FORMAS DE VIDA DA MULHER BRASILEIRA. ORG. ABRIATA, VERA L. R.; NASCIMENTO, EDNA M.F.S. RIBEIRÃO PRETO: CORUJA. 2012

Autores

  • TIEKO YAMAGUCHI MIYAZAKI UNEMAT

Resumo

Um pequeno grupo de docentes do Mestrado em Linguística
da Universidade de Franca (SP) tem conseguido fortalecer uma
orientação teórica implantada desde o início do programa. São
professores que participaram ou participam de alguma forma –
como docente ou como alunos de pós-graduação – nos programas
de pós-graduação de Linguística e Língua Portuguesa ou de Estudos
Literários da UNESP, de Araraquara, e que pertencem ao o Grupo
CASA, criado em 2000 (cf. o artigo “O Desenho do Arquiteto”, de
Ude Baldan, no v. 1, n. 1), idealizado de Ignacio Assis Silva (In
Memoriam) e que é responsável pelos Cadernos de Semiótica Aplicada
(CASA), criados em 2003, primeira revista on-line dedicada à
semiótica no Brasil e senão na América Latina.

Referências

..

Downloads

Publicado

04/06/2016

Como Citar

MIYAZAKI, T. Y. (2016). FORMAS DE VIDA DA MULHER BRASILEIRA. ORG. ABRIATA, VERA L. R.; NASCIMENTO, EDNA M.F.S. RIBEIRÃO PRETO: CORUJA. 2012. Revista Alere, 11(1), 04. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/1329

Edição

Seção

RESENHAS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>