O MOVIMENTO DE REMEMORAR E SE CONSTRUIR NA POESIA DE INÊS PEREIRA MACIEL

Autores

Palavras-chave:

Despida, Poesia, Memória, Identidade, Inês Maciel

Resumo

As questões relacionadas ao recordar são
compreendidas como bases na edificação do sujeito e
de sua relação de pertencimento aos grupos sociais.
As produções literárias contemporâneas, dentre
outras abordagens, têm a memória como temática
recorrente, pois essa tônica é a responsável pela busca
do sujeito pelo seu lugar no mundo, uma vez que a
identidade se constrói a partir da rememoração de
espaços e das relações que os sujeitos estabelecem
nas práticas sociais, pois o ato de lembrar é, ao
mesmo tempo, uma construção de pertencimento:
quando se perde memória, consequentemente se

perde identidade. (CANDAU, 2016). Desse modo, este
trabalho objetiva analisar a relação entre memória
e identidade feminina na obra Despida, da escritora
maranhense Inês Pereira Maciel. Sendo assim, temos
como aporte teórico: Eric Schollhammer (2009);
Maurice Halbwachs (2006); Joel Candau (2016), sobre
a memória e sua articulação com a identidade; acerca
da construção da identidade feminina, adotamos
o pensamento de Zinani (2006). Nesse sentido,
vemos que a rememoração do sujeito proporciona a
construção da identidade feminina.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Publicado

2023-03-22

Como Citar

O MOVIMENTO DE REMEMORAR E SE CONSTRUIR NA POESIA DE INÊS PEREIRA MACIEL. (2023). Revista Alere, 26(2), 211-228. https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/11018

Artigos Semelhantes

1-10 de 127

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.