"LEITE DE ROSAS" E O DISCURSO DE REPRESENTAÇÃO DA CONFIGURAÇÃO SOCIAL HOMOAFETIVA

Autores

  • Márcio Silva Pereira Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Rejane Centurion Universidade do Estado de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.30681/moinhos.v1i10.6034

Palavras-chave:

discurso, sentidos, família, configuração social homoafetiva

Resumo

Este artigo discute sentidos acerca da imagem de família, dando destaque à configuração social homoafetiva, tomando como objeto de análise, uma propaganda publicitária da marca Leite de Rosas, empresa consolidada no mercado brasileiro, a qual fora veiculada em variados meios de comunicação. A construção textual é organizada em três seções, abarcando, na primeira delas, as díspares composições familiares e o percurso histórico da estruturação “família”; a segunda está direcionada à discussão de conceitos da Análise do Discurso de orientação francesa, teoria de fundamentação da pesquisa; e a terceira, por fim, traz um breve histórico  sobre a empresa Leite de Rosas e a análise dos elementos presentes na peça, tendo base na discussão teórica realizada nas seções anteriores. Como resultados alcançados, foi possível constatar que a marca em questão objetivava a visibilidade que geralmente é alcançada ao se trabalhar com a temática “diferentes composições familiares” para gerar, tão somente, lucro, além de fazer o uso de  diversos elementos possíveis, os quais culturalmente estão associados ao gênero heterossexual, incluindo a alteração da cor do recipiente dos produtos, para concluir que a sua linha de produtos poderia até ser consumida pelos homossexuais, mas, somente àqueles que carregassem características heterossexuais.

Referências

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e Aparelhos Ideológicos de Estado. Lisboa: Presença, 1970.

BRANDÃO, Helena Hathsue Nagamine. Analisando o Discurso. Disponível em: <http://paginapessoal.utfpr.edu.br/cfernandes/analise-do-discurso/textos/analisandoodiscursonagaminebrandao.pdf/view>. Acesso em: 06.jan.2020.

BRASIL. Estatuto da Criança e Adolescente. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm>. Acesso em 07.jan. 2020.

BRASIL. Senado Federal. Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 18. Jan.2020.

CARVALHO, Lilian P. Reflexões Sobre a Importância da Noção de História para a Análise do Discurso. Disponível em: http://www.linguasagem.ufscar.br/index.php/linguasagem/article/view/576. Acesso em: 07.jan.2020.

CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de análise do discurso. Coordenação da tradução: Fabiana Komesu. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2006.

MAINGUENEAU, Dominique. Gênese dos Discursos. Curitiba: Crias Edições, 2005 (Primeira edição 1976).

MAINGUENEAU, Dominique. Novas Tendências em Análise do Discurso. Campinas: Pontes, 1987.

MIOTO, Regina Célia Tamaso. Família e serviço social: contribuições para o debate. In Serviço Social e Sociedade. São Paulo, n. 55, p. 114-130, abr, 1997.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de Discurso: princípios & procedimentos. 8. ed. Campinas: Pontes, 2009.

ORLANDI, Erni Pulcienelli. Destruição e construção do Sentido. Uberaba: FIUB, 1986.

OSÓRIO, Luiz C. Família Hoje. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

PEREIRA, Caio Mário da Silva. Instituições de Direito Civil: Direito de Família. 15. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2002.

PEREIRA, Rodrigo da Cunha. Direito de Família: uma abordagem psicanalítica. Belo Horizonte: Del Rey, 2003.

RODRIGUES, M. S. P., et al. A família e sua importância na formação do cidadão: Família, pesquisa, Fundação Carlos Chagas, São Paulo, n.91, p. 7-22, 1994.

UNIVERSO AA. Leite de Rosas. Disponível em: <http://www.universoaa.com.br/opiniao/a-familia-brasileira/>. Acesso em: 20.jan.2020.

Downloads

Publicado

19/05/2022

Como Citar

Silva Pereira, M., & Centurion, R. (2022). "LEITE DE ROSAS" E O DISCURSO DE REPRESENTAÇÃO DA CONFIGURAÇÃO SOCIAL HOMOAFETIVA. Revista Moinhos, 1(10), 64–76. https://doi.org/10.30681/moinhos.v1i10.6034

Edição

Seção

Artigos