FORMAÇÃO DE PROFESSORES E METODOLOGIAS ATIVAS: REFLETIR E RESSIGNIFICAR

Autores

  • Fábio Bernardo da SILVA
  • Priscila Tavares Oliveira BERNARDO
  • Lucas Silveira LECCI

DOI:

https://doi.org/10.30681/geoambes.v2i1.4250

Resumo

Este trabalho tem por objetivo discutir sobre a importância da formação continuada de professores, aulas norteadas pelas Metodologias Ativas para o Ensino e o desenvolvimento da Metodologia da Problematização enquanto inovação em práticas tradicionais de ensino, em uma perspectiva reflexiva e no exercício permanente da prática educativo-crítica. Neste sentido está escrita foi desenvolvida a partir de um levantamento com 10 artigos de pesquisas publicadas no período de 2013 a 2017 no evento EDUCERE – Congresso Nacional de Educação da PUCPR. Assim, será apontado a necessidade em propor momentos de formação continuada como oportunidade em refletir e repensar na prática docente, bem como a importância em delinear aulas norteadas pelas metodologias ativas. Com o intento de propor reflexões que coadunem com práticas inovadoras de ensino, será apresentado a metodologia da problematização enquanto possibilidade de desenvolver o pensamento crítico e autônomo dos estudantes.
 
Palavras-chave: Formação de Professores. Metodologias Ativas. Metodologia da Problematização

Referências

ALMEIDA, S. do C. D. de. MACHADO, D. P. FERNANDES, A. M. Formação de Professores para o Uso de Metodologias Ativas em EAD:O Portfólio como Estratégia. In.: EDUCERE – XIII Congresso Nacional de Educação, 2017, Curitiba, Paraná. Anais do XIII Congresso... Paraná: PUCPR, 2017. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/25601_12436.pdf. Acesso em: 02/05/2018.

ANARUMA, S. M. Metodologias Ativas para o Ensino das Concepções de Desenvolvimento nas Licenciaturas. In.: EDUCERE – XIII Congresso Nacional de Educação, 2017, Curitiba, Paraná. Anais do XIII Congresso... Paraná: PUCPR, 2017. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/23383_14010.pdf. Acesso em: 02/05/2018.

BARDINI, V. S. dos S.; CRUZ, I. D. de S.; TANGO, R. N.; SPALDING, M. Levantamento de dados sobre a utilização de metodologias ativas e ferramentas digitais no ensino superior: Estudo de Caso do ICT-UNESP. In.: EDUCERE – XIII Congresso Nacional de Educação, 2017, Curitiba, Paraná. Anais do XIII Congresso... Paraná: PUCPR, 2017. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/25065_12199.pdf. Acesso em: 02/05/2018.

BERBEL, N. A. N. As Metodologias Ativas e a Promoção da Autonomia dos Estudantes. Revista Semina: Ciências Sociais e Humanas. Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-40, Jan./Jun. 2011. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/10326. Acesso em: 11/05/2018.

BRITO, G. da S.; LUEDERS, J. Formação Docente em Metodologias Ativas na Educação de Jovens e Adultos a Distância no SESI/SC. In.: EDUCERE – XIII Congresso Nacional de Educação, 2017, Curitiba, Paraná. Anais do XIII Congresso... Paraná: PUCPR, 2017. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/26877_13332.pdf. Acesso em: 02/05/2018.

CANDAU, V. M. Formação Continuada de Professores: Tendências Atuais. In: CANDAU, V. M. (Org.). Magistério: Construção Cotidiana. Petrópolis-RJ: Vozes. 1997.

CASTRO, E.; GONÇALVES, J.; BESSA, S. Aplicação da Metodologia de Problematização. In: EDUCERE – XIII Congresso Nacional de Educação, 2017, Curitiba, Paraná. Anais do XIII Congresso... Paraná: PUCPR, 2017. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/24584_11946.pdf. Acesso: 17/01/2018.

COELHO, V. R.; PAIM, M. M. W. Didática e Formação de Professores: Grupos de Trabalhos da ANPED e as Pesquisas sobre estágio Curricular Obrigatório e Prática como Componente Curricular. In.: EDUCERE – XI Congresso Nacional de Educação, 2013, Curitiba, Paraná. Anais do XI Congresso... Paraná: PUCPR, 2013. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2013/9867_7012.pdf. Acesso em: 02/05/2018.

