A INTERPRETAÇÃO LITERÁRIA, ARTE E ENSINO

Autores

  • MADALENA MACHADO UNEMAT

Resumo

O trabalho com o texto literário passa pelo processo
de interpretação. Nosso artigo se desdobra em demonstrar que
a interpretação literária exige arte e ofício. Compreender as
estruturas mentais que se concretizam no trabalho da escrita
literária, requer observar as distinções entre análise e interpretação
literária. Olhar o texto literário, observar neste a autonomia na
forma de liberdade e crítica, é fazer a interpretação no sentido
de que a literatura não revela as estruturas e as questões, ao invés,
promove a ruptura com o senso comum.

Referências

BOURDIEU, Pierre. As regras da arte. Gênese e estrutura do campo literário.

Tradução: Maria Lúcia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria. Tradução de Cleonice

Paes Barreto Mourão e Consuelo Fortes Santiago. Belo Horizonte: Editora

da UFMG, 2001.

ECO, Umberto. Interpretação e superinterpretação. São Paulo: Martins

Fontes, 2001.

_____. Os limites da interpretação. Tradução: Pérola de Carvalho. São

Paulo: Perspectiva, 2012.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método: traços fundamentais de uma

hermenêutica filosófica. Tradução de Flávio Paulo Meurer. Petrópolis-RJ:

Vozes; Bragança Paulista-SP: Editora Universitária São Francisco, 02 Vols.,

JAUSS, Hans Robert. Limites et tâches d’une heméneutique littéraire. In: Pour

une heméneutique littéraire. Traduit de l’allemand par Maurice Jacob. Paris:

Gallimard, 1988.

NUNES, Benedito. O trabalho da interpretação e a figura do intérprete na literatura. In: A clave do poético. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

RICOEUR, Paul. O conflito das interpretações. Ensaios de hermenêutica.

Rio de Janeiro: Imago, 1978.

SANTIAGO, Silviano. Análise e interpretação. In: Uma literatura nos

trópicos. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

STEINER, George. Presenças reais. Lisboa: Presença, 1993.

SOUZA, Ronaldes de Melo e. Ensaios de poética e hermenêutica. Rio de

Janeiro: Oficina Raquel, 2010.

Downloads

Publicado

04/06/2016

Como Citar

MACHADO, M. (2016). A INTERPRETAÇÃO LITERÁRIA, ARTE E ENSINO. Revista Alere, 11(1), 16. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/1314

Edição

Seção

ARTIGOS