Sistematização da assistência de enfermagem no monitoramento clínico de pacientes com hantavirose / The systematization of nursing care in the clinical monitoring of patients with hantavirus / La sistematización de los cuidados de enfermería...

Ana Cláudia Pereira Terças, Ingrid Gomes de Souza, Ariadne Cristinne Pereira de Moura, Vagner Ferreira do Nascimento, Thalise Yuri Hattori, Josué Souza Gleriano, Angélica Pereira Borges, Juliana Herrero da Silva

Resumo


Objetivo: aplicar a sistematização da assistência de enfermagem para pacientes com Síndrome Pulmonar por Hantavírus. Método: estudo quanti-qualitativo, observacional e prospectivo sobre acompanhamento clínico de paciente com hantavirose atendidos em hospital de referência do médio norte mato-grossense. Os dados foram coletados no ano de 2014, com cinco pacientes hospitalizados. As intervenções de enfermagem foram pautadas nos diagnósticos de NANDA identificados e utilizou-se as recomendações da CIPE. Resultados: a maioria dos acometidos são do sexo masculino, de cor branca, presente em várias faixas etárias, com residência e/ou atividades profissionais realizadas em zona rural. Dentre os diagnósticos destacou: troca de gases prejudicada, padrão respiratório ineficaz, volume de líquido excessivo, processos familiares interrompidos e risco de infecção. Conclusão: a aplicação da sistematização à uma doença de alta letalidade e de rápida evolução clínica é essencial para fornecer um cuidado organizado, ético e baseado em evidências científicas que irão subsidiar a qualidade da assistência prestada.


Palavras-chave


Hantavírus; Enfermagem; Cuidados de Enfermagem

Texto completo:

PDF

Referências


Kruger DH, Figueiredo LTM, Song JW, Klempa B. Hantaviruses-Globally emerging pathogens. J clin virol. 2015; 64:128-36.

Vaheri A, Strandin T, Hepojoki J, Sironen T, Henttonen H, Mäkelä S, et al. Uncovering the mysteries of hantavirus infections. Nat rev microbiol. 2013; 11:539–50.

Lemos ERS, Silva MV 2013. In: Coura JR, Editor. Dinâmica das Doenças Infecciosas e Parasitárias. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2013.

Rosa EST, Medeiros DBA, Nunes MRT, Simith DB, Pereira AS, Elkhoury MR, et al. Pygmy Rice Rat as Potential Host of Castelo dos Sonhos Hantavirus. Emerg infect dis. 2011; 17(8):1527-30.

Terças ACP, Espinosa MM, Santos MA. Fatores associados ao óbito por síndrome cardiopulmonar por hantavírus em Mato Grosso, Brasil. In: Guimarães LV, Pignatti MG, Souza DPO. Saúde Coletiva: múltiplos olhares em pesquisa. Cuiabá: EdUFMT; 2012.

Cofen. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução n° 358/2009: Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em Ambientes públicos ou privados, em que ocorre o cuidado do profissional de Enfermagem, e dá outras providências. Available from: http://mt.corens.portalcofen.gov.br/resolucao-cofen-3582009_726.html

Amarante LN, Rossetto AP, Schneider DG. Sistematização da assistência de enfermagem em unidade de terapia intensiva sustentada pela teoria de Wanda Horta. Rev Esc Enferm USP. 2009; 43(1):54-64.

Horta WA. Processo de Enfermagem. São Paulo: EPU, 1979.

NANDA. Diagnósticos de Enfermagem da NANDA: Definições e classificação 2015-2017/[NANDA Intenational]; organizadoras: T. Heather Herdman, Shigemi Kamitsuru. Porto Alegre: Artmed; 2015.

Conselho Internacional de Enfermeiros. Cipe Versão 1 - Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem Versão 1.0. São Paulo: Algol, 2007. [Título original: International Classification for Nursing Practice – ICNP® Version 1.0]

MacNeil A, Ksiazek TG, Rolli P. Hantavirus Pulmonary Syndrome, United States, 1993–2009. Emerg infect dis. 2011; 17(7):1195-201.

Martinez VP, Bellomo CM, Cacace ML, Suárez P, Bogni L, Padula PJ. Hantavirus Pulmonary Sidrome in Argentina, 1995-2008. Emerg infect dis. 2010; 16(12):1853-60.

Manigold T, Vial P. Human hantavirus infections: epidemiology, clinical features, pathogenesis and immunology. Swiss med wkly. 2014; 144:w13937.

Krüger DH, Schönrich G, Klempa B. Human pathogenic hantaviruses and prevention of infection. Hum Vaccin. 2011; 7(6):685-93.

Oliveira SV, Fonseca LX, Silva PMRB, Pereira SVC, Caldas EP. Análise do perfil epidemiológico da hantavirose no Brasil no período de 2007 a 2012. Rev patol trop. 2014; 43(2):131-42.

Santos IO, Figueiredo GG, Figueiredo LTM, Azevedo MRA, Novo NF, Vaz CAC. Serologic survey of Hantavirus in a rural population from the northern State of Mato Grosso, Brazil. Rev Soc Bras Med Trop. 2013; 46(1):30-3.

Spiropoulou CF, Srikiatkhachorn A. The role of endothelial activation in dengue hemorrhagic fever and hantavirus pulmonary syndrome. Virulence. 2013; 4(6): 525-36.

Nascimento VF, Maciel MM, Lemes AG, Borges AP, Terças ACP, Hattori TY. Percepções de familiares sobre hospitalização no ambiente intensivo. Rev Enferm UFPI. 2015; 4(2):92-9.

Nascimento VF, Maciel MM, Terças ACP, Lemes AG, Hattori TY, Nascimento VF, et al. Apreensões e sentimento de fé de familiares no ambiente de cuidado intensivo. Revista Eletrônica Gestão & Saúde. 2015; 6(3):2639-55.

Oliveira AC, Kovner CT, Silva RS. Infecção hospitalar em unidade de tratamento intensivo de um hospital universitário brasileiro. Rev latinoam enferm. 2010; 18(2):08 telas.

Paes GO, Mello ECP, Leite JL, Mesquita MGR, Oliveira FT, Carvalho SM. Protocolo de cuidados ao cliente com distúrbio respiratório: ferramenta para tomada de decisão aplicada à enfermagem. Esc Anna Nery. 2014; 18(2): 303-10.

Ramos CCS, Dal Sasso GTM, Martins CR, Nascimento ER, Barbosa SFF, Martins JJ, et al. Monitorização hemodinâmica invasiva a beira do leito: avaliação e protocolo de cuidados de enfermagem. Rev Esc Enferm USP. 2008; 42(3):512-8.

Mackow E R, Gorbunova E E and Gavrilovskaya I N Endothelial cell dysfunction inviral hemorrhage and edema. Front Microbiol. 2015; 5:733.

Montefusco SRA. Diagnósticos de enfermagem identificados em famílias em situação de acompanhamento hospitalar utilizando o modelo Calgary. Rev eletrônica enferm. 2008;10(1):254-6.

Favretto DO, Silveira RCCP, Canini SRMS, Garbin LM, Martins FTM, Dalri MCB. Aspiração endotraqueal em pacientes adultos com via aérea artificial: revisão sistemática. Rev Latinoam enferm. 2012; 20(5):10 telas.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 JOURNAL HEALTH NPEPS



ISSN 2526-1010