DARIUS, R. P. P. LOPES, B. J. S. O Uso da Metodologia da Problematização para o Desenvolvimento de Projeto Integrador no Curso de Pedagogia. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação. Araraquara, v. 12, n. 2, p. 983-1004, abr./jun. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.21723/riaee.v12.n2.9809. Acesso: 22/01/2018.

FERREIRA, N. S. de A. As Pesquisas Denominadas Estado da Arte. p. 257-272. Revista Educação & Sociedade, ano XXIII, n. 79, p. 257-272. Ago. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf. Acesso em: 10/05/2018.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. Paz e Terra. Publicação cedida à ANCA/MST. 2004.

FREITAS, L. M.; GHEDIN, E. Pesquisas sobre Estado da Arte em CTS: Análise Comparativa com a Produção em Periódicos Nacionais. Alexandria Revista de Educação em Ciência e tecnologia, v. 8, n. 3, p. 3-25. Nov. 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2015v8n3p3. Acesso em: 14/05/2018.

GASPARIN, J. L. Uma didática para Pedagogia Histórica-Crítica. 5. ed. rev. CampinasSP: Autores Associados – Coleção Educação Contemporânea. 2009.

GIROUX, H. Os Professores Como Intelectuais: Rumo a uma Pedagogia Crítica da Sociedade. Porto Alegre: Artmed, 1997.

MARTINEZ, F. W.; BULATY, A. Dois olhares sobre os saberes da docência. In.: EDUCERE – XII Congresso Nacional de Educação, 2015, Curitiba, Paraná. Anais do XII Congresso... Paraná: PUCPR, 2015. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/17368_8445.pdf. Acesso: 02/05/2018.

MICARELLO, H. A. L. da S. A Formação de Professores como Experiência Compartilhada: Docência e Pesquisa. In.: EDUCERE – XI Congresso Nacional de Educação, 2013, Curitiba, Paraná. Anais do XI Congresso... Paraná: PUCPR, 2013. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2013/13621_6559.pdf. Acesso: 02/05/2018.

Thaylise de Cassia Santos Przepiura, Viviane Terezinha Koga, Ademir José Rosso. NÓVOA A. Os Professores e sua Formação: Formação de Professores e Profissão Docente. Publicações Don Quixote. Instituto de Inovação Educacional. Porto Editora. 1992

OLIVEIRA, P. G. de. A Pesquisa Interventiva e a Formação de Professores. In.: EDUCERE – XI Congresso Nacional de Educação, 2013, Curitiba, Paraná. Anais do XI Congresso... Paraná: PUCPR, 2013. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2013/8846_5755.pdf. Acesso: 02/05/2018.

PRZEPIURA; T. de C. S.; KOGA; V. T.; ROSSO, A. J. A ciência e o ensino de ciências nas representações sociais de futuros professores das séries iniciais. In.: EDUCERE – XII Congresso Nacional de Educação, 2015, Curitiba, Paraná. Anais do XII Congresso... Paraná: PUCPR, 2015. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/17790_7997.pdf. Acesso: 02/05/2018.

SCHÖN, D. A. Educando o Professor Reflexivo: Um Novo Design para O Ensino e a Aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2000.

TARDIF, M. Saberes Docentes e Formação Profissional. 17. ed. Petrópolis-RJ: Vozes. 2014.

VASCONCELLOS, C. dos S. Para onde vai o Professor? Resgate do Professor como Sujeito de Transformação. 12. ed. São Paulo-SP: Libertad – Centro de Pesquisa, 2007.

Downloads

Publicado

19/01/2020

Como Citar

SILVA, F. B. da, BERNARDO, P. T. O., & LECCI, L. S. (2020). FORMAÇÃO DE PROFESSORES E METODOLOGIAS ATIVAS: REFLETIR E RESSIGNIFICAR. Geografia: Ambiente, Educação E Sociedades, 2(1), 90–102. https://doi.org/10.30681/geoambes.v2i1.4250

Edição

Seção

Artigos