Gravidez na adolescência: um desafio crítico para os países do cone sul/ Adolescent pregnancy: a critical challenge for the southern cone countries/ Gravidez en la adolescencia: un desafío crítico para los países del cono sur

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/25261010

Palavras-chave:

Gravidez na Adolescência, Planejamento Familiar, Saúde do Adolescente.

Resumo

Objetivo: conhecer a experiência de ser mãe na adolescência, bem como, identificar as inferências socioculturais e emocionais que permearam esta fase. Método: estudo descritivo, exploratório de abordagem qualitativa, desenvolvido a partir do referencial de Bardin. A coleta de dados ocorreu entre janeiro e novembro de 2013, com dez adolescentes residentes em Barra do Garças-MT, a partir de uma entrevista semiestruturada que foi audiogravada. Resultados: a partir dos relatos, surgiram as seguintes categorias: descompasso entre o desejo sexual e o risco de gravidez; risco de interrupção da gravidez; a maternagem e seu sentido subjetivo. Assim, verificou-se que a gravidez, para a maioria das adolescentes, não foi planejada, havendo reincidência em duas adolescentes. Além disso, três participantes relataram ter pensado, em algum momento, em interromper a gestação, o que pode estar relacionado a influências de fatores socioculturais. Considerações finais: evidencia-se a importância de facilitar e apoiar o acesso das adolescentes aos serviços de saúde e à informação confiável, além de priorizar ações que apoiem e valorizem a cultura de paz de modo a prevenir as diversas formas de violência e preconceito contra as jovens mães em todo ciclo gravídico puerperal e, não menos importante, o apoio social adequado durante a gravidez, parto e pós-parto.

 

Biografia do Autor

Pâmela Roberta de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Campus Universitário do Araguaia (CUA) Curso de Enferamagem

Enfermeira. Doutoranda no programa de pós-graduação em enfermagem pela UFG/Goiânia. Professora Adjunto no curso de Enfermagem da UFMT/CUA. Barra do Garças, Mato Grosso, Brasil. E-mail: pamela_veira@yahoo.com.br

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0497-6548

Autor principal - Endereço para correspondência: Avenida Valdon Varjão, 6390. CEP 78600-000. Barra do Garças – MT- Brasil.

Juliana Zenaro Rodrigues, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário de Rondonópolis (CUR).

Enfermeira. Residente no Programa de residência multiprofissional em Saúde da Família da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário de Rondonópolis (CUR). Especialista em Enfermagem do trabalho pela Faculdades Integradas de Várzea Grande. Barra do Garças-MT, Brasil. E-mail: julianazenaro@hotmail.com

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3819-3368

Jéssica Dias Ferreira, Hospital Universitário Júlio Miller (HUJM) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Enfermeira. Pós-graduada no programa de residência integrada multiprofissional em Saúde do Adulto e do Idoso com ênfase em Atenção Cardiovascular (PRIMSCAV) do Hospital Universitário Júlio Miller (HUJM) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Especialista em Cardiologia e Hemodinâmica pela PUC-GO. Barra do Garças-MT, Brasil. E-mail: jessenfer@gmail.com

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0002-9929-4728

Daiana Jéssica Rocha Batista, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA).

Enfermeira, graduada pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA). Especialista em Cardiologia e Hemodinâmica pela PUC-GO. Barra do Garças-MT, Brasil. E-mail: daiana_14@hotmail.com

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8742-3561

Rodrigo Moraes de Gusmão, Prefeitura municipal de Pontal do Araguaia-MT.

Médico. Pós graduação em Psiquiatria. Atua como médico na prefeitura municipal de Pontal do Araguaia-MT, Brasil. E-mail: rmdgusmao@icloud.com

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3619-8085

Suzicléia Elizabete de Jesus Franco, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA)

Acadêmica de Enfermagem na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA). Barra do Garças-MT, Brasil. E-mail: suzicleia@hotmail.com.

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0002-2288-9117

Elias Marcelino da Rocha, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA)

Enfermeiro Mestre. Prof. no curso de Enfermagem da UFMT/CUA. Barra do Garças-MT, Brasil. E-mail: elefamoso@hotmail.com.

Número do Orcid: https://orcid.org/0000-0002-0086-8286

Alisséia Guimarães Lemes, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Campus Universitário do Araguaia (CUA) Curso de Enferamagem

Enfermeira, Doutoranda em enfermagem psiquiatrica pela EERP-USP. Professora Assistente II na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (CUA) em Barra do Garças-MT, Brasil.

Referências

Santos BR, Magalhães DR, Mora GG, Cunha A. Gravidez na Adolescência no Brasil – Vozes de Meninas e de Especialistas. Instituto dos Direitos da Criança. Brasília: INDICA; 2017.

Fiedler MW, Araújo A, Souza MCC. A prevenção da gravidez na adolescência na visão de adolescentes. Texto & contexto enferm. 2015; 24(1):30-7.

Talawar S, Venkatesh G. Outocome of Teenage Prenancy. J dent med sci. 2013; 6(6):81-3.

Fundo de População das Nações Unidas para a América Latina e o Caribe (UNFPA – LACRO). Estratégia regional para prevenção e redução da gravidez não intencional na adolescência: uma aliança sub-regional para avançar com a implementação das políticas no cone sul. Cone Sul: Argentina, Brasil, Chile, Paraguaia, Uruguai. Assunção; 2017.

Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). UNFPA América Latina e Caribe. Fecundidade e Maternidade Adolescente no Cone Sul: Anotações para a Construção de uma Agenda Comum. Assunção: UNFPA; 2016.

