OS IMPACTOS DAS REFORMAS NEOLIBERAIS NA ORDEM DEMOCRÁTICA E NA EDUCAÇÃO

Autores

  • Lígia Iracema Christofolo de MELLO Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Marilda de Oliveira COSTA Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Leonardo Almeida da SILVA Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Mônica de Almeida RIBAS Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT https://orcid.org/0000-0002-9119-591X

DOI:

https://doi.org/10.30681/relva.v9i1.6432

Palavras-chave:

Direitos Humanos, Estado Democrático, Reformas Neoliberais

Resumo

Ensaio elaborado com o objetivo de ressaltar a atual crise da democracia e as implicações daí decorrentes para os direitos sociais e os direitos humanos conquistados por meio de muitas lutas travadas no decorrer da história, dentre as lutas, o direito de acesso, permanência e conclusão da Educação Básica. As leituras dos autores: Boron (2003); Souza (2017); Miguel; Vitullo (2020); Santos (2016), Afonso (2020) e Lima (2005), indicaram que a manutenção dos direitos democráticos, implicam em resistências e lutas. A esperança é apostar e acreditar que as reformas neoliberais, gerencialistas e neoconservadoras poderão ser sucumbidas com movimentos contra-hegemônicos, que insistentemente se organizam para lutar contra todas as formas de exclusão e de dominação, bem como de fazer valer os direitos legalmente assegurados, incluindo-se a educação.

Biografia do Autor

Lígia Iracema Christofolo de MELLO, Universidade do Estado de Mato Grosso

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEdu), ofertado pela Universidade do Estado de Mato Grosso, campus de Cáceres/MT. Advogada

Marilda de Oliveira COSTA, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu/UNEMAT).

Mônica de Almeida RIBAS, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEdu), ofertado pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), campus de Cáceres. Professora da rede básica municipal de educação, Cáceres-MT, Brasil. 

Referências

Ensaio elaborado com o objetivo de ressaltar a atual crise da democracia e as implicações daí decorrentes para os direitos sociais e os direitos humanos conquistados por meio de muitas lutas travadas no decorrer da história, dentre as lutas, o direito de acesso, permanência e conclusão da Educação Básica. As leituras dos autores: Boron (2003); Souza (2017); Miguel; Vitullo (2020); Santos (2016), Afonso (2020) e Lima (2005), indicaram que a manutenção dos direitos democráticos, implicam em resistências e lutas. A esperança é apostar e acreditar que as reformas neoliberais, gerencialistas e neoconservadoras poderão ser sucumbidas com movimentos contra-hegemônicos, que insistentemente se organizam para lutar contra todas as formas de exclusão e de dominação, bem como de fazer valer os direitos legalmente assegurados, incluindo-se a educação.

Downloads

Publicado

29/07/2022

Como Citar

MELLO, L. I. C. de, COSTA, M. de O., SILVA, L. A. da, & RIBAS, M. de A. (2022). OS IMPACTOS DAS REFORMAS NEOLIBERAIS NA ORDEM DEMOCRÁTICA E NA EDUCAÇÃO . Revista De Educação Do Vale Do Arinos - RELVA, 9(1), 73–87. https://doi.org/10.30681/relva.v9i1.6432