O LIVRO DIDÁTICO COMO UM DINAMIZADOR DAS PRÁTICAS DE ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO DE NATUREZA DINÂMICA, COMPLEXA E ADAPTATIVA/TEXTBOOK AS A DYNAMIZER OF ENGLISH TEACHING PRACTICES IN BASIC EDUCATION: A DYNAMIC, COMPLEX AND ADAPTIVE STUDY

Autores

  • Renan Monezi Lemes (UNEMAT) Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Rodrigo de Santana Silva (UNEMAT) UNEMAT

Resumo

O Livro Didático é um importante suporte para o desenvolvimento de práticas de ensino e aprendizagem de língua, seja ele em formato impresso ou digital. Esse material surgiu como um mediador do ensino nos âmbitos educacionais, sendo usado desde 1960 como um mecanismo de (in)formação do professor e do aluno (SILVA, 2012, p. 817). Com o crescimento da utilização deste suporte didático, o MEC (Ministério da Educação) criou políticas de elaboração, seleção e distribuição gratuita de Livros Didáticos (LD), o Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). Atualmente eles são selecionados e distribuídos para os níveis fundamental e médio nas escolas públicas brasileiras. Tendo noção de que o LD de Língua Inglesa faz parte da composição dos materiais distribuídos nas escolas, este estudo de caráter tem como objetivo analisar uma coleção desse material, a fim de perceber, em que medida o LD de Língua Inglesa se configura como um dinamizador das práticas de ensino e de aprendizagem no âmbito da Educação Básica. Assim, inscritos na área da Linguística Aplicada, e acreditando no conceito de uma LA indisciplinar (MOITA LOPES, 2006), vimos a pertinência de utilizar a Teoria dos Sistemas Dinâmicos Complexos (TSDC) para analisar e mostrar o funcionamento dinâmico Livro Didático de Língua Inglesa assume e instaura nos espaços de práticas de ensino e aprendizagem de Língua Inglesa. Adiantamos que no decorrer da pesquisa foi possível verificar que o LD, posicionado como um agente do sistema dinâmico sala de aula, apresenta um funcionamento dinamizador que tem propriedades para complexificar o sistema da sala de aula, a partir de suas implicações teórico-metodológicas, que se refletem na postura do professor, em um ambiente de práticas sociais e de ensino-aprendizagem.

Biografia do Autor

Renan Monezi Lemes (UNEMAT), Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Mestrando em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade do Estado de
Mato Grosso (UNEMAT).

Rodrigo de Santana Silva (UNEMAT), UNEMAT

Doutor e Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade do
Estado de Mato Grosso (UNEMAT).

Referências

ARAÚJO, Elenise Maria. Design Instrucional de uma Disciplina de Pós-Graduação em Engenharia de Produção: uma proposta baseada em estratégias de aprendizagem colaborativa em ambiente virtual. Dissertação (Mestrado) - Departamento de Engenharia de Produção, Universidade de São Paulo. São Carlos. 2009

BAIRON, S. 1995. Multimídia. São Paulo, Global, p. 219.

HOLLAND, J. H. Hidden Ordem: how adaptation builds complexity. Perseus books, Cambridge, Massachusetts, 1995.

LÉVY, P. 1993. As tecnologias da inteligência. Rio de Janeiro, Ed 34, 203 p.

LÜCK, H. Pedagogia interdisciplinar: fundamentos teórico-metodológicos. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

MARQUES, A. On Stage. 1. Ed. Editora Ática, 2013.

MOITA LOPES, L. P. Linguística Aplicada e vida contemporânea. In: MOITA LOPES, L. P. (Org.). Por uma Linguística Aplicada Indisciplinar. São Paulo: Parábola, 2006.

ORLANDI, E. A Linguagem e seu funcionamento. Brasiliense, São Paulo, 1983.

SILVA, Marcinete Rocha da. Os efeitos do livro didático nas práticas de ensino de Língua Inglesa na perspectiva dos Sistemas Adaptativos Complexos. Dissertação de mestrado. Programa de Pós-graduação em Linguística. UNEMAT, 2016.

SILVA, Marco Antônio. A fetichização do livro didático. Educação e Realidade, v. 37, n. 3, set./dez. de 2012, p. 803-821.

WALDROP, M. M. Complexity: the emerging science at the edge of order and chaos. New York: Touchstone, 1993.

XAVIER, Antônio Carlos dos Santos. Hipertexto na sociedade da informação: a constituição do modo de enunciação digital. 2002. 219 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

Downloads

Publicado

18/08/2021

Como Citar

Lemes (UNEMAT), R. M., & Silva (UNEMAT), R. de S. (2021). O LIVRO DIDÁTICO COMO UM DINAMIZADOR DAS PRÁTICAS DE ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO DE NATUREZA DINÂMICA, COMPLEXA E ADAPTATIVA/TEXTBOOK AS A DYNAMIZER OF ENGLISH TEACHING PRACTICES IN BASIC EDUCATION: A DYNAMIC, COMPLEX AND ADAPTIVE STUDY. Revista ECOS, 30(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/5696