WHO. World Health Organization. Adolescent pregnancy: unmet needs and undone deeds: a review of the literature and programmes. Genebra: WHO; 2007.

United Nations Population Fund (UNFPA). The State of World Population 2017. Worlds Apart: Reproductive health and rights in an age of inequality. Acesso em 2018 Ago 12. Disponível em: https://www.unfpa.org/swop.

Ministério da saúde (BR). Diretrizes nacionais para a atenção Integral a saúde de Adolescentes e de Jovens. Brasília: Ministério da Saúde; 2010.

Brasil. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Senado Federal; 2017.

Dias ACG, Jager ME, Patias ND, Oliveira CT. Maternidade e casamento: o que pensam as adolescentes? Rev J Interacções. 2013; 9(25): 90-112.

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

Jezo RFV, Ribeiro IKS, Araújo A, Rodrigues BA. Gravidez na adolescência: perfil das gestantes e mães adolescentes em uma Unidade Básica de Saúde. Rev enferm Cent.-Oeste Min. 2017; 7:1-8.

Queiroz MVO, Menezes GMD, Silva TJP, Brasil EGM, SILVA RM. Grupo de gestantes adolescentes: contribuições para o cuidado no pré-natal. Rev gaúch enferm. 2016; 37(esp):1-7.

Prietsch SOM, González-Chica DA, Cesar JA, Mensonza-Sassi RA. Gravidez não planejada no extremo Sul do Brasil: prevalência e fatores associados. Cad saúde pública. 2011; 27(10):1906-16.

Rodrigues MP, Nascimento CMBV, Melo RHV, Oliveira DA, Ferreira MAF, Oliveira AP. Percepções sobre os efeitos psicossociais da gravidez na adolescência no cenário da Estratégia Saúde da Família. Rev Ciênc Plur. 2017; 3(1):81-97.

Gama SGN, Viellas EF, Schilithz AOC, Theme Filha MM, Carvalho ML, Gomes KRO, et al. Fatores associados à cesariana entre primíparas adolescentes no Brasil, 2011-2012. Cad saúde pública. 2014; 30:117-27.

Brasil. Lei nº 9.263, de 12 de janeiro de 1996. Planejamento Familiar. Brasília; 1996.

Cabanas A, Mercedes B, Salinas E, Sebastian J. Embarazo adolescente em um hospital de Paraguay durante el 2011. Horiz méd. 2016; 16(2):40-4.

Melian MM. Intenciones reproductivas y factores asociados con los nacimientos no planeados, Paraguay, 1995–2008. Rev panam salud pública. 2013; 33(4):244–51.

Gogna, M. Adolescent pregnancy in Argentina: evidence-based recommendations for public policies. Reprod health matters. 2008; 16(31):192–201.

Wall-Wieler E, Roos LL, Nickel NC. Teenage pregnancy: the impact of maternal adolescent childbearing and older sister’s teenage pregnancy on a younger sister. BMC pregnancy childbirth. 2016; 16(120):1-12.

González EA, Leal IF, Molina TG, Chacón PC. Patrón intergeneracional del embarazo adolescente en las hijas de una cohorte de mujeres que controlaron su primer embarazo en un centro integral para adolescentes embarazadas. Rev chil obstet ginecol. 2013; 78(4):282-9.

Robling M, Bekkers MJ, Bell K, Butler CC, Cannings-John R, Channon S, et al. Effectiveness of a nurse-led intensive home-visitation programme for first-time teenage mothers (Building Blocks): a pragmatic randomised controlled trial. Lancet. 2016; 9(387):146–55.

Moran Faundes, JM. La anticoncepción de emergencia en Chile: estructuración de su demanda en función de variables socioeconómicas. Rev bras estud popul. 2013; 30(1):125-144.

Diniz D, Medeiros M, Madeiro A. Pesquisa Nacional de Aborto 2016. Ciênc Saúde Colet. 2017; 22(2): 653-60.

Souza VLC, Correa MSM, SOUZA SL, BESERRA MA. O aborto entre adolescentes. Rev latino-am Enfermagem. 2001; 9(2):42-47.

Izaguirre BMH, Argudín EH, Naranjo DR, Trabanco MEE, Llerena FR. Causas de interrupción de embarazo en adolescentes. Hospital Docente Materno “10 de Octubre”. Rev urug enferm. 2017; 12(1):60-8.

Spindola T, Oliveira ACFC, Cavalcanti RL, Fonte RF. Amamentação na adolescência: histórias de vida de mães primíparas. Rev pesqui cuid fundam. 2014; 6(1):414-24.

Schiro BDE, Koller HS. Ser adolescente e ser pai/mãe: Gravidez adolescente em uma amostra brasileira. Rev estud Psciolog. 2013; 18(3):447-55.

Dias ACG, Teixeira MAP. Gravidez na adolescência: um olhar sobre um fenômeno complexo. Paidéia (Ribeirão Preto). 2010; 20(45):123-31.

Downloads

Publicado

20/12/2018

Como Citar

Roberta de Oliveira, P., Zenaro Rodrigues, J., Dias Ferreira, J., Rocha Batista, D. J., Moraes de Gusmão, R., de Jesus Franco, S. E., Marcelino da Rocha, E., & Lemes, A. G. (2018). Gravidez na adolescência: um desafio crítico para os países do cone sul/ Adolescent pregnancy: a critical challenge for the southern cone countries/ Gravidez en la adolescencia: un desafío crítico para los países del cono sur. Journal Health NPEPS, 3(2), 506–526. https://doi.org/10.30681/25261010

Edição

Seção

Artigo Original/ Original Article/ Artículo Originale

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)