CASAMENTOS INTERÉTNICOS NA ALDEIA UMUTINA: AUTORRECONHECIMENTO DA IDENTIDADE UMUTINA

Autores

  • Alessandra Corezomáe BOROPONEPÁ

Resumo

Este trabalho é resultado de pesquisa na Graduação em Licenciatura Intercultural Indígena da Unemat, na área de Ciências Sociais, e traz o tema sobre Casamentos Interétnicos na aldeia Umutina como uma das estratégias de constituição e fortalecimento de identidade Umutina. A Aldeia Umutina, localizada em Barra do Bugres-MT, em função do processo histórico de contato com os não indígenas, se caracteriza atualmente por uma população de pessoas de diferentes etnias. A pesquisa teve como finalidade compreender melhor alguns fatores que os casais interétnicos selecionam para se relacionar com seus filhos no que tange a alguns aspectos culturais e, mesmo em condição de mistura de diversas etnias, se autodenominam e se reconhecem como “Umutina”. Foram entrevistados 07 casais em três diferentes faixas etárias: jovens, meia idade e idosos que moram na Aldeia Umutina em Barra do Bugres - MT. Ao final do trabalho, compreendemos que o povo que mora na citada aldeia, mesmo que tenham origem de outras etnias, assumem as práticas culturais da tradição Umutina como forma de fortalecimento de identidade indígena e, especificamente, pelo respeito ao povo, fortalecem a identidade Umutina, principalmente na orientação cultural em suas relações familiares.

Downloads

Publicado

04/12/2018

Como Citar

BOROPONEPÁ, A. C. (2018). CASAMENTOS INTERÉTNICOS NA ALDEIA UMUTINA: AUTORRECONHECIMENTO DA IDENTIDADE UMUTINA. História E Diversidade, 10(1), 73–88. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/historiaediversidade/article/view/3230