A PROMESSA DA REDAÇÃO ENEM NOTA MIL NAS REDES SOCIAIS: UMA ANÁLISE ENUNCIATIVO-DISCURSIVA DE UM PERFIL NO INSTAGRAM/THE PROMISE OF THE NEWSROOM ENEM SCORES A THOUSAND ON SOCIAL NETWORKS: AN ENUNCIATIVE-DISCURSIVE ANALYSIS OF AN INSTAGRAM PROFILE

Autores

  • Adson Luan Duarte Vilasboas Seba Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Elizangela Patrícia Moreira da Costa Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Palavras-chave:

Redação ENEM. Análise Dialógica do Discurso. Instagram. Gêneros do discurso. Modelos de redação.

Resumo

Nesta pesquisa, concebemos com base em Volochínov (2018), a linguagem como processo de interação entre sujeitos sócio-historicamente situados.  Objetivamos refletir sobre alguns aspectos do ensino da produção de texto para fins de vestibulares, por meio da análise de parte do conteúdo digital produzido por um professor em seu perfil do Instagram. Pretendemos, a partir da análise desse material, compreender a concepção de linguagem assumida pelo professor na proposição dos conteúdos e se os conteúdos digitais (dicas) produzidos contemplam os três elementos indissolúveis do enunciado — conteúdo temático, estilo e construção composicional.  Apoiamo-nos nos postulados teóricos da Análise Dialógica do Discurso (ADD), de Bakhtin e o Círculo, em especial nos conceitos de gêneros do discurso e seus elementos indissolúveis (BAKHTIN, 2011).

Biografia do Autor

Adson Luan Duarte Vilasboas Seba, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Doutorando em Linguística pelo PPGL/UNEMAT.

Elizangela Patrícia Moreira da Costa , Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Professora Doutora em Linguística do PPGL/UNEMAT.

Referências

ALABORA, L. A. C; DALPIZZOL, G. D; DEMARCO, T. T. O MUNDO MERAMENTE ILUSÓRIO DAS REDES SOCIAIS. Anuário Pesquisa e Extensão Unoesc Videira, [S. l.], v. 1, p. e12828, 2016. Disponível em: < https://bit.ly/2UXT1Oe>. Acesso em: 18 jul. 2021.

AMORIM, M. O pesquisador e seu outro: Bakhtin nas ciências humanas. São Paulo: Musa Editora, 2004.

ARAÚJO, J; LEFFA, V. (ORG.) Redes sociais e ensino de línguas: o que temos de aprender? São Paulo: Parábola, 2016.

AZZARI, E, F; MELO, R. Olhares sobre a linguagem em redes sociais e suas interfaces com a educação crítica e pluralista. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, vol. 9, núm. 2, 2016, Julho-, p. 94-113.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. 6 ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011. p. 261-306.

______. Metodologia das ciências humanas. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. 6 ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011. p. 393-421.

______. Problemas da poética de Dostoiévski. 4.ed. Tradução de Paulo Bezerra.

São Paulo: Forense-Universitária, 2008.

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Tradução de Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BRAIT, B. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica.Bakhtiniana, São Paulo, 8 (2): 43-66, Jul./Dez. 2013. Disponível em: <https://bit.ly/3exmBRE>. Acessado em: 18-07-2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2018. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br> Acesso em: 12/08/2021

______. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A redação no Enem 2020: cartilha do participante. Brasília, DF: INEP, 2020

DUDENEY, Gavin; HOCKLY, Nicky; PEGRUM, Mark. Letramentos digitais. Trad. Marcos Marcionilo. São Paulo: Parábola Editorial, 2016. 352 p.

FILHO, U, C; TORGA, V, L, M. Língua, Discurso, Texto, Dialogismo e Sujeito: compreendendo os gêneros discursivos na concepção dialógica, sócio-histórica e ideológica da língua(gem).In: Anais do I congresso nacional de estudos linguísticos. Vitória -ES, 18 a 21 de outubro de 2011. Disponível em: https://bit.ly/2SwaBrN Acessado em: 10-06-2021.

MACEDO, W, K, L. Por Saussure e Bakhtin: concepções sobre língua/linguagem. In: I Congresso Nacional de Linguagens e Representações: Linguagens e Leituras. UESC - ILHÉUS - BA/ 14 A 17 DE outubro 2009. Disponível em: <https://bit.ly/3xai92a>. Acesso em: 13-06-2021.

PINTO, A, P. Gêneros discursivos e ensino de Língua Inglesa. In: DIONÍSIO, A, P; MACHADO, A, R; BEZERRA, M, A. Gêneros textuais e ensino. 2ªed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2003, p.47-58.

SANTAELLA, L. Gêneros discursivos híbridos na era da hipermídia. Bakhtiniana, São Paulo, 9 (2): 206-216, ago/dez. 2014.

OLIVEIRA, G. de F. P. A metodologia para as ciências humanas do círculo de Bakhtin. Revista Diálogos, v. 7, n. 3, out/dez, 2019.

VOLÓCHINOV, V. (Círculo de Bakhtin) Marxismo e filosofia da linguagem: Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. Sheila Grillo e Ekaterina V. Américo. São Paulo: Editora 34, 2018 [1929-1930], 2ªed.376 p.

Downloads

Publicado

30/06/2022

Como Citar

Seba, A. L. D. V., & Costa , E. P. M. da. (2022). A PROMESSA DA REDAÇÃO ENEM NOTA MIL NAS REDES SOCIAIS: UMA ANÁLISE ENUNCIATIVO-DISCURSIVA DE UM PERFIL NO INSTAGRAM/THE PROMISE OF THE NEWSROOM ENEM SCORES A THOUSAND ON SOCIAL NETWORKS: AN ENUNCIATIVE-DISCURSIVE ANALYSIS OF AN INSTAGRAM PROFILE. Revista ECOS, 32(01), 243–263. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/6392

Edição

Seção

LINGUÍSTICA