EIS AQUI O POEMA: SOBRE A SÚBITA INSISTÊNCIA DAS COISAS

Autores

Palavras-chave:

Julya Vasconcelos, Poesia contemporânea, Poesia de autoria feminina, Subjetividade feminina

Resumo

O presente artigo se propõe a sugerir uma
leitura da poesia da poeta pernambucana Julya
Vasconcelos, fundamentando-se, para tanto, em seu
livro de estreia, intitulado A súbita insistência das
coisas, publicado em 2019. O artigo conclui que a sua
poesia trata da construção poeticamente calculada
de uma subjetividade feminina, cuja sensibilidade se
tece pelo contato com as coisas, concretas e abstratas,
e pela mediação da linguagem, a qual constitui o
sujeito dos poemas e para a qual concorre a poesia.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Publicado

2023-03-22

Como Citar

EIS AQUI O POEMA: SOBRE A SÚBITA INSISTÊNCIA DAS COISAS. (2023). Revista Alere, 26(2), 117-130. https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/11013

Artigos Semelhantes

1-10 de 381

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.