O DESCOBRIMENTO DA LINGUAGEM ESCRITA: OS DESAFIOS DO ACONTECIMENTO PARA AS CRIANÇAS E SEUS PROFESSORES

Autores

  • Eliene Cristina de Jesus SEDUC
  • Silvana Azevedo da Costa Marques

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v9i2.1757

Resumo

O presente artigo surgiu a partir dos estudos nas aulas do mestrado em que tratávamos sobre os conceitos e métodos de alfabetização e letramento. Ao desenvolver atividades de leitura e produção textual com alunos dos anos finais do ensino fundamental é comum observarmos os constantes e diversos “desvios das normas” linguísticas convencionais, porém sem atentar para a reflexão de como se dá o processo de aquisição da língua escrita. Então, surge a necessidade de compreender alguns aspectos do início dessa etapa educacional com o intuito de refletir melhor sobre os “erros” dos aprendizes que supostamente, já deveriam ter domínio da escrita conforme exige a norma padrão. Levando a questão para a escola em um trabalho conjunto com a professora regente da turma de alfabetização passamos a analisar atividades escritas de algumas crianças desta sala. Para início do artigo apresentaremos algumas considerações sobre essa etapa do aprendizado, sobre a modalidade oral e escrita da língua, letramento, métodos e também sobre a noção do “erro” na perspectiva dos estudos da Psicogênese da língua escrita e da Psicolinguística. A seguir destacamos algumas atividades com textos produzidos pelos alunos nos quais discorremos sobre alguns “fenômenos” que representam o processo de aprendizagem em curso desses aprendizes.

Downloads

Publicado

31/12/2016

Como Citar

Jesus, E. C. de, & Marques, S. A. da C. (2016). O DESCOBRIMENTO DA LINGUAGEM ESCRITA: OS DESAFIOS DO ACONTECIMENTO PARA AS CRIANÇAS E SEUS PROFESSORES. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 9(2), 43–58. https://doi.org/10.30681/real.v9i2.1757

Edição

Seção

Artigos - Linguística