O EFEITO PARONOMÁSTICO EM AMAR-AMARO, DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Autores

  • MICHAEL JHONATAN SOUSA SANTOS UFMT
  • CÉLIA MARIA DOMINGUES DA ROCHA REIS UFMT

Resumo

Neste trabalho, analisamos o poema “Amaramaro”, de Drummond (1979), valendo-nos da noção de indiferenciação como um valor “dominante” (JAKOBSON,
1983), extensivo aos aspectos formal e semântico. Quanto ao primeiro, a análise será realizada pelo processo de “singularização” (CHCLOVSK, 1976) da linguagem; ao segundo, no que respeita à “outridade” como origem e finalidade da produção poética, e à dissolução da noção do “próximo”, o que dispõe o amar como algo sem sentido,com Octavio Paz (1976). Na análise, ficou evidenciada a significativa utilização da paronomásia, figura de harmonia sonora, em estreita relação com o valor dominante.

Referências

ADORNO, T. Notas de Literatura I. Trad. e apres. de Jorge M. B. de

Almeida. São Paulo: Duas cidades, 2003.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Lição de coisas. Poesia e prosa.Volume único. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1979. p.378-379.

ASSIS, Machado de. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1979.

BANDEIRA, Manuel. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: Nova

Aguilar, 1986.

BAUMAN, Z. Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos. Trad.

Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

BOSI, A. O ser e tempo da poesia. São Paulo: Companhia das Letras,

CANDIDO, A. Vários escritos. 3ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995.

CHKLOVSKI, V. A arte como procedimento. In: EIKHENBAUM et

ali.Teoria da Literatura: formalistas russos. Porto Alegre: O Globo, 1976,

p. 39 – 56.

COHEN, Jean. Nível Fônico: a versificação. In: COHEN, J. Estrutura e

linguagem poética. Trad. Álvaro Lorencini e Ane Armichand. São Paulo:

Cultrix/Edusp, 1974, p. 46 – 86.

FERREIRA, A. Novo dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. 4 ed.

Curitiba: Positivo, 2009.

FREUD, S. O mal-estar da civilização. 1930.

GAIARSA, J. A. O olhar. São Paulo: Gente, 2000.

JAKOBSON, Roman. O Dominante. In:LIMA, L. C. Teoria da Literatura

em suas fontes. Trad. Jorge Wanderley. Rio de Janeiro: Francisco Alves,

, p. 511 – 517.

JAKOBSON, Roman. Linguística e Poética. In: JAKOBSON, R. Linguística

e comunicação. Trad. Izidoro Blikstein e José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix,

, p. 118 – 162.

HOUAISS, A. VILLAR, M. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa.

Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

PAZ, O. Signos em rotação. São Paulo: Perspectiva, 1976.

PAZ, O. O Arco e a lira. Trad. Olga Savary. Rio de Janeiro: Nova Fronteira,

VALERY, P. Poesia e pensamento abstrato. In: BARBOSA, J. A. (org.)

Variedades. São Paulo :Iluminuras, 1991, p. 193 – 210.

Downloads

Publicado

04/06/2016

Como Citar

SANTOS, M. J. S., & REIS, C. M. D. D. R. (2016). O EFEITO PARONOMÁSTICO EM AMAR-AMARO, DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE. Revista Alere, 11(1), 20. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/1316

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)