahia, v.1, n.1, Jan./Jun. 2013, p. 145-160. Disponível em: http://www.poscritica.uneb.br/revistagrauzero/edicoes/VOLUME-1_NUMERO-1/11.VOLUME-1_NUMERO-1.pdf. Consultado dia 20 de Março de 2018.

ELIADE, Mircea. Mito e Realidade. São Paulo: Editora Perspectiva S. A., 1972.

_____________. O Sagrado e o Profano. Trad. FERNANDES, Rogério. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

______________. Tratado de História das Religiões. 3ª ed. Trad. TOMAZ, Fernando & NUNES, Natália. Portugal: Edições ASA, 1997.

LEITE, J. E. B. da Costa. A literatura guineense: contribuição para a identidade da nação/Tese de Doutoramento em Letras. Portugal: Universidade de Coimbra, 2014. Disponível em: https://estudogeral.sib.uc.pt/bitstream/10316/26316/1/A%20Literatura%20Guineense.pdf. Consultado dia 20 de março de 2018

LIMA, Ellen C. Oliveira. Contos Bissau-Guineenses Contemporâneos: Sentidos de identidades e Resistência/dissertação de Mestrado em Linguagens e Representações. Ilhéus – BA: UESC, 2016. Disponível em: http://www.biblioteca.uesc.br/biblioteca/bdtd/201460095D.pdf. Consultado dia 20 de março de 2018.

OLIVEIRA, Jusciele C. A. de. Dilemas da pós-colonialidade nos filmes Olhos azuis de Yonta (1991) e Nha Fala (2002) do cineasta Flora Gomes. In_: CULT. PÓS-CULT IHAC/VIII ENECULT encontro de estudos multidisciplinares em cultura. Salvador-BA: UFBA, 8-10 de Agos, 2012. Disponívem em: http://www.enecult.ufba.br/modulos/submissao/Upload/40253.pdf. Consultado dia 20 de Março de 2018.

________________________. “Epa, Meu Futuro Fica a Cada Dia Mais Incerto”: Perspectivas de Futuro Através da Trilha Sonora e do Discurso da Criança Nas Representações Pós-Coloniais Do Filme Os Olhos Azuis De Yonta (1992), De Flora Gomes. In_: MULEMBA. Rio de Janeiro: UFRJ, v.9, n.17. jul/dez, 2017, p. 160-176. Disponível em: file:///C:/Users/USUARIO/Downloads/14614-31596-1-SM.pdf. Consultado dia 20 de março de 2018.

________________________. “Eu não quero ter um mundo de uma cor só”: trajetória, autoria e estilo nos filmes do cineasta Flora Gomes. In: Rebeca/Revista Brasileira de Estudos Cinema Audiovisual. Mimeo: v.5, n.2. dez, 2016, p. 01-29. Disponível em: https://rebeca.socine.org.br/1/article/viewFile/377/231 Consultado dia 20 de março de 2018.

OLIVEIRA, Jusciele C. A & RIBEIRO, Maria de F. Maia. O FILME NHA FALA musical guineense de múltiplos trânsitos. In: BAMBA, Mahomed & MELEIRO, Alessandra. Filmes da África e da diáspora/objetos de discursos. Salvador, EDUFBA, 2012, p. 129-156. Disponível em: file:///C:/Users/USUARIO/Downloads/filmes-da-africa-e-da-diaspora.pdf. Consultado dia 20 de Março de 2018.

OLIVEIRA, Jusciele C A de & ZENUN, Maíra. A poesia universal no cinema de um homem africano: entrevista com Flora Gomes. In_: Revista Cerrados - Revista do Programa de Pós-Graduação em Literatura – n. 41. 2016. Disponível em: file:///C:/Users/USUARIO/Downloads/19795-63237-1-SM.pdf. Consultado em 20 de março de 2018.

OLIVEIRA, Jusciele C. A. de & TAVARES, Mirian. De “Guiné dita portuguesa” à República da Guiné-Bissau: cinema e história nas representações cinematográficas no filme Mortu nega (1988) de Flora Gomes. In_: CARREGA, Jorge Manuel N. & FERNANDEZ, Sara Vitorino. A Europa e os Impérios Coloniais na Literatura e no Cinema. Portugal: CIAC/FCHS/CLEPUL/FLUL, v.1. 2016. Disponível em: https://sapientia.ualg.pt/bitstream/10400.1/10400/1 . Consultado dia 20 de março de 2018.

GOMES, Flora. PO DE SANGUI. Flora Gomes. Produção: Arco Íris (Guiné Bissau), SP Filmes (Portugal), Films Sans Frontières (frança), Cinetelfim (Tunísia). Produtor: Jean Pierre Gallepe; Michael Mauros; Maria Cecilia Fonseca. Roteiro: Flora Gomes e Anita Fernandez. Portugual: Les Films Sans Frontières, 1996 (1.34 min), 1 DVD.

SAID, Edward W. Cultura e imperialismo. Trad. BOTTMANN, Denise. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

_____________. Orientalismo – O Oriente como invenção do Ocidente. Trad. BUENO, Tomás R. 1ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

______________. Representações do Intelectual: Conferência de Reith de 1993. Trad. HATOUM, Milto. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

SHOHAT, Ella e STAM, Robert. Crítica da Imagem Eurocêntrica – multiculturalismo e representação. Trad. SOARES, Marcos. Editora Cosacnaify,

SPIVAK. Gayatri C. Tradução como Cultura. In_: ILHA DO DESTERRO. Florianópolis nº 48 p.041-064 jan./jun. 2005. Disponível em: https://claudiadiassampaioblog.files.wordpress.com/2017/03/spivak_e2809ctraduc3a7c3a3o-como-culturae2809d.pdf. Consultado dia 20 de março de 2018.

_______________. Pode o Subalterno Falar? Trad. ALMEIDA, Sandra R. G; FEITOSA, Marcos P. & FEITOSA, André P. Belo Horizonte: Editora UFMS, 2010.

KI-ZERBO, Joseph. História geral da África, I: Metodologia e pré-história da África. 2.ed. rev. Brasília: UNESCO, 2010.

Downloads

Publicado

30/12/2018

Como Citar

Oliveira, F. F., & Silva, A. R. da. (2018). PO DI SANGUI: A PERSONAGEM DOU E AS PERSPECTIVAS DE IDENTIDADE EM MEIO A CONSTRUÇÃO DO SER/PO DI SANGUI: THE CHARACTER DOU AND THE PERSPECTIVES OF IDENTITY AMONG OF THE CONSTRUCTION ON THE SELF. Revista ECOS, 25(2). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/3416

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>