“Cadê o professor de literatura daqui?” - Uma reflexão sobre a formação do profissional de Letras nos cursos de graduação

Autores

  • Marta Helena Cocco Docente de Literaturas da Língua Portuguesa da Universidade do Estado de Mato Grosso/ Campus de Tangará da Serra.

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre a formação acadêmica nos cursos de graduação, chamando a atenção para a responsabilidade pessoal do acadêmico em desenvolver sua autonomia como leitor e seu compromisso como formador de leitores, independentemente da forma como a literatura se apresenta no currículo escolar. Também menciona brevemente a defasagem do paradigma em que a estrutura curricular está organizada e a importância da concepção de literatura como arte e não como componente curricular, entre outros aspectos referentes ao ensino.

Referências

BRAIT, Beth. Leituras: formas vivas de surpreender significações. In: Aguillera, Vanderci A. &

Límoli, Loredana (org.). Entrelinhas entretelas: os desafios da leitura. Londrina: Ed.UEL,

p.1 a 20.

CANDIDO, Antonio. Direito à literatura. In: Vários escritos. São Paulo/ Rio de Janeiro:

Duas Cidades/ Ouro sobre Azul, 2004. P.169-192.

Downloads

Publicado

21/07/2015

Como Citar

Cocco, M. H. (2015). “Cadê o professor de literatura daqui?” - Uma reflexão sobre a formação do profissional de Letras nos cursos de graduação. Revista ECOS, 11(2). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/ecos/article/view/718